Técnico Informatica

Técnico Informática Registro

Cineasta Artur Canuto, ex-Ilha Jovem, é o convidado de hoje 06/05 no bate papo Jovens de Sucesso


Ilha Comprida- O projeto Jovens de Sucesso – encontros semanais com jovens que se destacam em suas áreas – promove na hoje  06/05, às 18h, em seu canal no Instagram https://www.instagram.com/ilhajovem,  bate papo on line com Artur Canuto, ex- integrante do Ilha Jovem. Nascido e criado no Vale da Ribeira,  Artur foi participante ativo do Conselho da Juventude de Ilha comprida, assim como do Projeto Ilha Jovem onde, junto a Daniel Hector,  deu início ao PLUGANDO. Idealizou também -  junto a outros artistas -  o logo que ainda hoje é utilizado no Projeto ilha jovem.

Cineasta Artur Canuto, ex-Ilha Jovem, é o convidado de hoje 06/05 no bate papo Jovens de Sucesso

Em 2015, mudou para SP, onde cursou Cinema e audiovisual(FMU). Formado em 2018, atua no mercado de produção audiovisual ativamente em SP, RJ e MG como Técnico em Stream, Operador de GCs e assets, editor de vídeo entre outras funções e operações. Trabalhou também  diretamente em diversas LIVES de artistas como Dilsinho, Chitãozinho e Xororó, Zezé de Camargo e Luciano, Preta Gil, Edson e Hudson, Fernando e Sorocaba, Lucas Lucco , e outros. Atualmente, presta serviço fixo para a Produtora Finger Vídeo, com a  função principal de coordenador Broadcast nas transmissões de E-sports da empresa de games UBISOFT.

O bate papo será mediado pelo coordenador do Ilha Jovem, Fábio de Paula.  O artista plástico Fernando Caixeta, professor do Ilha Jovem e curador do projeto, explica que o objetivo do Jovens de Sucesso é “criar uma rede de aprendizado para que possam, por meio do compartilhamento de experiências vividas, trocar e inspirar outros jovens”.

A Organização das Nações Unidas (ONU)– Juventude reconhece o valor dos jovens na construção de sociedades sustentáveis, inclusivas e mais justas para todos, assim como o papel dos jovens na luta contra os desafios do nosso século como as alterações climáticas, o desemprego, a pobreza, a desigualdade de gênero, os conflitos e o extremismo.

Postar um comentário

0 Comentários