Técnico Informatica

Técnico Informática Registro

Iguape estrutura seu Arquivo Histórico



Criado pela Lei Municipal nº 2.394, de 16 de dezembro de 2020, sancionada pelo prefeito Wilson Almeida Lima, o Arquivo Histórico Municipal “Major Ernesto Guilherme Young” está sendo estruturado para ser disponibilizado aos interessados, assim que for possível devido ao momento crítico que o País vem passando.

Iguape estrutura seu Arquivo Histórico

O Arquivo Histórico recebeu o nome do historiador anglo-brasileiro Ernesto Guilherme Young (1850-1914), que, nascido em Londres, Inglaterra, veio ao Brasil ainda jovem e decidiu se instalar em Iguape, onde atuou como engenheiro e também como pesquisador da história, fauna e flora do Vale do Ribeira, escrevendo inúmeros trabalhos a respeito. Foi vereador, intendente de Iguape (sem receber salário) e sócio do prestigioso Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo.



Iguape estrutura seu Arquivo Histórico



Com sua sede junto à Biblioteca Municipal, na rua Major Moutinho, 200, esquina com a avenida Eduardo Ébano Pereira, Beira do Valo, o Arquivo Histórico está por constituir seu Conselho Diretor bipartite (sociedade civil e Poder Público) e definir seu regimento interno, a par de reunir, recuperar e catalogar – o que vem fazendo, contando com servidores e voluntários – toda sorte de importantes documentos relativos à história de Iguape e Vale do Ribeira, até então dispersos e precariamente armazenados em diferentes prédios públicos.


Iguape estrutura seu Arquivo Histórico



O Arquivo Histórico não reúne somente processos de Iguape (inventários, testamentos, inquéritos policiais, jornais etc), mas de toda a região. Seu rico acervo possui processos, a partir do século XVIII, de Iguape, Eldorado (antiga Xiririca), Cananeia, Jacupiranga (antiga Botujuru), Miracatu (antiga Prainha), Juquiá, Pedro de Toledo (antiga Alecrim), Itariri, Registro, e ainda do Núcleo Colonial de Pariquera-Açu.

Iguape estrutura seu Arquivo Histórico

Uma vez estruturado, a missão do Arquivo Histórico de Iguape será, além de salvaguardar, garantir acesso irrestrito às informações reunidas, sendo aberto à visitação pública assim que as condições sanitárias permitirem.

Postar um comentário

0 Comentários