Registro-SP recebe 1 Festival Gastronômico Digital de 24 a 30 de maio Registro-SP recebe 1 Festival Gastronômico Digital de 24 a 30 de maio - O Vale do Ribeira

Técnico Informatica

Técnico Informática Registro

Registro-SP recebe 1 Festival Gastronômico Digital de 24 a 30 de maio

 “AIQ Dá Gosto Ser Do Ribeira” reúne os principais restaurantes de Registro-SP que vão oferecer pratos com elementos típicos da culinária do Vale do Ribeira

Registro-SP recebe 1 Festival Gastronômico Digital de 24 a 30 de maio

Entre os dias 24 e 30 de maio, quem acessar o App Aiqfome para pedir uma refeição vai se deparar com os principais restaurantes de Registro oferecendo muito mais do que o cardápio do dia a dia. As pessoas vão encontrar pratos especialmente preparados com elementos da culinária tradicional do Vale do Ribeira. A ação faz parte do 1º Festival Gastronômico Digital – Aiq Dá Gosto Ser do Ribeira, iniciativa realizada pelo Sebrae-SP em parceria com o App Aiqfome e a Prefeitura de Registro.

 

Entre as opções que estarão disponíveis em destaque no aplicativo estão alguns lanches, pratos especiais e sobremesas que vão se valer de ingredientes típicos da região, tais como a banana, o palmito pupunha e os derivados do leite de búfala. A lista completa dos restaurantes participantes estará disponível no próprio aplicativo Aiqfome durante a semana do evento.

 

Todos os restaurantes selecionados para o Festival passaram por um programa setorial de capacitação e consultorias em gestão com o Sebrae-SP com foco na redução de custos e aumento de faturamento. Além disso, participaram também do processo de convite interno feito pelo App Aiqfome e contaram com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura, Turismo e Economia Criativa.

 

O 1º Festival Gastronômico Digital – Aiq Dá Gosto Ser do Ribeira faz parte de uma das ações previstas no plano de economia criativa “Dá Gosto Ser do Ribeira” intitulada “Sabores do Ribeira” desenvolvido pelo Sebrae-SP e a Garimpo de Soluções para a promoção da marca-território, dos destinos turísticos e dos produtos locais.

Postar um comentário

0 Comentários