Derramamento de carga tóxica ontem na Serra do Azeite está sendo monitorado Derramamento de carga tóxica ontem na Serra do Azeite está sendo monitorado
Siga nosso Canal no Whatsapp

Derramamento de carga tóxica ontem na Serra do Azeite está sendo monitorado

Derramamento de carga tóxica ontem na Serra do Azeite está sendo monitorado



No final da tarde de ontem(16/11), por volta das 17h30, um caminhão transportando carga perigosa de hipoclorito de sódio se envolveu em um acidente no KM 513 em Cajati da região do Vale do Ribeira(SP). 

O incidente resultou em um incêndio de grandes proporções e um vazamento significativo do produto químico, levando as autoridades a acionarem equipes de emergência para conter os riscos.

As equipes da Defesa Civil, CETESB (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) e o Corpo de Bombeiros foram prontamente mobilizadas para o local, enfrentando um cenário desafiador devido à natureza perigosa da carga. 

O hipoclorito de sódio, uma substância química altamente corrosiva e potencialmente tóxica, exigiu uma resposta rápida e coordenada para minimizar os impactos ambientais e garantir a segurança da população local.

O incêndio consumiu o veículo e, infelizmente, resultou em um grande vazamento do hipoclorito de sódio, intensificando os desafios enfrentados pelas equipes de emergência. O risco de contaminação e os potenciais efeitos à saúde pública tornaram imperativo o controle efetivo da situação.


Além disso, a Sabesp e a Vigilância Sanitária de Cajati estão monitorando de perto a captação de água no Rio Jacupiranguinha. 

A Defesa Civil do município está orientando a população ribeirinha, para evitar o contato com a água do rio até que análises detalhadas sejam realizadas. De acordo com a Sabesp o abastecimento de aguá não foi comprometido.

Este incidente destaca a importância da segurança no transporte de cargas perigosas e a necessidade contínua de protocolos rigorosos para lidar com situações de emergência envolvendo produtos químicos perigosos.

O produto que vazou:


O hipoclorito de sódio é uma substância química composta por cloro e sódio, frequentemente usada como desinfetante e alvejante. Quando em contato com ácidos, libera cloro, que possui propriedades oxidantes e desinfetantes. 

Apesar de sua utilidade, o hipoclorito de sódio pode ser nocivo para o ser humano e o meio ambiente.

Nocividade para o Ser Humano: Ingestão: Pode causar irritação gastrointestinal, náuseas, vômitos e, em casos graves, danos ao trato digestivo.

  • Inalação: Pode irritar o sistema respiratório, causar tosse, falta de ar e, em concentrações elevadas, levar a problemas mais sérios.

  • Contato com a Pele e Olhos: Pode causar irritação, vermelhidão e, em casos mais graves, queimaduras.

  • Nocividade para o Meio Ambiente:Aquático: O hipoclorito de sódio pode ser tóxico para organismos aquáticos, afetando a fauna e flora dos corpos d'água.

  • Solo: O vazamento de hipoclorito de sódio no solo pode resultar em contaminação, impactando negativamente a qualidade do solo e a vida microbiana.

  • Ar: A liberação de cloro gasoso pode ocorrer em situações de incêndio, representando um perigo para a qualidade do ar.

Fonte e foto: Portal Ribeira

Derramamento de carga tóxica ontem na Serra do Azeite está sendo monitorado
Derramamento de carga tóxica ontem na Serra do Azeite está sendo monitorado


Postar um comentário


Seu comentário é sempre bem vindo!

Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!

Comentário Anônimo, sem nome e email , não será publicado.

Se quiser fazer contato por email, utilize o Formulário para contato

Espero que tenha gostado do Site e que volte sempre!

Postagem Anterior Próxima Postagem