Fundação Florestal abre consulta pública sobre projeto que remunera pescadores por serviço ambiental Fundação Florestal abre consulta pública sobre projeto que remunera pescadores por serviço ambiental - O Vale do Ribeira

Técnico Informatica

Técnico Informática Registro

Fundação Florestal abre consulta pública sobre projeto que remunera pescadores por serviço ambiental

Cananeia, município que faz parte do Vale do Futuro, é um dos beneficiados pelo projeto Mar Sem Lixo que oferece remuneração a pescadores por remoção de lixo durante atividade pesqueira.

A Fundação Florestal abriu consulta pública para apreciação, propostas, sugestões e contribuições quanto ao Projeto de Pagamento por Serviços Ambientais (PSA) Mar Sem Lixo. O objetivo é ouvir a sociedade sobre o modelo criado pela instituição para remunerar os pescadores atuantes nas Áreas de Proteção Ambiental Marinhas - APAMs Litoral Sul, Centro e Norte. O prazo para as contribuições que podem ser feitas online ou no local é 20 de fevereiro.

A primeira fase do projeto contemplará pescadores de Itanhaém (APAM Centro), de Ubatuba (APAM Norte) e de Cananéia (APAM Sul), que faz parte do Vale do Futuro, programa do governo de São Paulo para levar desenvolvimento econômico e social sustentável para a região do Vale do Ribeira.

No PSA Mar Sem Lixo, pescadores artesanais de arrasto de camarão serão remunerados, por meio de cartão-alimentação, pelo serviço ambiental de remoção de lixo capturado durante a atividade pesqueira. Os valores variam de R$ 100,00 a R$ 600,00 mensais.

Podem participar da consulta pública pessoas físicas ou jurídicas e as contribuições devem ser enviadas clicando aqui (http://tiny.cc/vp3ouz) ou protocoladas na sede e nos escritórios da Fundação Florestal em papel ou em mídia eletrônica, aos cuidados da Coordenação do Projeto PSA Mar Sem lixo, nos seguintes endereços:
1- São Paulo, SP: Avenida Professor Frederico Hermann Júnior, 345, Prédio 12, 1º andar, CEP 05459-010;
2- Cananéia, SP: Av. Prof. Wladmir Besnard, s/n, Morro São João, CEP 11990-000;
3- São Vicente, SP: Av. Tupiniquins, 1009 - Bairro Japuí, CEP 11325-000;
4- Ubatuba, SP: R. Dr. Esteves da Silva, 510 - Centro, CEP 11680-000

O coordenador do Programa Vale do Futuro Marco Aurélio Gomes comemora a inclusão de Cananeia no programa. “É uma satisfação saber que Cananeia terá a ação do Projeto Mar Sem Lixo, afinal ao remunerar os pescadores pelo trabalho de limpeza das águas, além de contribuir para a renda dessas pessoas, dissemina uma maior consciência da importância da preservação ambiental”, avalia.

Somente serão apreciadas as contribuições que contenham identificação do participante com nome completo e contato (telefone ou e-mail). Dentro deste prazo, também será possível manifestar interesse em contribuir com o projeto no formato de cooperação técnica, patrocínio e como voluntário (pessoa física). Os interessados devem utilizar os mesmos canais.


Parceiros do projeto


O Projeto PSA Mar Sem Lixo é uma iniciativa da Fundação Florestal em parceria com a Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente, por meio da Coordenadoria de Planejamento Ambiental (CPLA) e Coordenadoria de Saneamento.

São parceiros o Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo, o Instituto de Pesca, vinculado à Secretaria de Agricultura e Abastecimento (SAA), o Instituto de Pesquisas Ambientais (IPA) e a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) vinculados à Sima, Colônias e Associações de pescadores e cooperativas de catadores.

Para saber mais, visite a página do PSA Mar Sem Lixo em: https://www.infraestruturameioambiente.sp.gov.br/fundacaoflorestal/psa-mar-sem-lixo/

Fundação Florestal abre consulta pública sobre projeto que remunera pescadores por serviço ambiental


Postar um comentário

0 Comentários