Empreendedores criativos mostram na prática o potencial de desenvolvimento socioeconômico do Vale do Ribeira Empreendedores criativos mostram na prática o potencial de desenvolvimento socioeconômico do Vale do Ribeira - O Vale do Ribeira

Técnico Informatica

Técnico Informática Registro

Empreendedores criativos mostram na prática o potencial de desenvolvimento socioeconômico do Vale do Ribeira

O projeto “Pepitas do Ribeira” está entrevistando negócios rentáveis de 11 municípios, para mostrar a força do empreendedorismo na região; dados do SEBRAE-SP apontam aumento de quase 30% na abertura de empresas, em 2021

Registro-SP, 17 de março de 2022 – O paulistano Pedro Paulo Delgado, proprietário da Queijaria Fazenda Santa Helena, de Sete Barras, conta que veio parar no Vale do Ribeira “por acaso”, assim como relatam muitos moradores e empresários que escolheram a região para se estabelecer e empreender. Mal sabia ele que o Vale se tornaria seu lugar preferido no mundo. Pepa, como é conhecido o empresário, é um dos produtores de queijos artesanais de leite de búfalas da região – um dos negócios criativos de excelência que serão retratados no projeto “Pepitas do Ribeira”, uma série de curtas-metragens de produção da Garimpo de Soluções, viabilizada pelo Programa de Ação Cultural – ProAC Direto, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa de São Paulo.

Quando Pepa adquiriu a propriedade onde hoje é a queijaria, apostou no cultivo de banana, então no da pupunha, até chegar à criação de búfalos, época em que ingressou no ramo de laticínios. Mas não um laticínio qualquer! Mergulhando na alma do Vale do Ribeira, Pepa desenvolveu queijos autorais, únicos e mundialmente premiados. Atualmente, ele a família são referência na produção artesanal de queijo fresco e pioneiros na maturação de queijos de leite de búfalas na região. Pedro Paulo acredita no potencial de crescimento regional. “O Vale do Ribeira é um local cheio de oportunidades, cultura e esperança. Só que a gente ainda tem que se descobrir e deixar que o Brasil descubra a gente!”, comenta o empresário.

Um dos objetivos do “Pepitas do Ribeira”, ao mostrar o naipe dos empreendedores criativos do Vale do Ribeira, é fortalecer a autoestima e o vínculo de pertencimento dos cidadãos com seu território. De acordo com o jovem mestre queijeiro João Pedro Delgado, que empreende junto com o pai na Queijaria Santa Helena, uma das formas de valorizar a região é a de desenvolver queijos que fazem jus à história e às singularidades da região – “Vale do Ribeira” e “Pai do Mato” são dois produtos já conhecidos –, desvendando histórias do Vale para as novas gerações. “Queremos trazer histórias para os nossos produtos. Tudo tem uma história e cada uma agrega um valor, seja patrimonial ou sentimental. Acredito que é uma forma de despertar a curiosidade nas gerações mais jovens”, relata.

De acordo com dados divulgados no início de 2022 pelo SEBRAE-SP, o Vale do Ribeira registrou um aumento de 28,8% no número de aberturas de empresas, entre 2019 e 2021. No total, a região possui mais de 33,8 mil empresas. Por meio do “Pepitas do Ribeira”, o intuito é o de explicitar a importância do empreendedorismo cultural e criativo como gerador de valor agregado a produtos e serviços e eixo de desenvolvimento territorial. “Queremos contribuir para difundir empreendimentos que, unindo a criatividade das pessoas às singularidades do Vale do Ribeira, têm enorme potencial par inspirar novos empreendedores criativos a apostar nas oportunidades, na diversidade e no futuro da região”, explica o diretor da Garimpo de Soluções, Alejandro Castañé.

Pepitas são raras e valiosas

Mais raro que pepitas é o povo do Vale do Ribeira, valente, acolhedor e cheio de histórias para contar. Partindo dessa premissa, nasce o projeto Pepitas do Ribeira, iniciativa da empresa Garimpo de Soluções - consultoria de atuação global especializada em economia criativa e desenvolvimento territorial –, em parceria com a produtora Coop Audiovisual, a Roca Produções Culturais, a Agência Criativos e apoio do Sebrae SP.

Serão 15 pílulas audiovisuais, sendo uma delas de apresentação da curadoria e as demais 14 revelando empreendimentos da região. Como forma de valorização e incentivo para gerações futuras, cada pílula será apresentada por um jovem estudante do ensino médio do Vale do Ribeira – em parceria com o Programa Prospera Jovem, da Secretaria de Desenvolvimento Social de São Paulo. Nessa fase inicial do projeto, a equipe já iniciou as gravações com os empreendedores e com os jovens estudantes. Desde janeiro, já são aproximadamente 3 mil quilômetros rodados e quase 20 horas de filmagens pela região.

Os vídeos finais serão lançados em eventos de exibição aberta, ainda no primeiro semestre de 2022, em Iguape, Registro e Apiaí, bem como disponibilizados para a plataforma Cultura em Casa, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado São Paulo e carregados no You Tube. Os vídeos serão legendados em português e terão audiodescrição, de modo a favorecer a acessibilidade de pessoas com deficiência auditiva ou visual.

Empreendedores criativos mostram na prática o potencial de desenvolvimento socioeconômico do Vale do Ribeira
Crédito das imagens: Arquivo – Fazenda Santa Helena



Postar um comentário

0 Comentários