Governo de SP cria Centro de Operações de Emergências e anuncia novas medidas para combate à dengue Governo de SP cria Centro de Operações de Emergências e anuncia novas medidas para combate à dengue 1
Siga nosso Canal no Whatsapp

Governo de SP cria Centro de Operações de Emergências e anuncia novas medidas para combate à dengue

Governo de SP cria Centro de Operações de Emergências (COE) e anuncia novas medidas para combate à dengue



Estado repassará R$ 200 milhões aos municípios; Painel de Monitoramento atualizará casos diariamente

O governador em exercício Felicio Ramuth assinou nesta terça-feira (6) o decreto que cria o Centro de Operações de Emergências (COE) de combate ao Aedes aegypti, responsável pela transmissão da dengue, Chikungunya e Zika. 

Coordenado pela Secretaria da Saúde (SES), o COE reúne outras sete secretarias estaduais - Casa Civil, Casa Militar e Defesa Civil, Segurança Pública, Desenvolvimento Social, Comunicação, Educação, Meio Ambiente, Infraestrutura e Logística -, além do Conselho de Secretários Municipais de Saúde (Cosems). 

A primeira medida adotada no âmbito do COE foi a destinação de R$ 200 milhões do tesouro estadual às prefeituras dos 645 municípios paulistas para o enfrentamento direto ao mosquito. 


“O enfrentamento à dengue é uma ação conjunta das secretarias de Estado, que passam a fazer parte do Centro de Operações de Emergências, e os municípios. 

Com apoio técnico do Governo de SP e os recursos liberados hoje, as prefeituras poderão investir em suas redes de saúde e emergência, além de realizar ações de limpeza e comunicação em suas cidades”, destacou o governador em exercício, Felicio Ramuth. 


Os recursos provenientes do programa IGM SUS Paulista (Incentivo à Gestão Municipal) se somam às medidas de intensificação de suporte aos municípios, em especial as ações de campo como a nebulização, o chamado fumacê. 

Mais de 600 equipamentos portáteis e pesados estão disponíveis para a utilização das cidades. 

Esse trabalho será coordenado pela Defesa Civil Estadual, que também intensificará em parceria com as Defesas Civis Municipais o trabalho de visita as residências e orientação aos cidadãos em todo o Estado. 

Já durante o carnaval, o Governo de SP terá ações de orientação e conscientização nas redes sociais e nas mídias do Metrô, CPTM e canais do Detran. 

O bloco simbólico “Unidos contra a Dengue” vai orientar quanto a importância de eliminar os criadouros e não deixar água parada. 

Nos próximos dias também haverá uma campanha de saúde pública orientado a população sobre a importância do combate ao mosquito, uma vez que 80% dos focos do Aedes aegypti estão no interior das residências.


Também serão realizadas ações educativas em escolas da rede estadual, rodovias e pontos de grande circulação de pessoas como estações de trem e metrô. 

Em outra frente, a Secretaria de Saúde está capacitando todos os agentes de endemias por meio de cursos e treinamentos online para manejo e atendimento para arboviroses. 

O Instituto Adolfo Lutz (IAL) também está recebendo investimentos para reduzir o tempo de resposta para o resultado de testes sorológicos e ampliação de sua capacidade.


“Este será o maior apoio aos municípios no combate à dengue da história. Estamos investindo em capacitações e treinamento para toda a rede de saúde, e estendendo também aos professores e todos os cidadãos. 

Este é o momento certo para a sociedade se unir no combate à dengue”, afirmou Eleuses Paiva, secretário de Saúde do Estado.

Monitoramento Online

Para que a população possa acompanhar a situação das arboviroses em todo o Estado de forma fácil e transparente, o Governo de SP lançou o Painel de Monitoramento da Dengue. 

Disponível no endereço dengue.saude.sp.gov.br, a ferramenta permite consultar todas as informações relativas aos casos notificados, em investigação, os confirmados e os descartados, além de dados como casos de dengue grave e os óbitos em todo o território paulista. 

Estes dados também auxiliarão a gestão estadual na definição de novas políticas públicas de enfrentamento à doença.


As informações poderão ser filtradas por data, município e Grupo de Vigilância Epidemiológica. Para isso, a pasta conta com uma moderna sala de situação para monitoramento do Estado, além da colaboração das prefeituras, que são responsáveis pelos testes e resultados, e pelo preenchimento do sistema de notificação.

Todas as ações contra a dengue estão detalhadas no Plano Estadual de Contingência das Arboviroses Urbanas, elaborado em parceria com os demais níveis de gestão do Sistema Único de Saúde (SUS) no estado.


Fonte e foto: Portal Ribeira

Governo de SP cria Centro de Operações de Emergências e anuncia novas medidas para combate à dengue
Governo de SP cria Centro de Operações de Emergências e anuncia novas medidas para combate à dengue



Postar um comentário


Seu comentário é sempre bem vindo!

Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!

Comentário Anônimo, sem nome e email , não será publicado.

Se quiser fazer contato por email, utilize o Formulário para contato

Espero que tenha gostado do Site e que volte sempre!

Postagem Anterior Próxima Postagem