Policia Ambiental apreende arma de fogo, munições e pássaros silvestres em Barra do Turvo Policia Ambiental apreende arma de fogo, munições e pássaros silvestres em Barra do Turvo - O Vale do Ribeira

Técnico Informatica

Técnico Informática Registro

Policia Ambiental apreende arma de fogo, munições e pássaros silvestres em Barra do Turvo

Nesta sexta-feira (24/09), durante patrulhamento ambiental e em aendimento a denúncia feita diretamente a equipe, que dois individuos estariam realizando a prática de caça de animais silvestres nativos com utilização de cachorros e armas de fogo.

Policia Ambiental apreende arma de fogo, munições e pássaros silvestres em Barra do Turvo



A equipe da Policia Ambiental deslocou- se ao local dos fatos, onde o Sr. que residia no local após tomar conhecimento do teor da denúncia, informou a equipe possuir uma espingarda do tipo cartucheira calibre 32, porém não possuía cartuchos e não realizava a prática de caça com a referida espingarda , em seguida se dirigindo ao interior da residência e trazendo até a equipe o seguinte armamento :

01 (uma) Espingarda cartucheira calibre 32, marca Amadeo Rossi, número: S708615.

Em ato sequente dando continuidade na vistoria foi localizado na parede, parte externa da residência (varanda) 02 (duas) gaiolas contendo em seu interior os seguintes pássaros:

01 (um) Cúrio (Sporophila Angolensis) sem anilha de identificação;

01 (um) Cúrio (Sporophila Angolensis) sem anilha de identificação.

Ambos acomodados em gaiolas individuais limpas com água e comida adequadas, sem sinais de maus tratos.

Indagado novamente se possuía mais algum ilícito no interior do imóvel, alegou não possuir, autorizando e acompanhando a vistoria no interior de sua residência, não sendo constatado mais nenhum ilícito por parte desta equipe no interior do imóvel.

Ainda em vistoria na propriedade a equipe logrou êxito em localizar em barraco de madeira utilizado como galinheiro aos fundos da residência acomodados no interior de um cano (PVC) uma sacola plástica contendo os seguintes objetos:

04 (quatro) cartuchos calibre 32;

01 (um) frasco contendo pólvora;

01 (um) frasco contendo espoletas;

01 (um) pio de madeira utilizado para chama de animais silvestres nativos;

Cabe ressaltar que o mesmo foi conduzido juntamente com o armamento, munições e pássaros até a Delegacia de Policia Civil da Barra do Turvo/SP, onde a autoridade de plantão Dr Paulo Carvalho Gregório tomou conhecimento dos fatos e determinou a lavratura do auto de exibição e apreensão ratificando o flagrante, com base no Artigo 12 da Lei 10.826/2003 por posse ilegal de arma de fogo de uso permitido e Artigo 29 da Lei Federal 9.605/98 por ter em cativeiro pássaro da fauna silvestre sem autorização do órgão ambiental competente.

Ao Sr. infrator, foi imposta pela autoridade de plantão a fiança no valor de R$ 1.100,00 (mil e cem) reais, a qual foi apresentada durante o presente plantão pelo indiciado, que responderá o processo em liberdade.

Na esfera administrativa foi lavrado ainda o seguinte auto de de infração ambiental, no valor R$ 2.000,00 ( dois mil reais) com base no Artigo 25 parágrafo 3° inciso III, da Resolução SIMA 005/21, por ter em cativeiro espécie da fauna nativa silvestre sem autorização da autoridade competente, com o valor da multa aplicado em dobro com base no Artigo 70 da Resolução SIMA 005/21, por ter sido cometida no interior de Unidade de Conservação de uso sustentável (APA Planalto do Turvo).

Postar um comentário

0 Comentários