Municípios do Vale do Futuro podem aderir ao Programa Cidade Acessível para investimentos em acessibilidade Municípios do Vale do Futuro podem aderir ao Programa Cidade Acessível para investimentos em acessibilidade - O Vale do Ribeira

Técnico Informatica

Técnico Informática Registro

Municípios do Vale do Futuro podem aderir ao Programa Cidade Acessível para investimentos em acessibilidade

Programa Cidade Acessível contempla municípios do Vale do Futuro com investimentos em equipamentos e obras de acessibilidade visando à qualidade de vida das pessoas com deficiência

Municípios do Vale do Futuro podem aderir ao Programa Cidade Acessível para investimentos em acessibilidade



O programa Cidade Acessível, do Governo de São Paulo, é mais uma ação que integra o Programa Vale do Futuro, ampliando a acessibilidade no Vale do Ribeira. Os municípios interessados poderão aderir ao programa para a aquisição de equipamentos e obras voltadas à melhoria da qualidade de vida das pessoas com deficiência, por meio de parcerias que envolvem investimentos em diversas áreas, como esporte, lazer, infraestrutura, acessibilidade e educação.

O evento de lançamento, no Palácio dos Bandeirantes, aconteceu no Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência (21/9), durante uma ação em homenagem aos atletas e treinadores paralímpicos dos Jogos de Tóquio.

O programa será desenvolvido por meio de parceria entre as secretarias de Direitos da Pessoa com Deficiência e de Desenvolvimento Regional. “Neste momento estamos construindo um Estado mais acessível, mais justo e mais igualitário. Neste Governo priorizamos a vida e as pessoas acima de tudo”, explicou o Secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi.

Para o coordenador-geral do Programa Vale do Futuro, Marco Aurélio Gomes, fazer parte desta ação poderá trazer avanços em acessibilidade no Vale do Ribeira. “É fundamental que os municípios do Vale do Ribeira se inscrevam no Programa, pois é o meio para que possam realizar convênios com a Secretaria de Desenvolvimento Regional para a aquisição de equipamentos e obras importantes, como serviços de acessibilidade e adequação de calçadas. É um passo fundamental para levarmos a acessibilidade e igualdade para todos os municípios do Vale”, explicou.

Os municípios paulistas devem receber investimentos de R$ 110 milhões para obras de inclusão e acessibilidade. Para as escolas da rede estadual o programa prevê a entrega de kits de tecnologia assistiva para alunos com deficiência visual da rede regular de ensino e kits de acessibilidade para 104 salas de recursos, um investimento de mais de R$10,2 milhões.

Os recursos também serão aplicados em novos projetos de academias adaptadas e na aquisição de equipamentos como cadeiras anfíbias para acesso de pessoas com deficiência ao mar e cadeiras de trilha adaptadas.

Os municípios podem realizar a adesão ao programa por meio de um QRCode que pode ser acessado no link: https://www.pessoacomdeficiencia.sp.gov.br/wp-content/uploads/2021/09/QRCODE_forms.pdf

Postar um comentário

0 Comentários