Sabesp se prepara para o verão com ações e investimentos no Vale do Ribeira Sabesp se prepara para o verão com ações e investimentos no Vale do Ribeira - O Vale do Ribeira

Técnico Informatica

Técnico Informática Registro

Sabesp se prepara para o verão com ações e investimentos no Vale do Ribeira

Cananéia, Iguape e Ilha Comprida recebem reforço operacional


A Sabesp desenvolveu um Plano de Ações e estratégias para esta temporada de Verão 2021/2022 no Vale do Ribeira, principalmente no período das festividades Natalinas e Ano Novo (Réveillon) e para o feriado prolongado de Carnaval. A Companhia estima que, para esta temporada, são esperados meio milhão de pessoas. Todo esse contingente gera impacto direto no consumo de água, sendo 162% maior em comparação a outros períodos do ano, o que equivale a 15 milhões de litros de água a mais nos dias de maior consumo.

Para dar conta desse aumento desse período de temporada de verão, estão sendo investidos R$ 23 milhões em obras e melhorias no sistema de abastecimento e esgotamento sanitário, além da contratação de pessoal para atuar nas regiões litorâneas - que exigem maior demanda nessas datas.


“Os preparativos preventivos para os destinos turísticos do Vale do Ribeira, em especial os litorâneos (Cananéia, Iguape e Ilha Comprida), tiveram início no mês de agosto. Desde então, visando à credibilidade, bem como reforçar a importância e eficiência da empresa nos municípios operados, ações estruturantes, de tratamento, de captação e reforço das equipes operacionais estão sendo realizadas. Essas três cidades e todas as suas áreas de cobertura já operam com um sistema integrado e estruturado para atender a todos (população e visitantes) de maneira satisfatória e que garantam um abastecimento tranquilo em toda a nossa região”, declarou o superintendente regional Amarido Simoni.
De acordo com o gerente Pablo Alves, a Sabesp está se preparando para a Operação Verão com uma infinidade de outras medidas, conforme as necessidades específicas de cada município. “Todas as nossas Estações de Tratamento de Água (ETAs) são automatizadas e nosso Centro de Controle Operacional (CCO) opera 24 horas por dia para minimizar os impactos dessa demanda para não faltar água. Sem contar com a previsão de temperaturas cada vez mais elevadas que refletem em maior consumo de água; eventos na praia; e adversidades climáticas. Os desafios são enormes, o que exige um comprometimento ainda maior de todos os funcionários”, ressalta o gerente.

Investimentos

Iguape e Ilha Comprida contam com Reforço e ampliação de adutora e água tratada e utilização de todos os reservatórios, graças ao sistema integrado. Esse sistema apresenta índices menores de perdas. Em Cananéia, após o tratamento na ETA Itapitangui, a água é transportada por adutoras do Continente até a Ilha de Cananéia, com travessia subaquática no Mar de Dentro.

- Iguape

Estão sendo investidos: R$ 11.600.000,00

Em contratação: Novo reservatório para o sistema da Barra do Ribeira com capacidade de 1 mil m³ e uma ETA Compacta para ampliar a produção da ETA Iguape em mais de 100 litros por segundo. Com essa ampliação, a ETA Iguape terá capacidade de produção de 280 litros por segundo.

- Ilha Comprida

Estão sendo investidos: R$ 2.860.000,00

Em contratação: Rede de abastecimento para o Boqueirão Sul.

- Cananéia

Foram investidos: 9.210.000,00

Em contratação: Remanejamento das adutoras de água tratada da travessia subaquática do Mar de Dentro com extensão de 2x750 metros.

Ações para reforço no verão

- Plantão de equipe de mergulho para manutenções e inspeções nas travessias subaquáticas;

- Locação de 26 geradores de energia com potência entre 25 e 650 KVa, contratação de acréscimo de 320KW, para a captação e Estação de Tratamento de Água de Iguape de energia junto à concessionária responsável, para atender as demandas nos sistemas e aumentar a produção de água potável, minimizando os riscos de falta de água devido a possíveis instabilidades;

- Plantão Operacional contará com 44 profissionais, 24 horas por dia…

Sabesp se prepara para o verão com ações e investimentos no Vale do Ribeira


Postar um comentário

0 Comentários