Dia Mundial de Conscientização do Parkinson - Lucy Montoro oferta serviços gratuitamente para pacientes com a doença Dia Mundial de Conscientização do Parkinson - Lucy Montoro oferta serviços gratuitamente para pacientes com a doença
Siga nosso Canal no Whatsapp

Dia Mundial de Conscientização do Parkinson - Lucy Montoro oferta serviços gratuitamente para pacientes com a doença

Unidade realiza o atendimento em áreas como psicologia, fonoaudiologia e fisiatria para auxiliar no retardamento dos sintomas da doença, que acomete majoritariamente os idosos

Em 11 de abril foi instituído o Dia Mundial de Conscientização do Parkinson para ampliar a compreensão e refletir sobre os cuidados das pessoas com o diagnóstico da doença, que acomete 4 milhões de pessoas no mundo, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). O Parkinson, considerada a segunda doença neurodegenerativa mais frequente, atinge o sistema nervoso central na área responsável pela produção de dopamina, alterando os movimentos do corpo.


A doença é progressiva, mais frequente entre idosos e causa tremores, lentidão de movimentos, rigidez muscular, desequilíbrio, depressão e distúrbios na fala. O tratamento pode ser feito com medicamentos, requer acompanhamento médico para retardar os sintomas e, em alguns casos, podem ser realizados fisioterapia, terapia ocupacional e fonoaudiologia.


Unidade própria da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo (SES/SP), o Serviço de Reabilitação Lucy Montoro de Pariquera-Açu atende pacientes com diagnóstico de Parkinson, oferecendo serviços gratuitamente em: Fisiatria, Serviço Social, Psicologia, Enfermagem, Nutrição, Fonoaudiologia, Terapia Ocupacional, Fisioterapia e Condicionamento Físico.


A diretora clínica do serviço , Pâmella Gazolla, explica que os pacientes com Parkinson podem apresentar também limitação de movimentos, instabilidade de marcha, dificuldade de deglutição, alteração no volume da voz e dores persistentes. “Os sintomas causam dependência para as atividades básicas da vida diária. 

A depender do quadro, é importante avaliação e acompanhamento fisiátrico para determinar qual o melhor programa de reabilitação ao paciente de acordo com sua sintomatologia. A reabilitação impacta positivamente, melhorando a funcionalidade do paciente, apoiando a família e, inclusive, dando suporte ao cuidador”.


A equipe da rede é composta por 38 colaboradores, divididos pelos setores da instituição, que possui equipamentos de robótica, academia completa, equipamentos para fisioterapia motora e estimulação durante as terapias, dentre eles, fortalecimento, alongamento e estímulo à funcionalidade.


De janeiro de 2023 a março de 2024 a unidade realizou, em média, 3.420 atendimentos voltados à doença e recebeu 19 pacientes com diagnóstico de Parkinson, sendo eles direcionados para as terapias conforme necessidade de cada caso. A média de duração do programa de reabilitação dos pacientes com Parkinson é de seis meses.


“O Lucy Montoro de Pariquera Açu, vem nos últimos anos trabalhando em rede com os 15 municípios do Vale do Ribeira, hospitais e ambulatórios, sendo elo de apoio à atenção primária e especializada na região, consequentemente fazendo a diferença na vida dos usuários, humanizando o atendimento e seguindo os princípios do SUS”, comenta o diretor de Serviços de Saúde, Wilson Pimentel Júnior.


O Serviço de Reabilitação Lucy Montoro de Pariquera-Açu



Inaugurado em 12 de setembro de 2014, a unidade presta atendimento médico compatível com os objetivos gerais da Rede Lucy Montoro na área de medicina física e reabilitação, com ênfase na assistência multiprofissional de forma interdisciplinar.


O Serviço de Reabilitação Lucy Montoro de Pariquera-Açu atende exclusivamente usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) e do Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (IAMSPE), residentes nos 15 municípios do Vale do Ribeira que compõem a área de abrangência do Departamento Regional de Saúde XII.


Atualmente, o Serviço, por meio de contrato de gestão, é administrado pelo CEJAM – Centro de Estudos e Pesquisa “João Amorim”, acompanhado e avaliado pela Coordenadoria de Gestão de Contratos de Serviços de Saúde (CGCSS) e Comitê Gestor da Rede Lucy Montoro.


No primeiro trimestre de 2024, o Lucy Montoro de Pariquera produziu um total de 537 atendimentos fisiátricos e 6.426 atendimentos nas áreas de Serviço Social, Psicologia, Enfermagem, Nutrição, Fonoaudiologia, Terapia Ocupacional, Fisioterapia e Condicionamento Físico; o Serviço também é referência para os 15 municípios para aplicação de Toxina Botulínica tipo A e conta com a dispensa de (Órteses Próteses e Meios Auxiliares de Locomoção, como complemento do processo de reabilitação.


Internação e procedimentos clínicos no estado


De acordo com os dados da SES, de janeiro de 2023 a fevereiro de 2024, foram realizados 29.323 procedimentos clínicos ambulatoriais por doença de Parkinson no estado em pacientes de 75 a 79 anos; 16.126 procedimentos na faixa dos 70 a 74 anos; e 15.597 procedimentos entre 65 e 69 anos.


Os números de internações também são maiores para os pacientes acima dos 75 anos, registrando 78 ocorrências no período citado acima. Na faixa dos 70 a 74 anos, foram 39 internações, já entre 65 e 69 anos, 41 internações.

Dia Mundial de Conscientização do Parkinson - Lucy Montoro oferta serviços gratuitamente para pacientes com a doença
Dia Mundial de Conscientização do Parkinson - Lucy Montoro oferta serviços gratuitamente para pacientes com a doença



Postar um comentário


Seu comentário é sempre bem vindo!

Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!

Comentário Anônimo, sem nome e email , não será publicado.

Se quiser fazer contato por email, utilize o Formulário para contato

Espero que tenha gostado do Site e que volte sempre!

Postagem Anterior Próxima Postagem