Dig de Registro-SP investiga o Caso do Falso Enfermeiro Dig de Registro-SP investiga o Caso do Falso Enfermeiro - O Vale do Ribeira

Técnico Informatica

Técnico Informática Registro

Dig de Registro-SP investiga o Caso do Falso Enfermeiro

A Delegacia de Investigações Gerais de Registro-SP, investiga o caso do falso enfermeiro ocorrido no municipio na região do Vale do Ribeira (SP).

Dig de Registro-SP investiga o Caso do Falso Enfermeiro




Abaixo segue a transcrição do Boletim de Ocorrencia: 


Noticiou-se no boletim de ocorrência n.º 396/2021 elaborado no 2º que o servidor público municipal M.A.G.S, de qualificação até então ignorada, estaria se passando por enfermeiro, sem possuir o registro junto ao Conselho Regional de Enfermagem- COREN e aplicando, habitualmente, vacinas contra o COVID-19 em diversos munícipes.

Dentre outras atribuições o referido servidor foi designado pela Prefeitura Municipal de Registro para prestar serviços na AMAR - Associação de Amigos dos Autistas, situada na Rua Prefeito José de Carvalho, n.º 290, Bairro Nosso Teto, Registro-SP, e naquele local, nos dias 20 de Agosto de 2021 e 15 de outubro de 2021 foi o responsável por aplicar as vacinas no adolescente M. V.S. M.P, e em diversas outras pessoas.

Os fatos se tornaram de conhecimento público através da publicação na rede social FACEBOOK, em uma página “FAKE” em nome de “M.C.R.R”, na qual foi exposta uma carteirinha de vacina em nome de M.V, com os dizeres “ENFERMEIRO QUE NUNCA FEZ ENFERMAGEM FALSIFICANDO COREN. VAMOS CHAMAR A POLÍCIA”.


Ademais, o caso ganhou repercussão ao ser publicado na imprensa, especialmente no site g1.com.br/santos.

A partir da publicação da matéria na imprensa e na rede social FACEBOOK, a senhora L.S.M.P, genitora de M.V, observou a carteira de vacinação de seu filho e constatou que havia dois números diferentes de registro no COREN atribuídos ao suposto enfermeiro.


Diante dos fatos foi imediatamente instaurado pela DIG de Registro-SP o Inquérito Policial para cabal apuração dos fatos e responsabilização de todos envolvidos.

Realizadas as atividades de Polícia Judiciária pertinentes, o setor de investigações desta Unidade Especializada apresentou minucioso relatório identificando o investigado como sendo M.A.G.S – e esclareceu que ele não possui registro junto ao Conselho Regional de Enfermagem, bem como foi o responsável por inserir anotação falsa com o registro profissional n.º 494593, pertencente as L.R.S na Carteira de Vacinação do adolescente M.V.S.M.P no dia 20/03/2021, bem como foi o responsável por lançar o carimbo com a numeração do registro profissional, pertencente à Auxiliar de Enfermagem M.H.C.R., na mesma carteira, no dia 15/10/2021, lançando, também, sua assinatura nas duas ocasiões.


Apurou-se ainda que o mesmo investigado foi o responsável por vacinar diversas outras pessoas no município de Registro-SP, muitas delas com necessidades especiais.

Diante dos fatos, o Delegado de Policia Marcelo Freitas, Titular da DIG de Registro representou a Justiça, objetivando a concessão de mandado de busca domiciliar para a residência do investigado, sendo o pedido deferido pela Justiça integralmente.

Nesta data, por volta das 10 horas, Policiais Civis da DIG deram cumprimento ao mandado de busca e apreenderam o aparelho de telefone celular do investigado, bem como três carimbos com dados falsos que ele utilizava na prática dos crimes.

Nesta mesma data o investigado interrogado e formalmente indiciado pela prática das infrações penais de falsidade ideológica, usurpação de função pública e exercício ilegal de profissão. Ele confessou que não é enfermeiro e que inventou um número aleatório de registro do COREN. Confessou ainda que fez carimbos com os dados falsificados.

A Delegacia de Investigações Gerais prossegue com as investigações objetivando apurar a eventual responsabilidade de outras pessoas com os crimes investigados, bem como outras possíveis irregularidades ocorridas durante o processo de vacinação.

Fonte: Dig de Registro-SP

Postar um comentário

0 Comentários