Com avanço da vacinação, SP registra queda de 46 por cento nos óbitos por COVID-19 entre internados Com avanço da vacinação, SP registra queda de 46 por cento nos óbitos por COVID-19 entre internados - O Vale do Ribeira

Técnico Informatica

Técnico Informática Registro

Com avanço da vacinação, SP registra queda de 46 por cento nos óbitos por COVID-19 entre internados

Hospitalização também caiu 44%; reduções são consequência de elevadas coberturas vacinais e de reforço nos protocolos de prevenção

Com avanço da vacinação, SP registra queda de 46 por cento nos óbitos por COVID-19 entre internados



O Governador João Doria anunciou nesta quarta-feira (14) que a letalidade dos pacientes hospitalizados pela COVID-19 caiu 46% no Estado de São Paulo em junho, em comparação com o mês de março, auge da segunda onda da pandemia no território. O dado é similar à redução de internações, que foi de 44% no mesmo período.

“A queda acentuada da letalidade do coronavírus em São Paulo é resultado dos altos índices de cobertura vacinal. A melhor forma de preservar vidas é com a vacina, e foi o que aconteceu, principalmente entre os idosos acima dos 70 anos, que já tomaram a primeira e a segunda dose da vacina. A maioria dos vacinados, 80%, com duas doses tomou a vacina do Butantan”, afirmou Doria.
Junho registrou a taxa de letalidade mais baixa do ano entre os hospitalizados: 19%, com 7.004 pacientes que faleceram mesmo recebendo assistência devido à gravidade clínica. Este número é três vezes menor que o registrado em março, quando a taxa foi a mais alta do semestre - de 35%, equivalente a 23.427 mortes entre os internados.

Os declínios nestas estatísticas são resultado do reforço dos protocolos sanitários por meio da Fase Emergencial do Plano São Paulo que passou a vigorar também em março, aliado aos altos índices de cobertura vacinal alcançada pelo PEI (Plano Estadual de Imunização) contra COVID-19, principalmente entre os idosos acima dos 70 anos que já possuem esquema vacinal completo, ou seja, receberam a primeira e a segunda dose das vacinas.

Todas essas faixas etárias atingiram coberturas vacinais acima da meta de 90% estipulada na campanha. A faixa etária acima de 90 anos teve cobertura de 95%, e neste grupo a letalidade entre internados caiu 24%. Entre os grupos 100% imunizados, as quedas foram ainda maiores: de 26% entre 80 e 89 anos, e de 34% na faixa de 70 a 79 anos.

O estado já ultrapassou a marca de 62% de adultos vacinados com a primeira dose e de 20% com esquema vacinal completo. Mais de 29,5 milhões de doses já foram aplicadas nos 645 municípios.

Os dados completos da campanha estão disponíveis em: https://vacinaja.sp.gov.br/.

O resumo com as medidas anunciadas pelo Governo de São Paulo está disponível na página

Postar um comentário

0 Comentários