Ilha Comprida anuncia alterações no Serviço de Retirada de Entulho e Materiais Inservíveis Ilha Comprida anuncia alterações no Serviço de Retirada de Entulho e Materiais Inservíveis - O Vale do Ribeira

Técnico Informatica

Técnico Informática Registro

Ilha Comprida anuncia alterações no Serviço de Retirada de Entulho e Materiais Inservíveis

Ilha Comprida - O município de Ilha Comprida anuncia alteração no serviço de remoção de entulho de construção, restos de galhos de árvores e outros materiais inservíveis depositados nas calçadas. Para solicitar o serviço, é necessário acessar o Protocolo On Line ( e não mais o Eouve) disponível na página principal do site www.ilhacomprida.sp.gov.br , identificar o endereço e o material a ser retirado, se possível, com fotos.

Após esse processo, é emitido boleto com taxa de 50 UFICs (R$217,00) pelo serviço, que será executado em seguida, mediante comprovação de pagamento. De acordo com o Departamento de Tributação, a taxa atende ao Código Tributário (1993) que estabelece a cobrança pela remoção dos materiais, realizada gratuitamente pelo município até então.

Para as pessoas que não queiram solicitar o serviço, há a opção das empresas particulares disponíveis na cidade. Porém, é importante que todos os moradores atendam à Legislação que proíbe o armazenamento de entulho e materiais de construção nas calçadas e ruas, já que o Município intensifica a fiscalização.

A diretora do Departamento Municipal de Tributação, Maria da Glória, afirma que a ação faz parte do planejamento urbano para a promoção da limpeza, acessibilidade, valorização das áreas, cidadania, organização e uma cidade mais bonita. O diretor do Departamento de Planejamento e Desenvolvimento Urbano (DPDU), Pérsio Almeida apontou a acessibilidade, a manutenção da limpeza pública e zeladoria como pontos fortes da ação. A ação é coordenada pelo diretor do Departamento de Obras e Serviços, Gilson Lima.

Ilha Comprida  anuncia alterações no Serviço de Retirada de Entulho e Materiais Inservíveis




Postar um comentário

0 Comentários