Técnico Informatica

Técnico Informática Registro

HRR participa de programa do InCor que auxilia tratamento da Covid-19


Programa utiliza a telemedicina para capacitação e treinamento dos profissionais da UTI no manejo dos pacientes com Covid-19

HRR participa de programa do InCor que auxilia tratamento da Covid-19

Desde 21 de janeiro, a equipe que atua na UTI Covid do Hospital Regional de Registro (HRR) conta com um importante aliado no atendimento aos pacientes: o programa de TeleUTI realizado pela Divisão de Pneumologia e UTI Respiratória do InCor - Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da FMUSP (Faculdade de Medicina da USP).

O projeto de TeleUTI utiliza a telemedicina para a capacitação e treinamento no manejo do paciente a partir de um protocolo de procedimentos que foi validado pelas principais universidades estaduais e federais (USP, Unicamp, UNESP e Unifesp) e pela Secretaria estadual de Saúde. O programa funciona a partir de um posto de telemedicina instalado dentro do InCor, com uma equipe de especialistas intensivistas, interligado à rede estadual de hospitais, apoiando as equipes médicas das UTIs de 20 unidades hospitalares.

Diariamente, a equipe multidisciplinar de plantão na UTI Covid do HRR participa de um encontro virtual com especialistas do InCor, onde acompanham a evolução e discutem as melhores estratégias de tratamento para cada paciente. “Participar desse projeto de telemedina tem sido muito importante, não só para a qualificação das nossas equipes, onde além das trocas de experiências, recebem as últimas atualizações com estudos sobre o manejo e tratamento da Covid, mas também para proporcionar melhores alternativas de atendimento aos pacientes graves com Covid-19, uma doença que tem desafiado a ciência”, destaca a coordenadora da UTI Adulto do HRR, enfermeira Jéssica Alípio.

Durante as discussões, as informações clínicas dos pacientes são armazenadas no REDCap, um aplicativo seguro para criar e gerenciar pesquisas clínicas e bancos de dados on-line, que também permite a integração das informações dos pacientes dos hospitais e facilita a padronização das informações clínicas necessárias para a avaliação e seguimento de cada paciente atendido pela teleUTI.
O diretor técnico interino do HRR, Dr. Arnaldo D’Amore Zardo, ressalta a importância da parceria com o InCor. “Esse tipo de cooperação amplia o leque de estratégias de tratamento, proporcionando sempre o melhor e mais atual atendimento ao paciente”.


PROTOCOLOS

A equipe da Divisão de Pneumologia do InCor é referência no tratamento da síndrome respiratória aguda. Segundo o diretor da unidade, prof. Dr. Carlos Carvalho, “ao longo dos meses de fevereiro e março do ano passado, o InCor em conjunto com o Núcleo de Inovação (Inova InCor) e a Secretaria de Saúde desenvolveram protocolos de atendimento que vão desde a lavagem correta das mãos e higienização, até a aplicação de protocolo para a correta execução de ventilação mecânica, amplamente discutido com colegas médicos de diferentes universidade e instituições, e até em países como Itália e China”.

Carvalho, que também coordena o Centro de Contingência do Coronavírus em São Paulo, explica que “a partir do alinhamento dos procedimentos e a uniformização do protocolo foi possível obter resultados significativos no tratamento da doença. “Ao mesmo tempo, valorizamos os profissionais de saúde que estão mais bem capacitados e podem garantir maior qualidade de atendimento, principalmente nos casos de complicações respiratórias e cardiológicas decorrentes da Covid-19”.


Por Mônica Bockor

Postar um comentário

0 Comentários