Geraldino Júnior formaliza convênio Com Associação dos Manejadores de Plantas Nativas para utilização da Unidade de Processamento de Agroindústria Geraldino Júnior formaliza convênio Com Associação dos Manejadores de Plantas Nativas para utilização da Unidade de Processamento de Agroindústria - O Vale do Ribeira

Técnico Informatica

Técnico Informática Registro

Geraldino Júnior formaliza convênio Com Associação dos Manejadores de Plantas Nativas para utilização da Unidade de Processamento de Agroindústria


Ilha Comprida - Em reunião com os extratores realizada no sábado 27/02, no auditório da Escola Meu Recanto, o prefeito Geraldino Júnior anunciou a assinatura do convênio com a Associação dos Manejadores de Plantas Nativas da Ilha Comprida (AMPIC) para a cessão à entidade da Unidade de Processamento da Agroindústria, no Balneário Ubatuba. O prefeito e a presidente do Fundo Social, Juliana Peitl, também entregaram carteiras aos manejadores para a extração sustentável das espécies nativas.

Geraldino Júnior formaliza  convênio Com Associação dos Manejadores de Plantas Nativas  para utilização  da Unidade de Processamento de Agroindústria



”O objetivo é fortalecer a categoria e promover a melhoria da qualidade de vida das populações tradicionais. Na parceria, vamos trabalhar agora pela capacitação junto ao Sebrae/SP para ampliar o leque de oportunidades de negócios", afirmou o prefeito. De acordo com ele, os trabalhadores da área sustentável exercem um papel importante também no fomento ao turismo caiçara e na conservação do meio ambiente.

Aprovado pela Câmara , o convênio com a AMPIC inclui o uso de equipamentos como seladora, extratora de óleo, processadora a vácuo, uma mesa de inox grande, defumador, e outros.

A presidente AMPIC, Rosemary Carvalho Conceição, destacou a importância da parceria com o município para a centralização das vendas dos produtos sustentáveis e o fortalecimento da categoria . “É uma conquista que nos traz esperança de novas oportunidades no setor e melhoria para nós, extratores”. De acordo com ela, o convênio permite que o extrator entregue seu produto direto na associação, com a eliminação de intermediários e otimização da emissão de notas fiscais .

Com 153 associados, a AMPIC trabalha com a extração sustentável do musgo, fofão, tio do fofão , samambaia, macela e pimenta rosa, com planos de manejo aprovados pelos órgãos ambientais. O técnico Maurício Santiago abordou a processo de emissão de nota fiscal eletrônica e sua importância para a associação e seus associados. A AMPIC divulga seu trabalho e produtos pelo facebook : https://www.facebook.com/AMPICILHACOMPRIDA

Postar um comentário

0 Comentários