Receba Grátis Noticias do Vale do Ribeira.
26 de agosto de 2016
TRAFICANTES DE DROGAS QUE AGIAM NA CIDADE CAJATI FORAM PRESOS EM FLAGRANTE PELA DISE
,
TRAFICANTES DE DROGAS QUE AGIAM NA CIDADE CAJATI FORAM PRESOS EM FLAGRANTE PELA DISE


        Policiais civis da DISE Jacupiranga, subordinada à Delegacia Seccional Jacupiranga (DEINTER-6), chefiados pelo Delegado de Polícia Dr. Adriano Barbosa Ribeiro, efetuaram no dia 25/08/2016 as prisões em flagrante de C.B.P. e F.R.C.S, num local situado nas imediações da Rua Quartzo, bairro Nhunguvira, município de Cajati.

Por meio de investigações, os policiais constataram que C.B.P. e F.R.C.S, agiam no local, vendendo entorpecentes a usuários, razão pela qual o abordaram e localizaram em seu poder uma sacola plástica contendo 12 pinos de cocaína, 16 pedras de crack e 17 buchas de maconha, bem como certa quantia em dinheiro, obtida com a venda do entorpecente.

Em pesquisa realizada, foi constatado que F.R.C.S possui diversas passagens criminais, inclusive por tráfico de drogas.

        Cabe ressaltar que a Polícia Civil tem intensificado as investigações e o combate ao tráfico de drogas, posto que o referido delito, além das graves consequências que acarreta para sociedade, acaba fomentando a ocorrência de outros crimes, notadamente contra o patrimônio e contra à pessoa.
       
Para tanto, qualquer pessoa da população pode contribuir com a Polícia Civil, fornecendo informações através do telefone 181, sendo garantido o anonimato.


Fonte: Polícia Civil
Continue lendo >> Deixe seu comentário
A administração das universidades públicas paulistas
,
A administração das universidades públicas paulistas


Julio Cezar Durigan

Não é difícil reconhecer que há um problema na forma de financiamento das universidades públicas, que precisa ser discutido e repensado no sentido de evitar catástrofes cíclicas. No entanto, a solução, provavelmente, está na mudança para um novo tipo de receita vinculada mais estável e acrescida dos valores das expansões. Seguramente não está na cobrança de mensalidades dos alunos, o que caracterizaria forte retrocesso à uma política de responsabilidade do Estado de São Paulo e do País.

Sempre é importante frisar que as três universidades públicas paulistas (USP, Unesp e Unicamp) recebem um percentual do ICMS (9,57%), após dedução de 1,3% do total arrecadado para gastos com Habitação.

Os transes sazonais com os quais essas universidades se deparam estão justamente relacionados aos crescimentos ou reduções na arrecadação desse Imposto, diretamente relacionado com a atividade econômica paulista e nacional.

Nos momentos de queda da arrecadação, para que as conquistas acadêmicas das universidades públicas paulistas não sejam ameaçadas, o Estado precisaria sensibilizar-se e destinar recursos adicionais para programas com fortes fundamentos sociais, como as bolsas para os alunos cotistas provenientes de escolas públicas e com origens raciais indígenas e afrodescendentes, e para os cursinhos pré-vestibulares oferecidos com o objetivo de que alunos socioeconomicamente carentes possam se candidatar, com uma melhor formação, ao ensino superior público ou privado.

Também é importante lembrar que essas universidades fizeram, ao longo do tempo, importantes expansões nos seus Câmpus e cursos, em várias regiões, sem a contrapartida adicional previamente combinada com o Estado.

Com seus orçamentos anuais, normalmente corrigidos pela inflação e pelo PIB, as universidades estaduais paulistas devem cobrir todas as despesas com pessoal (da ativa e aposentados), todo custo das unidades universitárias e centros de pesquisa anexos, além do investimento na infraestrutura necessária de salas de aula, laboratórios, hospitais veterinários e humanos, fazendas de ensino e pesquisa, além de ações judiciais antigas e atuais que se tornaram precatórios, entre outros itens.

Adicionalmente, esses mesmos orçamentos devem zelar por áreas fundamentais, como bolsas, auxílio-alimentação, moradias e restaurantes universitários subsidiados, que asseguram a permanência, na universidade, de alunos com dificuldades financeiras em suas famílias. Convém ressaltar que os alunos constituem a razão de ser das universidades e têm todo direito de pleitear melhores condições para o seu crescimento intelectual com o objetivo de serem os profissionais competentes de que o país tanto necessita para a construção de um futuro melhor.

Além disso, há os benefícios legítimos, apoiados por lei ou internamente pelo Conselho Universitário, para os servidores docentes e técnico-administrativos, como vales alimentação e/ou refeição, vale transporte, licenças saúde, nojo e gestação, seguros de funerais, plano de saúde subsidiado e creches, entre outros.

Ainda dentro da rubrica dos recursos humanos, as universidades não podem se descuidar das contratações, dentro das suas possibilidades, pois docentes e funcionários não podem ser substituídos por máquinas, como ocorreu ao longo do tempo em algumas atividades humanas. A transferência do conhecimento pelo ensino e pela pesquisa não pode prescindir de bons mestres assessorados por servidores técnico-administrativos.

O custeio das universidades garante o seu dia a dia: o pagamento de utilidade pública (luz, água, telefone, lógica), transporte, limpeza, vigilância, bibliotecas, manutenção e serviços gerais, medicamentos, drogas para laboratórios, alimentação, itens de escritório e muitos outros.

O investimento garante a instalação de equipamentos cada vez mais modernos e sofisticados nos laboratórios de ensino e de pesquisa, na qualidade das salas de aula e nos anfiteatros, no ensino a distância, nas reformas dos prédios administrativos, nas melhorias e seguranças das instalações de água e elétricas e na construção e reformas de departamentos, por exemplo.

Entre as três universidades públicas paulistas, a Unesp, por exemplo, apresenta números acadêmicos expressivos. Descentralizada, multicâmpus e de reconhecida qualidade por avaliações nacionais e internacionais, encontra-se fortemente radicada em 24 municípios com suas 34 faculdades. Oferece um total de 155 cursos de graduação, 112 doutorados, 124 mestrados e 19 mestrados profissionais, em todas as áreas do conhecimento, para cerca de 60 mil alunos, sendo 35 mil na graduação, 15 mil na pós-graduação e 10 mil em especialização, em línguas e a distância.

No âmbito econômico, os dados também impressionam. Em 2013, a Unesp teve cota-parte do Estado no valor de R$ 1,804 bilhões e devolveu aos municípios em que suas unidades estão inseridas o valor de R$ 1,903 bilhões, na forma de gastos pessoais dos alunos, docentes e servidores técnicos administrativos, gastos das unidades e gastos dos visitantes em cursos e eventos.

Esses dados mostram como, apesar de todas as dificuldades e compromissos que enfrentam, USP, Unesp e Unicamp, graças à autonomia orçamentária e financeira outorgada em 1989 para as três universidades, cresceram exponencialmente em tamanho e qualidade, recebendo justo reconhecimentos no Brasil e no exterior.

É inegável, portanto, que as universidades estaduais paulistas, ao contrário do que muitos insistem em negar, tiveram e têm indispensável participação no diferencial de desenvolvimento do Estado de São Paulo, pois contribuem com a formação de profissionais competentes e com ações culturais, políticas, econômicas sociais e de extensão dos conhecimentos à comunidade essenciais para o presente e o futuro do País.

Julio Cezar Durigan é reitor da Unesp
Continue lendo >> Deixe seu comentário
3º Ciclo de Palestras da ETEC DE REGISTRO-SP
,
3º Ciclo de Palestras da ETEC DE REGISTRO-SP


O 3º Ciclo de Palestras da ETEC DE REGISTRO, ocorrerá  nos dias 05-06-08 e 09 de setembro, abordando o tema TERCEIRO SETOR, os ingressos estão sendo vendidos com os alunos do 2º ADM NOITE, no horário das  19h até as 21h, na Rua Waldermar Lopes de Ferraz, 232  - Vila Tupi - Registro/SP. Não percam essa oportunidade de agregar conhecimento.
Continue lendo >> Deixe seu comentário
Quem ama cuida: Vacine seus cães e gatos contra a raiva em Registro-SP
,
Quem ama cuida: Vacine seus cães e gatos contra a raiva em Registro-SP


Campanha de Vacinação Antirrábica começa segunda-feira, 29 de agosto, em Registro-SP

A Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde de Registro inicia nesta segunda-feira, 29 de agosto, a Campanha de Vacinação Antirrábica para cães e gatos. Serão 63 postos de vacinação, entre zona urbana e rural. A raiva é uma virose que ataca o sistema nervoso central e leva à morte. A doença pode ser transmitida ao ser humano através de arranhões, mordidas e lambeduras de cães e gatos infectados. Se a vítima não for atendida rapidamente com vacina e soro antirrábico, o quadro será fatal. Por isso é tão importante vacinar cães e gatos contra a doença.

Quem ama cuida: Vacine seus cães e gatos contra a raiva em Registro-SP

Em Registro-SP, a Campanha tem a estimativa de vacinar 13.300 cães e 2.400 gatos. A Secretária Municipal de Saúde, Jô Rangel, destaca que a Vacinação este ano foi ampliada, com mais dias e locais para atender a população. “Realizamos um levantamento junto às equipes de Saúde da Família, que conhecem bem a realidade de cada bairro, e escolhemos diversos locais para assegurar que a vacinação seja mais efetiva”, explica a Secretária.


Quem ama cuida: Vacine seus cães e gatos contra a raiva em Registro-SP


CONDIÇÕES PARA RETIRAR A VACINA
Quem tem dificuldade de levar os cães e gatos até os postos de vacinação poderá retirar a vacina para aplicar em casa. No entanto, é fundamental que a pessoa leve um pote grande com gelo (como pote de sorvete) para acondicionar a seringa e aplique a vacina em no máximo 30 minutos após a retirada. O gelo deve estar dentro de um saco plástico. A vacina poderá ser retirada nos postos de vacinação ou na Vigilância Epidemiológica (Rua João Batista Poci, 45 – Centro).

ANIMAIS QUE NÃO PODEM SER VACINADOS
Para receber a vacina antirrábica os cães e gatos devem ter mais de 3 meses de idade. Fêmeas prenhas no final da gestação e animais muito debilitados não devem ser levados porque podem se estressar demais ao ter contato com outros cães e gatos.
O cronograma da vacinação, com dias, horários e locais, também está disponível nas Unidades de Saúde e no site na Prefeitura de Registro (www.registro.sp.gov.br). 


CAMPANHA DE VACINAÇÃO ANTIRRÁBICA – REGISTRO

ZONA RURAL
DIA 29 DE AGOSTO - SEGUNDA
BOA VISTA RIO
LANCHONETE OÁSIS
08:20 ÀS 09:30H
VILA VITÓRIA
ASSEMBLÉIA DE DEUS
10:00 ÀS 11:20H
BOA VISTA LIONS
ESCOLA VELHA
11:50 ÀS 13:00H
RIBEIRÃO DE REGISTRO
PONTO DE ÔNIBUS DA VILA
13:30 ÀS 14:30H
PONTO DE ÔNIBUS DA EMEF RIBEIRÃO DE REGISTRO
14:40 ÀS 15:40H
CAIACANGA
ESCOLA VELHA E PONTO FINAL DO ÔNIBUS
08:30 ÀS 09:30H
VOTUPOCA
USF VOTUPOCA
10:10 ÀS 11:20H
MORRO DO VOTUPOCA
EMEB OLEGARIO GONÇALVES DE SOUZA
12:00 ÀS 13:10H
AREADO
ESCOLA VELHA
13:40 ÀS 14:40H
BULHA
ESCOLA VELHA
15:10 ÀS 16:30H
DIA 30 DE AGOSTO - TERÇA
JARDIM PAULISTANO
IGREJA CATÓLICA
08:30 ÀS 11:30H
JARDIM DAS PALMEIRAS
ESTACIONAMENTO DA FACULDADE
13:30 ÀS 17:00H
DIA 31 DE AGOSTO - QUARTA
VILA MACIEL
PONTO DE ÔNIBUS
08:30 ÀS 11:30H
TAQUARUÇU
E.E. PASCOAL GRECCO
13:30 ÀS 17:00H
DIA 1º DE SETEMBRO - QUINTA
RIBEIRÃO BRANCO DAS PALMEIRAS
ESCOLA VELHA
08:30 ÀS 09:30H
SALTINHO (LUZ E LIMA)
ESCOLA VELHA
10:00 ÀS 11:00H
LAGEADO
ESCOLA VELHA
11:30 ÀS 12:30H
SÃO DOMINGOS
ESCOLA VELHA
13:00 ÀS 14:00H
RIBEIRÃO DO MOTTA
BAR DO DEMA
14:30 ÀS 15:30H
RIBEIRÃO VERMELHO
ESCOLA VELHA
16:00 ÀS 17:00H
BOA ESPERANÇA
PONTO DE ÔNIBUS
08:30 ÀS 10:30H
CAPINZAL DA BR
ASSEMBLÉIA DE DEUS
11:00 ÀS 12:00H
FAZENDA CHÁ RIBEIRA
ESCOLA VELHA
12:40 ÀS 13:40H
BAMBURRAL DE BAIXO
EMEB BAIRRO BAMBURRAL DE BAIXO
14:10 ÀS 15:20H
DIA 02 DE SETEMBRO - SEXTA
BAISSUNUNGA
ESCOLA VELHA
08:30 ÀS 10:00H
TIATÃ
ESCOLA VELHA
10:30 ÀS 12:00H
BAMBURRAL DE CIMA
EMEB BAMBURRAL DE CIMA
12:40 ÀS 15:30H
MINERAÇÃO DO SERROTE
EMEB USINA DO SERROTE
08:30 ÀS 10:00H
MORRO SECO
BARRACÃO DR. ISSAO
10:40 ÀS 12:00H
PEROPAVA
EMEB JOSÉ BRUNO
12:40 ÀS 13:40H
GUAVIRUVA
EMEB GUAVIRUVA
14:10 ÀS 15:10H
JURUMIRIM
EMEB JURUMIRIM
15:30 ÀS 16:30H
DIA 05 DE SETEMBRO -SEGUNDA
CAPINZAL DE CIMA
EMEB CAPINZAL DE CIMA
08:30 ÀS 10:00H
CHEIA GRANDE
ESCOLA VELHA
10:30 ÀS  11:30H
INDAIATUBA
ESCOLA VELHA
12:00 ÀS 13:00H
CAPINZAL DO VITÓRIO
USF - CAPINZAL
13:30 ÀS 14:30H
QUILOMBO
ESCOLA VELHA
15:10 ÀS 16:30H
DIA 06 DE SETEMBRO – TERÇA
SERROTE
USF - SERROTE
08:30 ÀS 11:30H
ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES
13:00 ÀS 16:30H


ZONA URBANA
DIA 08 DE SETEMBRO - QUINTA
JARDIM CAIÇARA I
CENTRO SOCIAL URBANO
08:30 ÀS 11:30H
13:30 ÀS 17:00H
XANGRILÁ
CENTRO COMUNITÁRIO
08:30 ÀS 11:30H
13:30 ÀS 17:00H
DIA 09 DE SETEMBRO - SEXTA
JARDIM CAIÇARA II
LAR DOS VELHINHOS
08:30 ÀS 11:30H
JARDIM IPANEMA
IGREJA PRESBITERIANA
13:30 ÀS 17:00H
VILA ROMÃO
BAR DO JAMIL
08:30 ÀS 11:30H
CENTRO VELHO
PRAÇA DOS EXPEDICIONÁRIOS
13:30 ÀS 17:00H
DIA 12 DE SETEMBRO - SEGUNDA
JARDIM VALERY
SABESP
08:30 ÀS 11:30H
JARDIM HATORI I E II
ASSEMBLÉIA DE DEUS
13:00 ÀS 17:00H
VILA BUDISTA
IGREJA CATÓLICA
08:30 ÀS 11:30H
JARDIM ESPERANÇA
BAR DO ARISTIDE
13:30 ÁS 17:00H
DIA 13 DE SETEMBRO - TERÇA
EIJI MATSUMURA
CENTRO COMUNITÁRIO
08:30 ÀS 11:30H
13:30 ÀS 17:00H
RIBEIRÓPOLIS
SECRETARIA DE AGRICULTURA
08:30 ÀS 11:30H
13:30 ÀS 17:00H
DIA 14 DE SETEMBRO - QUARTA
JARDIM BRASIL
CRECHE MUNICIPAL
08:30 ÀS 11:30H
JARDIM SÃO PAULO
CENTRO COMUNITÁRIO
13:30 ÀS 17:00H
VILA FÁTIMA
SETOR DE AMBULÂNCIA
08:30 ÀS 11:30H
ALAY CORRÊA
PRAÇA BEIRA-RIO /MERCADO MUNICIPAL
13:30 ÀS 17:00H
DIA 15 DE SETEMBRO - QUINTA
VILA SÃO FRANCISCO
ASSOCIAÇÃO DE BAIRRO
08:30 ÀS 11:30H
13:30 ÀS 17:00H
AGROCHÁ
CENTRO COMUNITÁRIO
08:30 ÀS 11:30H
IGREJA CATÓLICA EM FRENTE AO PSF
13:30 ÀS 17:00H
DIA 16 DE SETEMBRO - SEXTA
ARAPONGAL LESTE
QUADRA COBERTA
08:30 ÀS 11:30H
13:30 ÀS 17:00H
ARAPONGAL OESTE
PSF - ARAPONGAL OESTE
08:30 ÀS 11:30H
13:30 ÀS 17:00H
DIA 17 DE SETEMBRO - SÁBADO
CENTRO
ESTACIONAMENTO PREFEITURA
08:30 ÀS 17:00H
VILA NOVA
UBS VILA NOVA
08:30 ÀS 17:00H
NOSSO TETO
PRAÇA
08:30 ÀS 17:00H
Continue lendo >> Deixe seu comentário
 
Google+
Facebook
Recomende-nos no Google
Link-me
O Vale do Ribeira - Notícias, Histórias, Curiosidades, Culinária e informações sobre a região do Vale do Ribeira.

O Vale do Ribeira Copyright © 2011 | Design by: [ Camilo Aparecido Almeida ] | Movido a: [ Blogger ]