Receba Grátis Noticias do Vale do Ribeira.
19 de outubro de 2014

Horário de Verão começa neste domingo dia 19/10

,
Horário de Verão começa neste domingo dia 19/10/2013

O horário de verão começa na noite de sábado dia 18 de outubro de 2014 para domingo dia 19 de Outubro  de 2014, O horário de verão começa neste dia, Os relógios devem ser adiantados em uma hora das 00:00 para as 01:00 horas. Uma hora a menos, portanto uma hora de sono a menos.

Os relógios devem ser adiantados uma hora nas regiões Centro-Oeste, Sul e Sudeste do Brasil.

 Saiba como foi criado o horário de Verão

O horário de verão traz alegria aos que gostam de aproveitar até os últimos raios solares, seja para correr no parque ou tomar uma gelada nas mesas da calçada do bar. A ideia de adiantar uma hora no relógio durante a primavera para depois voltar ao horário regular no fim do verão é mais antiga do que se pode imaginar. Um dos líderes da Revolução Americana, Benjamim Franklin já havia sugerido a instituição do horário de verão em 1784, em seu ensaio “Um projeto econômico para diminuir o custo da Luz”. O texto foi publicado no Journal de Paris. 


A sugestão de Franklin foi totalmente ignorada até que o inglês William Willett trouxe o assunto novamente à tona com o panfleto chamado “Um Desperdício da Luz do Dia”. Embora a Câmara dos Comuns britânica tenha rejeitado a proposta de Willett de cara, o Horário de Verão Britânico foi introduzido pelo Parlamento em 1916. 


Muitos outros países decidiram ajustar seus relógios para o verão, mas os Estados Unidos só começaram a fazê-lo no final da I Guerra Mundial, na tentativa de economizar energia. A Câmara dos Representantes aprovou a lei “para salvar o dia” e o primeiro dia com a hora de economia de luz oficial foi 15 de março de 1918. A lei foi inicialmente recebida com muita resistência, de acordo com Michael Downing, autor do livro “Spring Forward: A loucura anual do horário de verão”
“Quando o Congresso enfiou o dedo na cara de todos os relógios do país, milhões de norte-americanos relutaram,” escreve Downing. “Unidos por uma determinação para derrotar o ponteiro grande do governo”, os adversários do horário de verão “levantaram o inferno santo, prometendo voltar a nação em tempo real, o tempo normal, o tempo de exploração, o tempo de sol, o tempo que gostava de pensar como “tempo de Deus”. 



No Brasil, o horário de verão foi adotado no dia 1o de outubro de 1931, no governo de Getúlio Vargas, em todo território nacional. Desde 1985, os relógios são adotados anualmente. Porém, os estados mais próximos da Linha do Equador decidiram a economia de energia elétrica não era significativa e aboliram o horário de verão. Atualmente, ele é adotado apenas nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Desde 2008, o início se dá no terceiro domingo de outubro e o final, no terceiro domingo de fevereiro, exceto quando coincide com o domingo de carnaval. Nesse caso, o horário é prorrogado por mais uma semana.

Assim como acontece no Brasil, alguns estados dos Estados Unidos optam por não participar da convenção, como o Havaí e Arizona. Os territórios autônomos como Samoa Americana, Porto Rico e Ilhas Virgens também ficam de fora.


Nos países do Hemisfério Norte, devido às latitudes mais próximas da Zona Ártica e ao eixo de inclinação da Terra, o horário de verão dura muito mais do que no Brasil – uma média de mais de seis meses lá, contra menos de quatro meses por aqui. Nos Estados Unidos, por exemplo, ele entra em vigor no segundo domingo de março e acaba no primeiro domingo de novembro.


Na América do Sul, apenas o Paraguai e o Chile adotam o horário de verão, além dos estados brasileiros. Ainda no Hemisfério Sul, apenas a Nova Zelândia e a Namíbia mexem nos relógios do país inteiro. A Austrália adota o mesmo sistema brasileiro: só às regiões mais ao sul compensa adiantar uma hora para economizar energia.


Na metade superior do globo terrestre, muita nações jamais adotaram o horário de verão, como é o caso da Coreia do Norte e do Nepal. Outros como o Japão, a China e a Índia já chegaram a usá-lo, mas não o fazem mais.


A Europa inteira adota o horário, com exceção da Islândia. Como a ilha está praticamente no Círculo Polar Ártico, adiantar uma hora no tempo para economizar energia não faz o menor sentido. No fim de junho, na capital Reykjavik, o sol se põe inacreditavelmente às 0h04, para nascer logo depois, às 2h55. Pois é, existem lugares que estão acima do horário de verão. Literalmente.


Termina o horário de Verão: 

Na noite de sábado dia 21 de fevereiro de 2015 para domingo dia 22 de Fevereiro de 2014, O horário de inverno começa neste dia, 
os relógios devem ser retrocedidos em uma hora das 00:00 para as 23:00 horas. Mais uma hora, portanto mais uma hora de sono.
Continue lendo >> Deixe seu comentário

Vidente Carlinhos faz previsão: Aécio Neves ganha Eleição 2014

,
Vidente Carlinhos faz previsão: Aécio Neves ganha Eleição 2014


Vidente Carlinhos foi entrevistado pela apresentadora Lívia Andrade no programa "Arena SBT" do dia 12 de julho de 2014.

O apucaranense  José Carlos Ferreira dos Santos popularmente conhecido como vidente Carlinhos, conhecido por ter acertado os vencedores da Copa do Mundo, “O Brasil não ganhará a Copa do Mundo. Essa Copa está entre Alemanha, Holanda e Argentina”, afirmou, já prevendo todos os quatro semifinalistas da competição.

Os acertos do vidente Carlinhos prosseguem, quando ele fala que Neymar não jogaria o último (ou últimos) jogos da seleção.

“O Brasil vai perder sua principal força com a saída do Neymar”, disse, dando a entender que ele se machucaria nas quartas ou na semifinal.

O vidente Carlinhos ainda disse que “o Brasil não tem futebol para enfrentar Holanda e Alemanha”, e se pegasse um deles, “tomaria um gol atrás do outro”.

O vidente Carlinhos disse que o candidato Aécio Neves ganha a eleição em 2014, que a candidata Dilma fica em segundo lugar e que a Marina Silva fica em terceiro lugar, e ainda fez um alerta de caos no Brasil para o dia 13 de agosto de 2014, coincidentemente a data em que o candidato Eduardo Campos morreu em um acidente com seu jatinho na cidade de Santos.

O vidente Carlinhos ainda fez uma previsão sobre o ex-ministro Joaquim Barbosa, dando um recado e falando para o ex-ministro tomar cuidado para não se tornar um PC Fárias, falando que ele corre risco de vida.

O vidente Carlinhos ainda fez uma previsão que o Campeonato Brasileiro de Futebol 2014 será um time do Estado de São Paulo.

Telefone Vidente Carlinhos : Contato: ((43)96871408 ou (43)9662-5119

Telefones de Contato:  (43)98553220 tim (43) 96625119 tim (43)96871408 tim (43)91746288 vivo
Website: http://www.soscarlinhos.com.br/

VEJA O VÍDEO:



Continue lendo >> Deixe seu comentário
17 de outubro de 2014

Soluções Calhas em Registro-SP no Vale do Ribeira

,

Soluções Calhas em Registro-SP


Soluções Calhas é uma empresa que trabalha com calhas, rufos, condutores, coifas, tubos, localizada na  rua Presidente Kennedy, nº 285 próximo ao Hospital São João em  Registro-SP no Vale do Ribeira .

Website: http://www.solucoescalhas.com.br/


Mapa Soluções Calhas

Peça seu orçamento:




Contatos

Contatos: (13) 3822-4169 
 (13)99741-9123 (vivo) - (13)98186-7282 (Tim)
Soluções Calhas trabalha com os seguintes cartões: 

Soluções Calhas trabalha com os seguintes cartões:


Curta a Fan Page da Soluções Calhas

Clique aqui e curta nossa página no Facebook




Soluções Calhas em Registro-SP


Veja o álbum de fotos com os nossos serviços: 
Continue lendo >> Deixe seu comentário

Artigo: Precisamos de uma reforma política.

,
Precisamos de uma reforma política.


No Brasil, Reforma Política é o nome dado ao conjunto de propostas de emendas constitucionais (EC) e PC's da lei eleitoral, com fins de tentar melhorar o sistema eleitoral nacional, proporcionando, segundo  seus defensores, maior correspondência entre a vontade do eleitor ao votar e o resultado final das urnas.[] Reforma Política nada mais é do que o aperfeiçoamento do sistema político do País.

Uma reforma política ampla vem sendo articulada desde o Governo Fernando Henrique Cardoso (FHC). No entanto, a única mudança substancial conseguida desde então foi a implantação da reeleição, aprovada em 1997, que agora é amplamente combatida e deverá ser revista.

Outra grande demanda desejada por analistas políticos, a fidelidade partidária acabou sendo instituída de fato por uma decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ratificada mais tarde pelo Supremo Tribunal Federal (STF), o qual decidiu que o mandato pertencia ao partido, e não ao político. Tal decisão vem acarretando atualmente inúmeras perdas de mandatos eletivos por políticos que trocaram de partido depois de eleitos.

Já a cláusula de barreira, instituída também no Governo FHC e que entraria em vigor em 2007, tendo por objetivo reduzir o número de partidos políticos, acabou sendo declarada inconstitucional, mais agora voltou a ser defendida novamente, até pelo Presidente do TSE o Ministro do Supremo Tribunal Federal DIAS TOFOLLI.

Em 2010, foi aprovada a chamada Lei da Ficha Limpa, cujo julgamento do STF definiu que ela é constitucional e passou a vigorar em 2012 e nestas eleições barrou vários candidatos.

Em 2011, o Senado Federal e a Câmara dos Deputados implantaram comissões separadas para estudar e elaborar propostas de reforma política, cujos temas são [][]sistemas eleitorais; financiamento eleitoral e partidário; suplência de Senador;  filiação partidária e domicílio eleitoral; coligações; voto facultativo; data da posse dos chefes do Executivo; cláusula de desempenho; fidelidade partidária;  reeleição e mandato; e  candidato avulso.

Atualmente o Brasil usa o sistema proporcional de lista aberta com coligações para as eleições de deputados federal e estadual e vereadores. Sob este sistema, todos os candidatos são ligados a alguma legenda, que pode ser uma coligação de vários partidos ou um único partido não coligado. Cada eleitor vota simultaneamente no candidato e na legenda a qual ele pertence, ou somente na legenda, se preferir. As vagas são distribuídas proporcionalmente conforme o somatório de votos para cada legenda, usando o chamado quociente eleitoral. Os candidatos mais votados de cada legenda são eleitos.  Alterando-se esse sistema   a maior bandeira da região que  é o Voto distrital poderia ser aprovado e o voto proporcional seria abandonado, e em seu lugar seriam criados distritos uninominais, isto é, de um único vencedor. Suponhamos a eleição para a Câmara no Estado de São Paulo. Ao invés de todos os candidatos concorrerem no Estado inteiro com 70 vencedores, o território paulista seria dividido em 70 distritos. Cada candidato concorreria em apenas um distrito, e cada distrito elegeria apenas um deputado ou deputada. O nome técnico é "sistema majoritário uninominal".

Recentemente vimos a notícia de que o Presidente da Câmara dos deputados, Henrique Eduardo Alves recebeu abaixo assinado com mais de 75 mil assinaturas pedindo a convocação de plebiscito pela reforma política.

Mulheres: Com a reforma política, a situação atual com certeza mudaria.  Após a divulgação do resultado destas eleições de outubro de 2014, o TSE elaborou estatística onde dos 513 deputados federais eleitos no dia 5 de outubro, 51 são mulheres, o que significa um aumento de 13,33% na bancada feminina na Câmara dos Deputados na próxima legislatura, que começa em fevereiro, em relação às 45 mulheres eleitas em 2010 para o cargo.  Nas eleições de 2014, o número de candidatas aptas que disputaram o cargo deu um salto bastante expressivo, chegando a 1.765, contra 935 em 2010. Isso corresponde a um aumento de 88,77%.

Além da própria conscientização feminina e da sociedade nos últimos anos, o aumento no número de candidatas ao cargo de deputado federal nas eleições de 2014 resulta da Lei n° 12.034 (primeira minirreforma eleitoral), aprovada em 2009. Ela obriga que as candidaturas aos cargos proporcionais - deputado federal, estadual ou distrital e vereador - sejam preenchidas (e não apenas reservadas, como era antes) com o mínimo de 30% e o máximo de 70% de cidadãos de cada sexo. 

Em 1997, a Lei das Eleições (Lei nº 9.504) passou a prever a reserva de vagas para a participação feminina nos cargos proporcionais. A Lei nº 12.034 estipulou, então, essa obrigatoriedade, alterando o texto do parágrafo 3º do artigo 10 da Lei das Eleições.

Contribuiu também para elevar o número de candidatas a campanha Mulher na Política, lançada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em março deste ano. A campanha incentivou as mulheres a participarem das eleições de 2014 em todos os níveis. A iniciativa, que recebeu o apoio do Congresso Nacional, foi amplamente veiculada na televisão, no rádio e por meio de cartazes.

Jovens:  A participação dos jovens na política também fica a dever, pois  foram eleitos 513 deputados federais.   Desse total, 97 têm entre 50 e 54 anos. Noventa e dois deputados federais estão na faixa de 55 a 59 anos. São 58 deputados entre 40 e 44 anos, 56 entre 60 e 64 anos, 52 entre 45 e 49 anos, 49 entre 35 e 39 anos, 40 entre 65 e 69 anos, e 29 29 entre 30 e 34 anos, 19 entre 25 anos, 10 entre 70 e 74 anos, sete entre 75 e 79 anos, dois entre 20 e 24 anos, e mais dois entre 80 e 84 anos.

Foram eleitos 1.035 deputados estaduais, sendo 184 – a maioria – na faixa etária de 50 a 54 anos. Elegeram-se 166 deputados estaduais entre 45 e 49 anos, 147 entre 55 e 59 anos, 124 entre 40 e 44 anos, 108 entre 35 e 39 anos, 98 entre 60 e 64 anos, 81 entre 30 e 34 anos, 43 entre 65 e 69 anos, 31 entre 20 e 24 anos, mais 31 entre 70 e 74, 13 com idade entre 20 e 24 anos, oito entre 75 e 79 e apenas um entre 85 e 89 anos.

Então a participação da mulher que representa a maioria do eleitorado no Brasil,  atualmente, 52,13% dos eleitores brasileiros são mulheres precisa ser incentivada assim como os jovens entre 18 a 29 anos precisam ter uma consciência de participação na vida política de seu Município, Estado e País.

Com um novo governo talvez essas reformas andem e ganhem corpo, com a participação em massa da população,  principalmente dos jovens e das mulheres,  é o que aguardamos.

Lembrando sempre que voto não tem preço, tem consequência.

GILBERTO VEIGA, é advogado especialista em Direito Público e Eleitoral. Diretor Jurídico da Prefeitura de Juquia.


Continue lendo >> Deixe seu comentário

Artigo: Sua empresa no escritório coletivo - Ivan Hussni

,
Artigo: Sua empresa no escritório coletivo - Ivan Hussni

Montar um escritório não é barato, principalmente para o empreendedor iniciante que, normalmente, tem orçamento apertadíssimo. Os custos são velhos conhecidos: aluguel, energia elétrica, mobília, condomínio, segurança, limpeza, etc. Além disso, manter a infraestrutura para trabalhar requer tempo e dedicação, ou o que seria a base para tornar o negócio viável se torna uma fonte de problemas. Considerando tais fatores, não é surpresa que ganhe força entre empreendedores o coworking, como é chamado o modelo de escritórios coletivos. Hoje, existem mais de 100 locais assim no Brasil, segundo a Deskmag, publicação especializada no segmento.

O coworking é um espaço alugado por hora, semana ou mês, dividido por profissionais de diferentes áreas. Esses locais oferecem mesa, telefone, internet, sala de reuniões e demais itens necessários no dia a dia de um escritório. As despesas anteriormente citadas são de responsabilidade do locador. É indicado principalmente para empreendedores individuais, empresários no começo da carreira, profissionais autônomos da área de serviços (web designers, arquitetos, por exemplo), entre outros. O coworking é uma boa opção para quem não quer o isolamento de trabalhar em casa no estilo home office ou não recebe clientes com grande frequência.

Um dos grandes atrativos do escritório coletivo, além da economia, é a interação entre as pessoas. O uso de um local comum permite a complementariedade de serviços. Assim, um arquiteto pode precisar de um advogado que está ao lado ou um web designer pode querer os serviços do contador sentado à mesa em frente, por exemplo.

A oportunidade de contato entre os profissionais serve ainda para a troca de conhecimento, estimula a criatividade e o compartilhamento de experiências.

No entanto, o interessado deve sempre avaliar se o modelo se encaixa no seu perfil. É importante considerar que haverá várias pessoas falando ao mesmo tempo sobre os mais diversos assuntos, o que pode ser ruim para a concentração. Além disso, é preciso tomar cuidado extra com informações confidenciais.

Se você tem dúvidas sobre o assunto, o Sebrae-SP pode orientá-lo; procure a unidade mais próxima de você.

Ivan Hussni é diretor técnico do Sebrae-SP​

Continue lendo >> Deixe seu comentário

Primeira turma do Programa “Você na Cozinha” conclui módulo inicial

,
Primeira turma do Programa “Você na Cozinha” conclui módulo inicial


A iniciativa visa ampliar as possibilidades dos beneficiários de programas sociais adquirirem qualificação de mão de obra e geração de renda

A Secretaria Municipal de Assistência, Desenvolvimento Social e Economia Solidária entregou para 49 alunas os certificados de conclusão do 1º módulo do programa ‘Você na Cozinha’ realizado nos CRAS Agrochá, Arapongal e Votupoca.

A iniciativa visa ampliar as possibilidades de beneficiários de programas sociais adquirirem qualificação de mão de obra e geração de renda.

As aulas com as novas turmas já iniciaram no início do mês de outubro com o CRAS do Votupoca no 2º modulo da qualificação com 15 alunos. Já no Arapongal e Agrochá, em virtude da grande procura iniciou o 1º módulo novamente, mas com 25 novos alunos. A previsão de término é na primeira quinzena de dezembro.

Primeira turma do Programa “Você na Cozinha” conclui módulo inicial


“Estamos ampliando as oportunidades das pessoas assistidas por meio de qualificação que além de fortalecer os vínculos, ainda conta com acompanhamento da equipe profissional da Economia Solidária, para que cada participante tenha autonomia em realizar a gestão do próprio negócio”, disse a Secretária Municipal de Assistência Social, Cristiane Marques.

No primeiro módulo os participantes aprendem técnicas para elaboração de Doces Caseiros. No segundo, as alunas terão a oportunidade de saber mais sobre Pratos Variados. Além disso, as aulas abordam higienização, preparo, conservação e comercialização dos alimentos.

Primeira turma do Programa “Você na Cozinha” conclui módulo inicial

 Por Mônica Beatriz Bockor
Continue lendo >> Deixe seu comentário

Artigo: Segundo turno

,

 
Artigo: Segundo turno
                                            

 João Baptista Herkenhoff
 
          Dois candidatos disputarão a Presidência da República, já que nenhum dos postulantes alcançou maioria absoluta no primeiro turno. Nos Estados da Federação haverá segundo turno quando nenhum candidato ao Governo tiver obtido a maioria absoluta dos sufrágios. No próximo dia vinte e seis de outubro, a voz da cidadania  consagrará, pela ordem alfabética: Aécio Neves ou Dilma Roussef.
          A eleição direta do Presidente da República foi uma conquista do povo brasileiro. Milhões foram às ruas pedindo eleições diretas. Os mais velhos lembram-se desta luta. Os mais jovens sabem do que aconteceu pela leitura de livros e de outros escritos, ou através de informações verbais.

          Preparem-se os que vierem a ver seu candidato derrotado a aceitar a vitória do que for escolhido. Preparem-se os vencedores para celebrar os louros sem menosprezar quem perdeu. Este é o jogo democrático. Numa análise mais profunda da eleição todos serão vitoriosos porque a Democracia será vitoriosa e a Democracia é um bem de todo o povo brasileiro.

          A escolha do Presidente da República, dos Governadores e até mesmo dos Prefeitos não deve girar apenas em torno de nomes. O aperfeiçoamento do sistema democrático exigirá que, na oportunidade das eleições, sejam debatidas, com amplitude cada vez maior, propostas de governo e políticas públicas nos diversos campos administrativos (educação, saúde, proteção à infância, transportes, segurança pública), de modo que o povo seja o gerente de seu destino.

          A jornada cívica não termina no dia da eleição. O débito cidadão não é pago com o simples depósito do voto na urna. Cumpre participar da vida política, acompanhar a discussão dos temas que estejam em pauta e formar opinião a respeito dos mesmos. É lícito e recomendável pressionar deputados e senadores para que cumpram seus deveres puxando, por exemplo, a orelha dos parlamentares que faltam às sessões. 

A tribuna popular, franqueada a cidadãos que não são detentores de mandato, é um avanço. A Constituição permite que o povo tenha a iniciativa de leis e essa importantíssima franquia deve ser utilizada, tanto em nível federal, quanto em nível estadual e municipal. O debate sobre os mais diversos temas deve ser acompanhado através dos jornais, do rádio e da televisão. A meu ver não é de mau gosto ouvir a Voz do Brasil. Pelo contrário, este é um espaço onde todas as opiniões se manifestam. O povo pode acompanhar tudo que se discute através da Voz do Brasil, sem precisar de intermediários que muitas vezes omitem ou torcem os fatos e lhes dão uma interpretação tendenciosa.
 
João Baptista Herkenhoff é juiz de Direito aposentado (ES), professor e escritor. E-mail: jbpherkenhoff@gmail.com Site: www.palestrantededireito.com.br
 
Continue lendo >> Deixe seu comentário
16 de outubro de 2014

Espaço Cultural realiza seu primeiro Sarau em Sete Barras no Vale do Ribeira

,
Espaço Cultural realiza seu primeiro Sarau em Sete Barras no Vale do Ribeira



Por Marcelo Plácido

            Divulgado pelas redes sociais, o Sarau Fundo de Casa aconteceu em Sete Barras, no dia 10 de outubro, reunindo vários artistas da cidade e região.

Espaço Cultural realiza seu primeiro Sarau em Sete Barras

            O público muito eclético pode assistir diversas apresentações musicais, dança, além de poesias e textos filosóficos. Esse 1º Sarau inaugura no Vale do Ribeira um novo local para o universo artístico, cultural, de interação, reflexões e entretenimento, disse Marcelo Plácido, organizador do evento.

Espaço Cultural realiza seu primeiro Sarau em Sete Barras

            O chão de assoalho, repleto de instrumentos deixa o público livre para interagir com o artista, tocando ou improvisando, e ao toque de uma sineta é sinal de uma nova proposta de apresentação.

Espaço Cultural realiza seu primeiro Sarau em Sete Barras

            Percebendo a boa aceitação do público, a ideia, a partir de agora é realizar todos os meses, convidando sempre artistas de outras cidades do Vale, num ambiente sempre agradável e acolhedor, ressaltou Marcelo, que é professor de arte, formado em Teatro/Arte-Educação pela Universidade de Sorocaba.

Espaço Cultural realiza seu primeiro Sarau em Sete Barras


            Inconstante e imprevisível, o próximo Sarau já tem data para acontecer: 14 de novembro, sexta-feira, às 20h,em comemoração a Proclamação da República. 

O Espaço Cultural Fundo de Casa fica localizado a Rua Quirino Nunes da Silva, 812, Jd. Nossa Senhora Aparecida, em Sete Barras.Gratuito, surpreendente, imperdível! Difícil é não participar!Contato: marceloplacido@gmail.com (013) 99789-5154.

Espaço Cultural realiza seu primeiro Sarau em Sete Barras

Continue lendo >> Deixe seu comentário

Festival de Cidadania resgata a história do Vale do Ribeira

,

Festival de Cidadania resgata a história do Vale do Ribeira



Alunos das escolas municipais emocionaram o público com apresentações artísticas que destacaram as riquezas históricas e culturais da região do Vale do Ribeira.

Festival de Cidadania resgata a história do Vale do Ribeira

Diante de uma plateia de pais, familiares e professores admirados, alunos das escolas municipais de educação infantil e ensino fundamental transformaram o 2º Festival de Cidadania em um verdadeiro show artístico e cultural. Realizado no último sábado, 11/10, no palco externo do Teatro Wilma Bertelli, o Festival foi resultado de parceria entre as Secretarias Municipais de Educação e Cultura.

Festival de Cidadania resgata a história do Vale do Ribeira

Representando municípios do Vale do Ribeiracada escola retratou as riquezas históricas e culturais por meio de danças, músicas, performances e teatro, transformando o palco em uma verdadeira viagem no tempo.  “Todas as escolas estão de parabéns pela dedicação de alunos, professores e funcionários. Todo o empenho resultou em lindas apresentações que certamente ajudaram a conhecer melhor e valorizar todo o processo histórico da nossa região”, avaliou a Secretária Municipal de Educação, Simone Patrícia de Castilho Cunha.

Presente durante todo o evento, o prefeito Gilson Fantin também parabenizou os alunos e professores e aproveitou para anunciar o investimento de R$ 2 milhões em obras de reforma e melhorias nas escolas do município. “Queremos dar todas as condições para que os alunos aprendam e funcionários possam trabalhar com conforto e segurança. Já trocamos os bebedouros, instalamos ares-condicionados nas creches e agora vamos investir em pintura, reforma e aquisição de mobiliários nas escolas”, afirmou o prefeito.

Durante o Festival, a Secretária de Educação e a presidente do Fundo Social de Solidariedade, Maria Amelia Fantin, fizeram a entrega das colchas de retalhos feitas pelas escolas para a CRIFF, Lar dos Velhinhos, Casa Lar, Albergue Bezerra de Menezes e Comunidade Terapêutica Vale do Encontro. “Todas as colchas foram feitas com muito carinho e com ajuda dos pais dos alunos”, explicou Simone Patrícia.

As crianças foram as verdadeiras estrelas do Festival de Cidadania. Teve a dança “Yes, nós temos banana” em homenagem a Sete Barras (EMEI Chapeuzinho Vermelho); a dança do Barro de Apiaí (EMEF Prefeito Josino Silveira); a dança de São Gonçalo de Barra do Turvo (EMEB José Mendes); o Carnaval de Iguape (EMEF Anna Pinto Banks); o teatro “A Lenda de Caniné” contando a história de Cananéia (EMEF Fernando Sérgio); o Fandango de Tamancos de Itaóca (EMEB Pedreira do Arapongal); a música “Passadinho” de Itariri (EMEF Juscelino K. de Oliveira) e a dança da Amizade de Ribeira (EMEF José de Carvalho). O público acompanhou ainda a Dança da Fita em homenagem a Barra do Chapéu e Itapirapuã Paulista (EMEB Nicéa Hirota da Silva); a apresentação “Miscigenação” ao som das canções “Somos um só” e “Capoeira do Brasil” representando Registro (EMEF Francisco Manuel); a homenagem à Fanfarra FANCEAN de Cajati (EMEI Pedacinho do Céu); e a representação da história de Jacupiranga (EMEF Olga Clivatti) .

As escolas ainda apresentaram um bonito desfile mostrando os trajes típicos de cada município do Vale do Ribeira.

Continue lendo >> Deixe seu comentário

Prestação de Contas de Iguape-SP

,
Prestação de Contas de Iguape-SP

Prestação de Contas


A Prefeitura de Iguape comunica aos munícipes que a audiência pública para prestação de contas, do 2º Quadrimestre de 2014, referente à Saúde Municipal, acontecerá no próximo dia 04, na Câmara Municipal, a partir das 09h30.

Por Emanuele Garollo
Continue lendo >> Deixe seu comentário

Classificados Náuticos

Classificados Náuticos
 
Google+
Facebook
Recomende-nos no Google

Link-me

O Vale do Ribeira - Notícias, Histórias, Curiosidades, Culinária e informações sobre a região do Vale do Ribeira.

O Vale do Ribeira Copyright © 2011 | Design by: Camilo Aparecido Almeida | Movido a: [ Blogger ]