Lixo - Dinheiro jogado fora Lixo - Dinheiro jogado fora
Siga nosso Canal no Whatsapp

Lixo - Dinheiro jogado fora

Lixo - Dinheiro jogado fora


Em um mundo cada vez mais preocupado com a sustentabilidade, a questão do lixo tem se tornado cada vez mais relevante. É preciso pensar em soluções para lidar com o lixo e aproveitá-lo da melhor maneira possível, de forma a transformá-lo em fonte de emprego e renda e também em fonte de arrecadação municipal.

Existem diversas formas de aproveitar o lixo e transformá-lo em algo útil. A reciclagem, por exemplo, é uma das maneiras mais acolhedoras e eficientes de lidar com o lixo. Ao reciclar materiais como papel, plástico e metal, é possível transformá-los em novos produtos e reduzir a quantidade de lixo que é jogada fora.

Além da reciclagem, existem outras formas de aproveitar o lixo. Uma delas é a compostagem, que consiste em transformar restos de alimentos em adubo orgânico. Esse adubo pode ser utilizado na agricultura e na jardinagem, gerando uma economia para quem utiliza e uma fonte de renda para quem produz.

Outra forma de aproveitar o lixo é a coleta seletiva. Através dela, é possível separar os materiais recicláveis ​​do restante do lixo e encaminhá-los para a reciclagem. Isso gera emprego e renda para quem trabalha na coleta seletiva e também para quem atua na reciclagem.

Além disso, a coleta seletiva é uma importante fonte de arrecadação para os municípios. Isso porque muitas empresas compram os materiais recicláveis ​​para utilizá-los em seus produtos, gerando uma receita para o município.

É importante destacar que o aproveitamento do lixo não se resume apenas à reciclagem, compostagem e coleta seletiva. Existem outras formas de aproveitar o lixo, como a reutilização de objetos e a produção de energia através da queima do lixo.

No caso da reutilização de objetos, é possível dar uma nova utilidade a objetos que seriam descartados. Por exemplo, é possível transformar pneus velhos em vasos de plantas, latas em porta-trecos, entre outras ideias criativas.

Já a produção de energia através da queima do lixo é uma alternativa para países que ainda não possuem uma política de reciclagem bem estruturada. Através dessa técnica, é possível gerar energia elétrica a partir da queima do lixo, tentando a quantidade de lixo que é jogada em aterros sanitários.

Em resumo, é possível transformar o lixo em fonte de emprego e renda e também em fonte de arrecadação municipal. Para isso, é necessário investir em políticas públicas que incentivem a reciclagem, compostagem, coleta seletiva, reutilização de objetos e produção de energia a partir do lixo.

Também é importante conscientizar a população sobre a importância de separar o lixo corretamente e adotar hábitos mais conscientes no dia a dia. Afinal, a mudança começa em casa.

Silvio Morenno
Silvio Morenno



Por Silvio Morenno

1 Comentários


Seu comentário é sempre bem vindo!

Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!

Comentário Anônimo, sem nome e email , não será publicado.

Se quiser fazer contato por email, utilize o Formulário para contato

Espero que tenha gostado do Site e que volte sempre!

  1. Ótima reportagem. Parabéns! Um assunto muito importante mais pouco falado, pouco comentado infelizmente. É muito triste andar pelas ruas e ver tanto lixo descartado incorretamente, muitas vezes vindo de empresas. Concordo que falta muita informação, muita força vontade de cada um, principalmente da prefeitura, que poderia distribuir panfletos ,fazer mais ações a respeito. Não é só uma questão de dinheiro e sim de saúde e um futuro para outras gerações. Eu faço minha parte e sinto falta de um recipiente de lado de fora de casa onde posso descartar os recicláveis que juntei. Os restos de alimento eu utilizo na minha composteira, minhas plantas agradecem RSS.

    ResponderExcluir
Postagem Anterior Próxima Postagem