Vem aí - O primeiro Festival Gastronômico de Juquiá Vem aí - O primeiro Festival Gastronômico de Juquiá - O Vale do Ribeira

Técnico Informatica

Técnico Informática Registro

Vem aí - O primeiro Festival Gastronômico de Juquiá

No dia 09 de agosto, a Secretaria de Turismo, Esporte e Cultura de Juquiá – SETUR, em parceria com o Sebrae-SP, realizou um encontro de empresários e produtores rurais do município.

Vem aí -  O primeiro Festival Gastronômico de Juquiá



Além da vice-prefeita Maria Inês, do Secretário da SETUR, Alan Correa, do Chefe de gabinete, Ercias Muniz, do secretário de Assistência e Desenvolvimento Social, João Arruda Junior, representantes de entidades representativas como Aciaju, Coopafarga, Apivale e Sebrae-SP, estiveram presentes no encontro.

O intuito foi promover a aproximação dos comerciantes locais, diretamente com os produtores rurais. Na oportunidade os produtores rurais, puderam expor seus produtos e contar sobre algumas receitas que farão parte do Festival Gastronômico.

Durante o encontro o secretário Alan Correa, reforçou o convite para o primeiro Festival Gastronômico de Juquiá, que acontece entre os dias 04 e 20 do mês de setembro, onde empresários irão comercializar pratos elaborados com produtos típicos, produzidos no município, incentivando e promovendo a cultura da gastronomia local.

Segundo a analista do Sebrae-SP, Regiane Rabelo, o encontro trouxe novas alternativas para o empreendedor, para que ele possa desenvolver ainda melhor o seu negócio.

Em seu discurso o consultor do Sebrae-SP, Ricardo Oliveira, ressaltou que o SEBRAE-SP apoia e está à disposição de todos os empreendedores de Juquiá.

O vice-presidente da Facesp e também presidente da Associação Comercial de Juquiá, Júpter Furquim, esteve presente e destacou que o consumo de produtos locais ajuda a aquecer a economia da cidade. – “Ao comprar do produtor rural, criamos uma conexão entre quem come e quem planta uma somatória onde todos ganham, sem dúvidas, um cenário propício ao impulsionamento econômico, criando caminhos para o desenvolvimento e geração de renda, o que se torna mais importante principalmente em época de pandemia”, ressaltou Júpter Furquim.

Postar um comentário

0 Comentários