Sesc Registro-SP reúne arquitetos em encontro sobre histórias e arquitetura do prédio KKKK Sesc Registro-SP reúne arquitetos em encontro sobre histórias e arquitetura do prédio KKKK - O Vale do Ribeira Sesc Registro-SP reúne arquitetos em encontro sobre histórias e arquitetura do prédio KKKK 1
Técnico Informática Registro

Sesc Registro-SP reúne arquitetos em encontro sobre histórias e arquitetura do prédio KKKK

Marcelo Ferraz (Brasil Arquitetura), Hugo Segawa (FAU-USP) e Akemi Hijioka (IFSP-Registro) participam de bate-papo em Registro-SP no dia 21/07. Evento também terá transmissão online pelo canal do Sesc no YouTube.

Cem anos atrás, o conjunto arquitetônico do KKKK (Companhia de Desenvolvimento Ultramarina) entrava em funcionamento em Registro-SP. Daquele início com funções fabris, comerciais e administrativas - voltadas a apoiar a colônia japonesa no Vale do Ribeira - até os dias atuais, o prédio passou por diversas fases, ocupações e funções. Recebeu adaptações, suportou períodos de abandono e deterioração, passou pelo processo de tombamento como patrimônio histórico e foi restaurado. Ao longo de todo esse período, o prédio seguiu testemunhando a cidade crescendo à sua volta e muitas histórias sendo construídas em seu entorno.

Fotos: Sesc Registro-KKKK: Márcio Shimamoto
Fotos: Sesc Registro-KKKK: Márcio Shimamoto



O Sesc São Paulo, por meio da unidade de Registro-SP, faz parte da trajetória deste patrimônio histórico desde 2016, quando a instituição assumiu o espaço, tornando-o um centro de acolhimento cultural e esportivo “sem catracas e sem muros”, aberto a toda população do Vale do Ribeira. E para celebrar as memórias e afetos que o prédio enseja e carrega ao longo do tempo, o Sesc Registro-SP realiza o projeto 100 anos de histórias, com uma programação iniciada neste mês de julho e que vai até dezembro de 2022, destacando histórias de pessoas, das comunidades e dos lugares que circundam o território.

O evento que marca a abertura oficial da programação acontece no dia 21/07 (quinta-feira), às 20h, no encontro “100 anos de histórias e arquitetura do conjunto KKKK”. Participam da atividade três arquitetos referências em suas áreas de atuação: Marcelo Ferraz, Hugo Segawa e Akemi Hijioka, que vão conversar com o público sobre a importância histórica e cultural do prédio, características da construção, aspectos arquitetônicos, o processo de tombamento e o projeto de restauração, entre outros temas.

A mediação será feita por Guilherme Leite, do Sesc Bertioga. Em formato híbrido, a atividade será presencial e terá transmissão ao vivo pelo canal do Sesc Registro-SP no YouTube.

Sobre os participantes


A arquiteta Akemi Hijioka é docente do Instituto Federal (IFSP) Câmpus de Registro-SP, com doutorado pela USP São Carlos. Atua na pesquisa sobre arquitetura vernácula, técnicas construtivas sustentáveis, saberes ancestrais e transferência de tecnologia no âmbito da imigração japonesa. É pesquisadora de projetos em conjunto com a Universidade de Kanagawa (Japão) e integrante da Associação Cultural Nipo Brasileira de Registro-SP (Bunkyo).

Marcelo Ferraz é arquiteto formado pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU-USP) e sócio-fundador do escritório Brasil Arquitetura. É também fundador e professor da Escola da Cidade (SP) e autor de publicações como Arquitetura Rural na Serra da Mantiqueira (1992) e Arquitetura Conversável (2011). Coordenou o projeto de restauro do prédio, com o qual ganhou o Prêmio IAB/SP de 2002 na categoria revitalização de edifícios.

Hugo Segawa é arquiteto e professor titular da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU-USP). Doutor e Mestre pela FAU/USP tem extensa produção historiográfica sobre arquitetura e recebeu o Prêmio América de Teoria e Crítica pelo conjunto de textos escritos. Em 1982, elaborou para o Condephaat o dossiê de justificativa para o tombamento do prédio. É coautor do livro O Conjunto KKKK (2002).

Guilherme Leite Cunha é formado em artes visuais e mestre em mediação cultural pela Universidade de São Paulo. É programador cultural. Trabalhou na programação artística do Sesc Pompeia e foi assistente técnico da Gerência de artes visuais e tecnologia do Sesc São Paulo.

A participação presencial no debate é aberta ao público e será realizada na Área de Convivência do Sesc Registro. A transmissão online pode ser acompanhada pelo YouTube.


Sobre o conjunto arquitetônico


Fotos KKKK antiga: Katsuki Aoki/Acervo de Wagner Assanuma
Fotos KKKK antiga: Katsuki Aoki/Acervo de Wagner Assanuma



Em 1922, à margem do rio Ribeira de Iguape e no antigo porto fluvial da “freguesia” de Registro-SP, era implantado o conjunto de prédios conhecido como KKKK, cujo nome faz referência à Kaigai Kogyo Kabushiki Kaisha (Companhia de Desenvolvimento Ultramarina), criada no Japão para apoiar a colônia japonesa no Vale do Ribeira, no início do século 20. Um dos edifícios do conjunto sediava um engenho de beneficiamento de arroz e nos quatro galpões funcionavam escritórios e armazéns.

A partir dos anos 1940 o espaço teve outras administrações e ocupações, passando também por longo período de abandono. Em 1987, o conjunto foi tombado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo (Condephaat) e, em 1990, foi desapropriado pela Prefeitura de Registro-SP. No início dos anos 2000, o prédio foi restaurado pelo Brasil Arquitetura, escritório dos arquitetos Marcelo Ferraz e Francisco Fanucci. Após o restauro, o complexo abrigou instituições de educação e o Memorial da Imigração Japonesa. Em 2010, o imóvel também foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico Artístico Nacional (IPHAN).

Desde 2016, o Sesc São Paulo transformou o espaço em um centro cultural e esportivo que oferece uma série de atividades artísticas, culturais, esportivas, educacionais e de lazer para todos os públicos do Vale do Ribeira.

Sobre o Sesc São Paulo

Com 75 anos de atuação, o Sesc – Serviço Social do Comércio conta com uma rede de 45 unidades operacionais no estado de São Paulo e desenvolve ações com o objetivo de promover bem-estar e qualidade de vida aos trabalhadores do comércio, serviços, turismo e para toda a sociedade. Mantido pelos empresários do setor, o Sesc é uma entidade privada que atua nas dimensões físico-esportiva, meio ambiente, saúde, odontologia, turismo social, artes, alimentação e segurança alimentar, inclusão, diversidade e cidadania. São atendidas nas unidades de todo Estado cerca de 30 milhões de pessoas por ano. Hoje, aproximadamente 50 organizações nacionais e internacionais do campo das artes, esportes, cultura, saúde, meio ambiente, turismo, serviço social e direitos humanos contam com representantes do Sesc São Paulo em suas instâncias consultivas e deliberativas. Mais informações em: https://portal.sescsp.org.br/pt/sobre-o-sesc/

Serviço:

Sesc Registro-SP – Programação
100 Anos de histórias e arquitetura do Conjunto KKKK

Com arquitetos Marcelo Ferraz (Brasil Arquitetura), Hugo Segawa (FAU-USP) e Akemi Hijioka (IFSP/Registro)

Dia 21/7, quinta, às 20h.

Para celebrar o centenário do Conjunto KKKK, onde o Sesc Registro-SP está instalado desde 2016, o bate-papo abordará características arquitetônicas, o processo de tombamento como patrimônio histórico, os aspectos restaurativos da construção e a importância da relação com o território em que está inserido. A atividade também será transmitida ao vivo pelo canal do Sesc Registro no Youtube.

Mais informações:

https://www.sescsp.org.br/unidades/registro/

https://www.facebook.com/sescregistro/

https://www.instagram.com/sescregistro/

https://www.youtube.com/c/SescRegistroSP



Fotos: Sesc Registro-KKKK: Márcio Shimamoto

Fotos KKKK antiga: Katsuki Aoki/Acervo de Wagner Assanuma

Postar um comentário


Seu comentário é sempre bem vindo!

Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!

Comentário Anônimo, sem nome e email , não será publicado.

Se quiser fazer contato por email, utilize o Formulário para contato

Espero que tenha gostado do Site e que volte sempre!

Postagem Anterior Próxima Postagem