Técnico Informatica

Técnico Informática Registro

Governo de São Paulo amplia vacinação incluindo idosos de 69 anos no calendário de março


Além de antecipar a vacinação dos idosos de 70 e 71 anos para o dia 27 de março, calendário inclui as pessoas com 69 anos de idade, totalizando 910 mil pessoas com vacinação garantida ainda em março


Governo de São Paulo amplia vacinação incluindo idosos de 69 anos no calendário de março



O Vice-Governador Rodrigo Garcia anunciou nesta sexta-feira (19) a antecipação e a ampliação da vacinação contra COVID-19: agora, idosos de 69 anos entram também no calendário de março, junto ao público de 70 e 71 anos, e com início em 27 de março, dois dias antes da previsão inicial.


“Inicialmente a previsão era de vacinar somente idosos acima de 70 anos e só a partir do dia 29. Então, antecipamos a data e também conseguimos incluir os idosos de 69 anos, ampliando a vacinação em São Paulo para quase um milhão de pessoas”, disse Garcia.

Recomenda-se que as 910 mil pessoas desse grupo etário, ou seus familiares e parentes, realizem o pré-cadastro no site “Vacina Já” (vacinaja.sp.gov.br), que economiza 90% no tempo de atendimento para imunização: leva cerca de 1 a 3 minutos para quem preencheu o formulário e, presencialmente, a coleta de informações leva cerca de 10 minutos.


Este é o segundo adiantamento do cronograma realizado pelo Plano Estadual de Imunização (PEI) de São Paulo no mês. O primeiro resultou no início, nesta sexta-feira (19), da imunização do público na faixa de 72 a 74 anos, que reúne 730 mil idosos. Com isto, já são mais de 5,1 milhões de pessoas de SP com cronograma de vacinação definido e em andamento, considerando todos os grupos anunciados até o momento.

Uma grande operação logística coordenada pela Secretaria de Estado da Saúde é responsável por garantir e otimizar a distribuição das doses por todo o território estadual, com remessas enviadas semanalmente para todas as regiões.


“Hoje, entregamos mais 2 milhões de doses da vacina do Butantan para imunização de todos os brasileiros. Com essa remessa, o Instituto Butantan e o Governo de São Paulo completa 24,6 milhões de doses para o Brasil”, lembrou o Vice-Governador.

Somente em março, o Butantan já disponibilizou 11,1 milhões de vacinas em seis remessas para a imunização contra o coronavírus em todo país. Três remessas, num total de 7,3 milhões de doses ocorreram nesta semana. O quantitativo do mês de março é superior a todo o mês de fevereiro, quando foram entregues 4,85 milhões de doses. Até o final de abril, o número de vacinas garantidas por São Paulo ao país somará 46 milhões e o Butantan pretende antecipar em 30 dias a entrega das outras 54 milhões de doses para vacinação dos brasileiros, totalizando 100 milhões de unidades até 30 de agosto.


Sobre o “Vacina já”

A ferramenta, que até o momento já recebeu 4,4 milhões de pré-cadastros, visa a agilizar o atendimento e a evitar aglomerações. Não é um agendamento e o uso não é obrigatório para receber a vacina, mas utilizá-la contribui para melhorar a dinâmica dos serviços e a rotina do próprio cidadão. O pré-cadastro pode ser feito por familiares de idosos ou de qualquer pessoa que participe dos públicos previstos na campanha.

Postar um comentário

0 Comentários