Rafting é a nova atividade de aventura no Legado das Águas Rafting é a nova atividade de aventura no Legado das Águas - O Vale do Ribeira

Técnico Informatica

Técnico Informática Registro

Rafting é a nova atividade de aventura no Legado das Águas

Atividade será lançada durante I Workshop de Atividades Aquáticas da Reserva

Rafting é a nova atividade de aventura no Legado das Águas



O Legado das Águas, maior reserva privada de Mata Atlântica do país, inaugura, no dia 11 de dezembro, um novo atrativo para amantes de aventura: o rafting. A atividade amplia o portfólio de ecoturismo da Reserva, aliando adrenalina com contemplação da natureza no rio Juquiá, um dos mais limpos do Estado de São Paulo. O lançamento, que também contará com flutuação, surf e banho de rio, faz parte da programação do “I Workshop Atividades Aquáticas do Legado das Águas", que ocorrerá no mesmo dia, na sede da Reserva, localizada em Miracatu (SP), em parceria com a Canoar e a Fundação Florestal.

Com o rafting, o Legado das Águas proporciona uma experiência ainda mais completa em meio à Mata Atlântica conservada, já que em um só destino, o turista encontra diversos atrativos, alimentação e hospedagem. Dependendo da temporada, alta ou baixa, a antecedência de agendamento pode ser feita através da compra do ingresso pela loja do Legado, ou o visitante pode optar por um bate-volta, pois toda essa estrutura está a um pouco mais de duas horas da capital paulista.


O rafting


A atividade foi elaborada para proporcionar adrenalina com segurança, já que o roteiro inclui descer corredeiras com botes infláveis, passando por obstáculos naturais como ondas e quedas d’águas, sendo todo o percurso acompanhado por um instrutor de rafting.

Durante o rafting, que tem duração de 3 horas, é possível apreciar as águas limpas do rio Juquiá, observar um jardim de plantas subaquáticas na Corredeira das Algas e contemplar o visual deslumbrante da floresta preservada, com presença de pássaros e animais ribeirinhos da Mata Atlântica.

A estruturação da atividade contou com duas grandes parcerias: a Canoar, que é referência nacional em implantação de percursos e operações de rafting, e com a Fundação Florestal, por meio da gestão do Parque Estadual Jurupará, pois parte do percurso está inserido na área do parque. “É premissa do Legado das Águas aliar a melhor experiência com o maior respeito possível à floresta. Por isso, buscamos o conhecimento técnico e operacional da Canoar, somado à nossa experiência acumulada desde quando começamos a operar atividades de ecoturismo no Legado. Além disso, essa é a nossa segunda parceria com o Jurupará, o que reforça ainda mais as oportunidades que podemos desenvolver juntos”, explica William Mendes, gestor de Ecoturismo e Uso Público do Legado das Águas.

Para Esllen Moreira, gestora do Parque Estadual do Jurupará, a nova parceria é um exemplo de como áreas naturais podem gerar negócios. “O rafting demonstra como a parceria público/privada pode ter resultados interessantes, um exemplo de como Unidades de Conservação podem gerar renda com turismo de aventura. Atualmente, há uma demanda significativa desse tipo de atividades em áreas florestais, justamente pela experiência única proporcionada. Estamos felizes com essa nova parceria, a gestão integrada Legado das Águas e Fundação Florestal, garantirá que a atividade seja feita com segurança e respeito ao meio ambiente”, reforça.

Workshop


Além da inauguração do rafting, o I Workshop Atividades Aquáticas do Legado das Águas tem como intuito promover as atrações do segmento que já acontecem na Reserva e proporcionar uma roda de conversa com profissionais da Canoar e Fundação Florestal.

O workshop, com ingressos à venda em https://loja.multiclubes.com.br/legado/ingressos/112, acontece durante o dia todo e inclui a participação dos debates, café da tarde, e o rafting.

Informações sobre o acesso à Reserva e hospedagem estarão disponíveis no momento da aquisição do ingresso.

É importante ressaltar que todos os participantes deverão seguir o protocolo de segurança estabelecido pelo Legado das Águas em prevenção ao contágio pelo novo coronavírus.

Programação

– 10h: Encontro na base do Legado das Águas

– 10h30: Abertura do evento e boas-vindas

– 11h: Início das palestras (bicicletário)

– 12h: Almoço

– 13h: Saída para o rafting

– 13h40: Alongamento e briefing

– 14h10: 1ª descida do rafting no Rio Juquiá

– 14h40: Flutuação na correnteza das algas

– 15h10: Surf na Barra

– 15h45: Banho na represa

– 16h15: Café e encerramento



Sobre o Legado das Águas – Reserva Votorantim


O Legado das Águas é a maior reserva privada de Mata Atlântica do Brasil. Área de 31 mil hectares divididos entre os municípios de Juquiá, Miracatu e Tapiraí, no Vale do Ribeira, interior do estado de São Paulo, que alia a proteção da floresta e o desenvolvimento de pesquisas científicas a atividades da nova economia, como a produção de plantas nativas e o ecoturismo. Foi fundado em 2012 pelas empresas CBA – Companhia Brasileira de Alumínio, Nexa, Votorantim Cimentos e Votorantim Energia. É administrado pela Reservas Votorantim LTDA. e mantido pela Votorantim S.A, que também em 2012, firmou um protocolo com o Governo do Estado de São Paulo para viabilizar a criação da Reserva e garantir a sua proteção. Mais do que um escudo natural para o recurso hídrico, o Legado das Águas trata-se de um território raro e em estágio avançado de conservação, com a missão de estabelecer um novo modelo de área protegida privada, cujas atividades geram benefícios sociais, ambientais e econômicos de maneira sustentável. Saiba mais em https://www.legadodasaguas.com.br

Postar um comentário

0 Comentários