Neoenergia Elektro orienta como ter uma casa com o consumo de energia eficiente Neoenergia Elektro orienta como ter uma casa com o consumo de energia eficiente - O Vale do Ribeira

Técnico Informatica

Técnico Informática Registro

Neoenergia Elektro orienta como ter uma casa com o consumo de energia eficiente

Conscientização e mudanças de hábitos estão entre as principais recomendações



Neoenergia Elektro orienta como ter uma casa com o consumo de energia eficiente



Para reforçar o compromisso com a eficiência energética, pensar em uma casa com foco sustentável faz toda a diferença. Isso pode ser possível desde a construção, que privilegie a iluminação e a ventilação naturais, como alguns ajustes de hábitos diários, que podem ter impacto na fatura de energia. A Neoenergia Elektro, por meio dos seus programas de Eficiência Energética, regulados pela Aneel, incentiva esse compromisso com campanhas de conscientização, além de manuais e conteúdos sobre uso eficiente no aplicativo, disponível para Android e iOS, Publicações Neoenergia. De forma a compartilhar essas informações, a empresa organizou as principais orientações que podem ser adotadas pelos consumidores.


Na construção da casa


Existe uma série de iniciativas de eficiência energética e de conforto ambiental que podem ser adotadas no projeto de uma residência. O desempenho térmico das construções está relacionado à orientação, o sombreamento, a ventilação e, principalmente, à escolha dos materiais construtivos, por isso é importante atentar a essas questões. Construir as maiores fachadas para a orientação Norte-Sul é importante para reduzir a carga térmica, cômodos de elevada permanência como quartos e salas devem ficar na orientação Leste-Oeste, com banheiros sempre protegidos e sombreados. Levando em consideração a carta solar da região onde você mora, é possível acompanhar a trajetória do sol durante o ano em diferentes horários e privilegiar a iluminação natural, protegendo as fachadas com elementos de proteção.

Além da posição do sol, é importante verificar o regime dos ventos e das chuvas, as construções vizinhas e a vegetação do terreno. Uma dica importante é considerar o sombreamento produzidos pelos edifícios vizinhos e pela vegetação existente no exterior, de forma a garantir, no mínimo, uma hora de isolamento solar diário para cada uma das fachadas da edificação. Elementos naturais, como árvores, devem ser usados como barreiras naturais à excessiva incidência solar nas construções.

Outra recomendação é levar em conta as possibilidades de ventilação natural, utilizar a ventilação cruzada é essencial para o conforto térmico do ambiente. Assim, pode-se diminuir o uso do ar-condicionado. Em alguns casos, uma varanda sombreada contribui na manutenção da ventilação. Além disso, deixar as janelas abertas no período da noite, sempre que possível, faz com que a construção esteja mais fresca durante a manhã.

É importante também se atentar ao fato de que os vãos de ventilação, como janelas, devem proporcionar sombreamento para proteger o ambiente interior da radiação direta, mas sem impedir a passagem da ventilação. Uma dica é o uso de venezianas ou dispositivos similares. A renovação do ar no interior da residência deve ser preferencialmente feita por meio da ventilação cruzada, que é a circulação do ar por aberturas situadas em lados opostos de um ambiente. Janelas de abrir são melhores do que as de correr para ventilar melhor os ambientes.

Por fim, é preciso verificar os tipos de materiais construtivos, a espessura, coloração e transmitância térmica, principalmente no que diz respeito as coberturas e paredes externas. Diante disso, o recomendado é usar tintas especiais com pigmentos refletores na pintura do telhado e telhados verdes para amenizar a radiação solar. Nas paredes é indicado o uso dos blocos de 06 furos, cerâmicas e cores claras. No interior, o uso de cores claras contribui para otimizar a distribuição da luz e reduzir a quantidade de lâmpadas.

O aquecimento solar de água para o banho, consiste na instalação de coletores solares e reservatório térmico utilizando a luz do sol que incide nos telhados. O investimento pode ser recuperado com a economia na conta de luz.

Casa sustentável


Com a residência já construída e pronta para morar, existem diversas atitudes que podem contribuir para a eficiência energética, principalmente aquelas relacionadas à mudança de hábitos. Entre as orientações está o uso da luz natural nos cômodos sempre que possível, abrindo portas e janelas. Além disso, no momento de escolher as lâmpadas, o recomendado é dar preferência aos modelos mais econômicos. Nesse caso, as lâmpadas LED são capazes de proporcionar uma economia de até 78% se comparada com as halógenas, que substituíram as incandescentes, e 40% em relação às fluorescentes compactas.

Quando se trata dos eletrodomésticos e eletrônicos, além de optar pelos aparelhos mais eficientes na hora da compra, a atenção deve estar ao retirar da tomada aparelhos que não estejam em uso, pois cerca de 8% da conta de luz da casa vem de aparelhos em modo de espera.

Equipamentos como geladeira precisam de alguns cuidados, como evitar abri-la repetidas vezes e não colocar alimentos quentes dentro do refrigerador, além de não secar roupas e panos na parte de trás. É recomendado também otimizar o termostato da geladeira de acordo com a temperatura do ambiente e a quantidade de alimentos armazenados.

No caso da máquina de lavar, evite o uso das secadoras ou use programas curtos e ecológicos. Nas máquinas que lavam e secam com abertura frontal usando água quente, o consumo de energia pode triplicar em relação as que apenas lavam com água fria. Aliado a isso, algumas máquinas possuem a função de reaproveitamento de água. Dessa forma, é possível usar a água para outras atividades, como lavar áreas externas.

A hora do banho também merece atenção. Mudar a posição do chuveiro de ‘inverno’ para ‘verão’ pode representar uma economia de até 30% no consumo de energia. Outra dica é tomar banhos mais curtos. Um minuto a menos no chuveiro elétrico de 5.500 W faz diferença no final do mês. Se a casa tiver quatro pessoas, a economia mensal com esse minuto a menos no banho equivale ao uso de oito lâmpadas LED de 9W durante cinco horas diárias por 30 dias.

No check-list a seguir, veja outras formas de ser sustentável em casa: ​


Sobre a Neoenergia Elektro



Reconhecida por 10 vezes como a melhor distribuidora de energia elétrica do Brasil, a Neoenergia Elektro tem atuação em 228 municípios, sendo 223 no Estado de São Paulo e cinco no Mato Grosso do Sul. Em uma área de concessão de 121 mil quilômetros quadrados, a concessionária atende 2,7 milhões de clientes (6 milhões de habitantes)

Postar um comentário

0 Comentários