Série documental do projeto Pepitas do Ribeira terá lançamento com exibições abertas ao público Série documental do projeto Pepitas do Ribeira terá lançamento com exibições abertas ao público - O Vale do Ribeira

Técnico Informatica

Técnico Informática Registro

Série documental do projeto Pepitas do Ribeira terá lançamento com exibições abertas ao público

As exibições dos filmes ocorrerão entre os dias 17 e 19 de maio, nas cidades de Registro-SP, Iguape e Apiaí, respectivamente



Registro-SP, 11 de maio de 2022 – Histórias inspiradoras de paixão, resiliência e valorização das oportunidades oferecidas por um dos territórios mais fabulosos do Brasil. É essa a alma dos 16 curtas-metragens "Pepitas do Ribeira", que revelam a riqueza e a diversidade de empreendimentos criativos de excelência do Vale do Ribeira. De 17 a 19 de maio o público terá a oportunidade de conhecer personagens incríveis que representam o potencial da economia criativa na região, de setores como artesanato, gastronomia, artes e turismo. Serão três exibições abertas ao público, em Registro, Iguape e Apiaí, respectivamente, conforme a programação:

· Dia 17/05 (terça-feira), às 20h30 – Catedral de São Francisco Xavier – Registro

· Dia 18/05 (quarta-feira), às 20h30 – Espaço Canto do Morro – Iguape

· Dia 19/05 (quinta-feira), às 20h30 – Igreja Matriz de Santo Antônio de Minas - Apiaí

O projeto é idealizado pela Garimpo de Soluções e viabilizado pelo ProAC Expresso Direto, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo. A iniciativa traz narrativas encantadoras de empreendedores que uniram amor, gestão e dedicação a singularidades do Vale do Ribeira, formando negócios criativos fascinantes. Ao todo são 16 histórias, como a da Chef Silvana Cristina, que uniu sua vivência caiçara a uma longa trajetória de capacitação, para criar o restaurante Manjuba & Cia, na Ilha Comprida, fazendo jus ao que só o Vale tem.

Ou ainda o trabalho fascinante desenvolvido pela Associação Banarte, de Miracatu, com a arte em fibra de bananeira, no relato da empreendedora Léia Alves. E a história das famílias Looze, em Apiaí e Mendes, em Itaoca, que se transformaram em ícones do artesanato paulista. Os vídeos são legendados em português, estarão disponíveis no canal YouTube da Garimpo de Soluções, a partir do dia 21/05 e serão disponibilizados para a plataforma Cultura em Casa, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa de São Paulo.


A geração Z também estará representada no projeto, em um vídeo que congrega depoimentos de 16 estudantes do ensino médio da região, participantes do Programa Prospera Jovem, da Secretaria de Desenvolvimento Social de São Paulo. Como protagonistas de suas histórias, eles falarão das suas percepções sobre o que esperam do futuro de suas carreiras profissionais e da conexão com o Vale do Ribeira.

Foram quatro meses para a produção dos filmes, aproximadamente 3 mil quilômetros rodados e 20 horas de filmagens pela região, para documentar a trajetória dessas pessoas que acreditaram nas oportunidades da região. “Estamos muito animados com a estreia do projeto, por podermos compartilhar preciosidades que revelam um pouco do muito que o Vale do Ribeira oferece ao mundo. São empreendedores "Valentes" por nascimento ou opção, que entenderam a riqueza do Vale e souberam vê-la e convertê-la em produtos, serviços e experiências de excelência”, comenta a diretora da Garimpo de Soluções, Ana Carla Fonseca.

O Projeto conta com a criação da Coop Audiovisual, produção da ROCA Produções Culturais e gestão digital e de marca da Agência Criativos, bem como o apoio do projeto Dá Gosto Ser do Ribeira e do Sebrae – Regional Vale do Ribeira. Os eventos de lançamento têm o apoio dos Departamentos de Cultura, Turismo e Eventos, das Prefeituras Municipais de Registro, Iguape e Apiaí; da Paróquia São Francisco Xavier, de Registro; e da Paróquia Santo Antônio, de Apiaí. Acompanhe as informações sobre o Pepitas do Ribeira nas redes sociais, pelos perfis do Facebook e Instagram.

Série documental do projeto Pepitas do Ribeira terá lançamento com exibições abertas ao público



Postar um comentário

0 Comentários