Municípios do Vale do Ribeira operados pela Sabesp evoluem rumo à universalização, segundo o Ranking do Saneamento da ABES Municípios do Vale do Ribeira operados pela Sabesp evoluem rumo à universalização, segundo o Ranking do Saneamento da ABES - O Vale do Ribeira

Técnico Informatica

Técnico Informática Registro

Municípios do Vale do Ribeira operados pela Sabesp evoluem rumo à universalização, segundo o Ranking do Saneamento da ABES

A quinta edição do Ranking da Universalização do Saneamento da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental Brasileira – ABES, divulgado em 16/06, analisou indicadores de abastecimento de água, coleta e tratamento de esgoto, e coleta e destinação de resíduos sólidos de 1.670 municípios de grande, médio e pequeno porte, dos 27 estados brasileiros, classificados em quatro categorias: “Rumo à Universalização”, “Compromisso com a Universalização”; “Empenho para a Universalização” e “Primeiros Passos para a Universalização”.

Municípios do Vale do Ribeira operados pela Sabesp evoluem rumo à universalização, segundo o Ranking do Saneamento da ABES



Na categoria “Empenho para a Universalização” – até 100 mil habitantes – aparecem os municípios de Jacupiranga, Sete Barras, Apiaí, Iguape, Ilha Comprida, Tapiraí, Registro, Juquiá, Miracatu, Iporanga, Itaóca, São Lourenço da Serra, Cajati, Barra do Turvo, Pariquera-Açu, Eldorado e Itariri, nessa ordem.

“O resultado do trabalho da Companhia na região, representado nesses indicadores, demonstra o esforço e a excelência de toda uma equipe que se empenha para garantir serviço e água de qualidade e de um sistema de saneamento eficiente que é essencial para a saúde pública e para a preservação do meio ambiente. Além dos investimentos em obras de implantação, ampliação e de melhorias. Esse é o Vale do Futuro!” celebrou o engenheiro e gerente de Departamento de Gestão e Desenvolvimento Operacional da RR, Dionísio Sant'Ana Pereira.
Divulgado anualmente, o Ranking Abes apresenta o percentual da população das cidades brasileiras com acesso aos serviços analisados. Considerando a pontuação em cada item, o estudo identifica o quão próximo cada município está da universalização do saneamento. Para todas as bases foi considerado 2019 como ano de referência, período dos dados mais recentes do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS).

Confira o ranking completo no link: http://abes-dn.org.br/?page_id=41939

Postar um comentário

0 Comentários