Técnico Informatica

Técnico Informática Registro

FUNDAÇÃO FLORESTAL VAI COMPRAR 28 TONELADAS DE SEMENTES DE PALMEIRA-JUÇARA PARA CULTIVO NA MATA ATLÂNTICA


Ação mira pequenos produtores do Vale do Ribeira. Objetivo é a preservação da espécie em São Paulo em mais uma ação ambiental ligada ao programa Vale do Futuro.

FUNDAÇÃO FLORESTAL VAI COMPRAR 28 TONELADAS DE SEMENTES DE PALMEIRA-JUÇARA PARA CULTIVO NA MATA ATLÂNTICA



A Fundação Florestal abre credenciamento para interessados na venda de sementes da palmeira-juçara à instituição. Serão adquiridas 28 toneladas do produto que, posteriormente, será lançado em uma área extensa da Mata Atlântica para crescimento e restabelecimento da espécie, que corre risco de extinção no Estado.

As sementes serão adquiridas de pequenos fornecedores localizados na região do Vale do Ribeira e no entorno da Serra do Mar. Podem se cadastrar associações, cooperativas ou pessoas físicas com origem em grupos de agricultores familiares assentados, quilombolas e demais comunidades tradicionais. O valor a ser pago será de R$ 7,52 por quilo de sementes.

“A compra da semente da palmeira-juçara diretamente das comunidades tradicionais é pioneira no Estado de SP. A ação promove um repovoamento muito importante para as florestas, considerando que a juçara está ameaçada de extinção e serve de alimento para mais de 68 espécies. Ainda valoriza seu ciclo ao dar valor comercial à palmeira em pé, cadeia de consumo que depende dela desta forma” explicou o Secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Penido.

A ação faz parte do Programa Palmeira-Juçara nas Unidades de Conservação do Estado de São Paulo que, além da questão ambiental, oferece alternativa de trabalho sustentável às comunidades tradicionais de São Paulo. E integra ainda o programa Vale do Futuro – coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Regional – que visa fomentar o desenvolvimento da região do Vale do Ribeira.

“Essa é mais uma ação impactante para a população do Ribeira, principalmente para os vendedores de sementes de palmeira-juçara. Isso mostra o empenho do Governo de SP com o Meio Ambiente”, apontou o Secretário de Desenvolvimento Regional.

Para participar, os interessados em vender as sementes devem se cadastrar no site da Fundação Florestal até 28 de abril.

Como participar

O processo de participação passa por algumas etapas. As pessoas físicas ou entidades interessadas devem se cadastrar por meio da entrega da documentação completa no site da Fundação Florestal.

Os documentos devem ser enviados ao e-mail ioliveira@sp.gov.br (ou aos e-mails que contam do Edital) ou entregues na entidade credenciadora, situada à Av. Prof. Frederico Hermann Júnior, 345, Prédio 12, 4º andar, Alto de Pinheiros, São Paulo, SP, em envelope endereçado à Comissão de Avaliação.

Nos dias 15 e 20 de abril, a partir das 9h, haverá reuniões para esclarecimento sobre a venda das sementes. Para participação, é necessário envio de mensagem para ioliveira@sp.gov.br. No dia do encontro, o link de acesso será enviado aos inscritos por e-mail.

Para acessar o texto integral do edital, os interessados devem acessar: https://www.infraestruturameioambiente.sp.gov.br/fundacaoflorestal/category/edital-licitacao/.

O Programa Juçara


O Programa Juçara é uma iniciativa da Fundação Florestal em parceira com a Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente, Secretaria de Desenvolvimento Regional, Secretaria de Desenvolvimento Econômico (por meio do Programa Vale do Futuro), Instituto Florestal, Instituto Botânico, Ibama, universidades, prefeituras, entidades da sociedade civil, pequenos agricultores e comunidades tradicionais. Trata-se de política pública construída de forma colaborativa e participativa. Além da questão ambiental, o programa procura apoiar as comunidades tradicionais por meio do estímulo à criação de meios de produção que lhes permitam uma existência digna e a preservação de seus modos de vida.

Para saber mais, visite a página do Programa Juçara no site da Fundação Florestal: https://www.infraestruturameioambiente.sp.gov.br/fundacaoflorestal/programas-e-campanhas/programa-jucara/.

VALE DO FUTURO


Para transformar uma das regiões mais ricas em biodiversidade do Estado em modelo de desenvolvimento regional baseado na exploração sustentável da riqueza socioambiental da Mata Atlântica, o Governo de São Paulo propõe parcerias com prefeituras, comunidades quilombolas locais e organizações da sociedade civil, para implementar projetos de desenvolvimento sustentável, geração de renda, conservação e melhoria da qualidade de vida da população do Vale do Ribeira.

Os 22 municípios da região mais vulnerável do Estado vão se tornar um novo polo de desenvolvimento econômico e social. Um programa completo e de governança integrada. Acesse o site oficial do programa: https://www.valedofuturo.sp.gov.br/

A Palmeira-Juçara


A Palmeira-Juçara é uma planta nativa da Mata Atlântica brasileira. Seu fruto tem alto valor nutricional e faz parte da cadeia alimentar para mais de 68 espécies da fauna silvestre.

Aves como tucanos, jacutingas, jacus, sabiás e arapongas são os principais responsáveis pela dispersão das sementes, e mamíferos como cotias, antas, catetos e esquilos se beneficiam das suas sementes e frutos.

Em decorrência da exploração descontrolada para a retirada do palmito, a palmeira tornou-se restrita a poucas Unidades de Conservação e áreas protegidas particulares e atualmente corre sério perigo de extinção.

Postar um comentário

0 Comentários