Fundação Florestal divulga edital para cadastramento e autorizações de uso de atrativos do Petar Fundação Florestal divulga edital para cadastramento e autorizações de uso de atrativos do Petar
Siga nosso Canal no Whatsapp

Fundação Florestal divulga edital para cadastramento e autorizações de uso de atrativos do Petar

Os chamamentos públicos contemplam quatro atividades de turismo de aventura, dentre elas ducking e caiaquismo no Rio Betari, rapel e trilha de longo curso, além de um roteiro noturno com diversas atividades; todos os atrativos serão guiados por operadores locais


A Fundação Florestal abriu Chamamento Público para formalização de Termos de Autorização de Uso (TAU) para o cadastramento de interessados em prestar serviços de turismo de aventura no Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira (Petar), no município de Iporanga. São quatro diferentes TAUs que contemplam roteiro noturno; atividade de ducking (caiaque inflável) e caiaquismo (caiaque rígido) no Rio Betari; rapel nas cavernas Ouro Grosso e Água Suja; e, por fim, Trilha de Longo Curso e camping selvagem em trecho da trilha do Continuum.

O objetivo desta iniciativa é controlar e melhorar o atendimento à visitação, garantindo a segurança dos usuários ao mesmo tempo em que o turismo sustentável é fomentado, gerando oportunidade de renda à comunidade local. Os serviços deverão ser executados de forma organizada, preferencialmente por entidade regional de turismo de aventura, turismo sustentável e monitoria ambiental, com sede nos municípios que integram o PETAR e sempre de acordo com a legislação vigente sobre a atividade de monitoria ambiental nas Unidades de Conservação administradas pela Fundação Florestal.

Roteiro Noturno

As atividades contempladas pelo Roteiro Noturno – Núcleo Santana são espeleoturismo nas cavernas, Santana, Ouro Grosso e Couto; atividade de observação de astros (astroturismo); e atividade de observação de cogumelos bioluminescentes. Para o Roteiro Noturno, as propostas deverão ser protocoladas até 15 dias contados da publicação do Chamamento.

Atividade de ducking e caiaquismo no Rio Betari


As atividades de “ducking”, realizadas em caiaques infláveis, e caiaquismo, feitas em caiaques rígidos, no Rio Betari, deverão ocorrer a partir da Piscina Natural, localizada no Núcleo Santana, de forma a não invadir o espaço de banho dos turistas que utilizam a área como descanso e banho.

Há ainda que se atentar ao caráter sazonal da atividade, que geralmente ocorrem entre os meses de outubro a abril, devido ao aumento do volume de água do Rio Betari por conta do possível auemtno de chuvas nessa época do ano. Operações fora dessa data serão estipuladas pela UC, com base no monitoramento do Rio. Para os interessados, as propostas deverão ser protocoladas até 15 dias contados da publicação do Chamamento.

Rapel nas cavernas Ouro Grosso e Água Suja

O intuito é oferecer aos visitantes do Petar um serviço organizado de turismo de aventura para espeleoturismo vertical – visitação e exploração das cavernas de maneira recreacional associada e em conjunto com rapel – nas Cavernas Ouro Grosso, no roteiro Cachoeira do Céu, e na Água Suja, no Salão do Golfinho.

A Caverna Ouro Grosso, com 1,1 km de extensão e 192m de desnível, já a Água Suja possui 2,9 km de desenvolvimento e um dos maiores abismos do Petar, chamado de Dívida Externa, com mais de 100 metros de desnível.

As propostas deverão ser protocoladas até 30 dias contados da publicação do Chamamento.

Trilha de Longo Curso e camping selvagem


A trilha do Continuum foi concebida dentro do Projeto de Ecoturismo na Mata Atlântica, projeto que teve como premissa estruturar algumas Unidades de Conservação administrada pela Fundação Florestal, incluindo o Petar, a fim de melhor os serviços e produtos turísticos dessas UCs. A trilha em questão atravessa três UCs no Mosaico de Paranapiacaba, com total de 127 km estimado, incluindo um trecho de cerca de 70 km, com início no Petar - Núcleo Santana e término no PE Intervales. O trecho do Chamamento Público possui cerca de 26 km de extensão, terminando na Base do Núcleo Caboclos.

Para os interessados, as propostas deverão ser protocoladas até 15 dias contados da publicação do Chamamento.

Para participar

Podem participar do chamamento operadoras, com sede nos municípios que integram a Unidade de Conservação, que possuam profissionais que atendam aos requisitos da ABNT NBR referentes à cada uma das atividades, devem enviar as propostas atendendo aos itens solicitados nos chamamentos públicos publicados em diário oficial e disponíveis também no site da Fundação Florestal (link abaixo). As propostas serão analisadas pela FF e, se todos os requisitos forem atendidos, serão firmados Termos de Autorização de Uso (TAUs) com cada interessado.

As propostas deverão ser protocoladas segundo os prazos de cada modalidade pelo e-mail petar@fflorestal.sp.gov.br ou na sede do Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira – Endereço da Sede Rua Isidoro Alpheu Santiago, 364, Fepasa – Apiaí/SP – 18320-000. Para mais informações e esclarecimentos de dúvidas, entre em contato pelo email petar@fflorestal.sp.gov.br. {alertInfo}

Para mais informações, acesse: https://www.infraestruturameioambiente.sp.gov.br/fundacaoflorestal/category/chamamento-publico/

Fundação Florestal divulga edital para cadastramento e autorizações de uso de atrativos do Petar
Fundação Florestal divulga edital para cadastramento e autorizações de uso de atrativos do Petar


Postar um comentário


Seu comentário é sempre bem vindo!

Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!

Comentário Anônimo, sem nome e email , não será publicado.

Se quiser fazer contato por email, utilize o Formulário para contato

Espero que tenha gostado do Site e que volte sempre!

Postagem Anterior Próxima Postagem