Amaya chás presente em feira de turismo em Portugal Amaya chás presente em feira de turismo em Portugal - O Vale do Ribeira

Técnico Informatica

Técnico Informática Registro

Amaya chás presente em feira de turismo em Portugal

A empresa é a única indústria de chá preto no Brasil e a primeira no país a produzir o tipo Oolong, muito popular na Ásia mas, ainda pouco conhecido dos brasileiros.

Representando o Vale do Ribeira e o produto Brasileiro, a Amaya Chás está participando de uma feira internacional, promovida em Portugal. A Bolsa de Turismo de Lisboa é reconhecida no setor como o evento mais importante na área do turismo português e como um ponto de encontro de profissionais sendo destinado à promoção do turismo em Portugal e de outros 45 destinos internacionais.

A participação da Amaya, que é a única indústria produtora de chá preto do país e uma das maiores em chá verde, se deu a convite da Secretaria de Turismo, Cultura e Economia Criativa da Prefeitura de Registro-SP, através da Secretaria de Estado de Turismo e Viagens que conta com um stand na feira, valorizando e destacando as belezas do Estado de São Paulo. Participam ainda outras empresas da região com apoio do Sebrae, Viva o Vale (Marcelo Serafim) e Júnior do Petar (Iporanga).

A BTL vai até o dia 20 de março (domingo) e é uma oportunidade de expor e mostrar as riquezas da nossa região em um evento internacional, além da troca de experiências e contato com um país que se tornou referência de Turismo na Europa e no Mundo. “São as belezas naturais e os sabores da nossa região chegando cada vez mais longe, mostrando o potencial de qualidade excelência de nossos destinos e produtos e conquistando novos consumidores e visitantes. Agradecemos o convite e o apoio de todos que viabilizaram a participação nesse grande evento”, disse Milton Amaya, diretor da empresa.

O PRIMEIRO CHÁ OOLONG BRASILEIRO


Na Bolsa de Turismo de Lisboa a Amaya apresenta o Chá Oolong, uma novidade dentro do mix de produtos da marca, pois a empresa é a primeira e única indústria no Brasil produtora desse tipo de chá. O Oolong é um intermediário entre o chá verde e preto com um processo de produção diferenciado. Possui sabor com um leve toque torrado e pode ser consumido quente ou gelado, adoçado ou não, sendo uma ótima opção para digestão. Muito popular na Ásia, ainda é pouco conhecido pelos consumidores Brasileiros. Mundialmente a Amaya também se destaca e coloca o Brasil agora também como um país produtor. “São 85 anos de história e trabalho mas, estamos sempre em busca de inovação, atentos às demandas do mercado e às necessidades do consumidor. Para 2022 ainda teremos lançamentos de outros novos sabores”, garantiu Milton Amaya. Para saber mais acesse www.chasamaya.com.br.

Amaya chás presente em feira de turismo em Portugal


Postar um comentário

0 Comentários