O novo milionário O novo milionário - O Vale do Ribeira

Técnico Informatica

Técnico Informática Registro

O novo milionário

 

Tudo começou quando Maciel, professor primário de uma cidadezinha do interior, recebeu a sua restituição do Imposto de Renda.


O novo milionário


 

– Duzentos milhões?! – balbuciou, atônito. – Mas como?!

 

– Deve ter sido um engano da parte deles – atalhou Eslávia, a prestativa esposa do professor.

 

– Sim, só pode ser isto... Amanhã mesmo irei até a sede da Secretaria da Fazenda reclamar!... Algo está errado... Duzentos milhões?!... Não... É dinheiro demais...

 

No dia seguinte, o bom Maciel foi até a Receita se informar a respeito daquele suposto equívoco.

 

– Nada há de errado, sr. Maciel – disse-lhe uma mocinha loura que o atendeu. – Essa notificação foi processada pelo computador, logo, não há erro.

 

– Mas, moça... deve haver, né?... Duzentos milhões!

 

– Sorte sua! – sorriu a prestativa mocinha.

 

Maciel esboçou um sorriso acanhado, e saiu, voltou para casa. Estava, percebia-se no semblante costumeiramente taciturno, muito contente. Ao chegar em casa, falou à mulher:

 

– Eslávia, meu amor... Não há erro algum... Falei com a mocinha da Receita... Estamos ricos... Duzentos milhões!... O computador não erra...

 

E o casal comemorou esse grande acontecimento. No outro dia, saíram bem cedinho para fazer comprar; queriam aproveitar, afinal... 200 milhões!... Estavam radiantes de alegria.

 

Maciel, que até então andava só de bicicleta, comprou um enorme carrão, daqueles dos filmes de Hollywood; comprou também uma sofisticada mansão no bairro mais requintado da cidadezinha onde moravam. Eslávia, não ficando atrás, esvaziou o estoque de uma boutique: roupas para toda a vida!...

 

Vida boa! Dinheiro e dinheiro! Duzentos milhões! Como estavam felizes os dois!

 

Uma semana depois, Maciel e Eslávia receberam a visita de um homem alto, terno preto, óculos escuros, expressão séria. Era o fiscal do Imposto de Renda. O computador se equivocara...

 

 

ROBERTO FORTES

ROBERTO FORTES, escritor e poeta, é licenciado em Letras e autor do livro de contos “O Tucano de Ouro - Crônicas da Jureia” (2012), além de centenas de crônicas e artigos publicados na imprensa do Vale do Ribeira.  E-mail: robertofortes@uol.com.br

 

(Direitos Reservados. O Autor autoriza a transcrição total ou parcial deste texto com a devida citação dos créditos).


Confira todas as crônicas do alfarrábios


 

Postar um comentário

0 Comentários