HRLB/CONSAÚDE implanta Boletim Eletrônico e agiliza troca de informações médicas com familiares de pacientes HRLB/CONSAÚDE implanta Boletim Eletrônico e agiliza troca de informações médicas com familiares de pacientes - O Vale do Ribeira

Técnico Informatica

Técnico Informática Registro

HRLB/CONSAÚDE implanta Boletim Eletrônico e agiliza troca de informações médicas com familiares de pacientes


O Hospital Regional Dr. Leopoldo Bevilacqua (HRLB/CONSAÚDE) de Pariquera-Açu, implantou um Boletim Médico Eletrônico para informar o estado de saúde de pacientes de Covid-19. A ideia é facilitar o acesso de familiares às informações e garantir a segurança de todos com relação à possibilidade de contaminação dentro do ambiente hospitalar.

HRLB/CONSAÚDE implanta Boletim Eletrônico e agiliza troca de informações médicas com familiares de pacientes



A implantação do Boletim foi uma iniciativa da equipe técnica do HRLB/CONSAÚDE e teve início na última quinta-feira, 15, sendo uma necessidade diante da alta demanda de atendimentos de casos de Covid-19 neste período. Ao longo do último ano, o contato entre médicos e familiares era feito por telefone.

Por meio do Formulário Google, os médicos respondem a questões sobre o estado de saúde dos pacientes e relatam objetivamente a situação atual de cada um, informando às famílias sobre o quadro de seus entes queridos.

O Boletim foi elaborado considerando a atual situação da pandemia do novo Coronavírus (COVID-19) e a proibição de visitas. Como isso pode gerar ansiedade entre os familiares dos parentes internados, o CONSAÚDE procurou meios de mantê-los informados de forma prática e rápida.


Como funciona



Os médicos vão inserir as informações correspondentes ao quadro clínico de cada paciente internado. Os boletins médicos diários serão enviados para o Whatsapp ou e-mail de familiares. Questões como leito de internação (enfermaria ou UTI), melhora clínica, se utiliza suporte respiratório, exames laboratoriais e até mesmo perspectiva de melhora clínica do paciente são respondidas pelo médico responsável.

Para o diretor-superintendente do CONSAÚDE José Antonio Antosczezem, além das restrições a visitas determinadas por parte das autoridades de saúde, a crise causada pela Covid-19 traz riscos a todos que têm contato ou estão próximos a pacientes internados. “O Boletim Médico Eletrônico preserva a segurança do familiar e do paciente, evitando o deslocamento de pessoas em tempo de quarentena, possibilitando acesso rápido e diário às informações sobre a saúde de cada paciente. Parabenizo a toda a equipe técnica pela inciativa, que garante aos nossos pacientes e seus familiares uma assistência de qualidade e cada vez mais humanizada”, finalizou.

Postar um comentário

0 Comentários