Últimas Notícias

Rosemar de Miracatu no Vale do Ribeira é medalhista Olímpica retroativa a 2008 por doping de Russa

Rosemar de Miracatu no Vale do Ribeira é medalhista Olímpica retroativa a 2008 por doping de Russa

Rosemar fazia parte da equipe do revezamento 4x100m rasos feminino havia terminado a prova em Pequim (2008) na quarta colocação, com o doping de Russa, o Brasil ficou com o Bronze.


A russa Yulia Tchermochanskaya foi pega no exame antidoping em razão de uma nova análise envolvendo os Jogos Olímpicos de Pequim-2008, o que provocou a perda da medalha de ouro conquistada pela Rússia no revezamento 4x100 do Atletismo, dando ao Brasil o bronze na prova.

Rosemar de Miracatu no Vale do Ribeira é medalhista Olímpica retroativa a 2008 por doping de Russa

Tchermochanskaya foi pega após uma nova análise de amostras recolhidas por ocasião dos Jogos de Pequim-2008 e Londres-2012, informou o Comitê Olímpico Internacional (COI) nesta terça-feira.
Com a desclassificação da Rússia, o ouro do 4x100 em Pequim passará à equipe da Bélgica, a prata ficará com a Nigéria e o bronze, com o Brasil.

Com a eliminação das russas, Rosemar Coelho Neto, Lucimar de Moura, Thaissa Presti e Rosângela Santos, com o tempo de 43seg14, subiram de patamar e agora são consideradas as medalhistas de bronze da Olimpíada de Pequim.
Rosemar descobriu o atletismo na escola, em Miracatu-SP na região do Vale do Ribeira. Participando dos campeonatos colegiais, chamou a atenção de seu professor de educação física, que a incentivou a prosseguir.