Técnico Informatica

Técnico Informática Registro

Vale do Ribeira avança para a fase amarela do Plano São Paulo

Governo de São Paulo anunciou nesse (05/02), a atualização do Plano São Paulo onde a região do Vale do Ribeira avança para a fase amarela.


Vale do Ribeira avança para a fase amarela do Plano São Paulo

O Governo de São Paulo anunciou, nesta sexta-feira (05/02), que as regiões da Baixada Santista e do Vale do Ribeira saíram da fase laranja e avançaram para a fase amarela do Plano São Paulo, mais permissiva. Com isso, o atendimento presencial ao público pode ser feito apenas até às 22h. A nova reclassificação do Plano São Paulo passa a valer na segunda-feira (8).

O Plano São Paulo prevê o rebaixamento para fases com regras mais restritivas da quarentena em regiões que apresentam grande aumento semanal de novas internações, mortes, casos ou taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Desde o início do ano, o governo paulista tem feito reclassificações semanais.


Na quarta-feira (03/02), a gestão João Doria (PSDB) já havia suspendido o decreto que colocava todo o estado na fase vermelha, a mais restritiva, do plano de flexibilização econômica aos finais de semana por causa da pandemia de Covid-19. Pela previsão inicial, a medida, em vigor desde o dia 25 de janeiro, permaneceria até 7 de fevereiro. Com o anúncio de quarta, deixa de valer já no próximo sábado (06/02).


Nesta sexta-feira, as regiões da Baixada Santista e do Vale do Ribeira sairam da fase laranja e avançaram para a fase amarela do plano da quarentena, em que comércio, bares e restaurantes são permitidos a funcionar até 22h (veja todas as regras abaixo).


Os índices divulgados pelo estado mostraram que houve uma queda, principalmente, na Baixada Santista, nas taxas de novos casos, novas internações e novos óbitos por cada 100 mil habitantes na região (veja os índices abaixo).


Baixada Santista


Em relação a última atualização, a Baixada Santista a taxa da ocupação dos leitos de UTI para Covid-19 passou de 45,7% para 44,4% e a taxa de leitos de Covid-19 para cada 100 mil habitantes foi de 22,7 para 21,4.


Quanto à evolução da pandemia, a taxa de novos casos a cada 100 mil habitantes diminuiu de 228,4 para 213,2 e a de novas internações de 29,8 para 24,4. A taxa de novos óbitos por 100 mil habitantes também caiu de 9,7 para 6,4.

Vale do Ribeira



Em relação a última atualização, o Vale do Ribeira a taxa da ocupação dos leitos de UTI para Covid-19 passou de 40,8% para 42% e manteve em 17,6 a taxa de leitos de Covid-19 para cada 100 mil habitantes.

Quanto à evolução da pandemia, a taxa de novos casos a cada 100 mil habitantes caiu de 635,3 para 300,6 e houve uma queda também na taxa de novas internações de 38,7 para 34,4. A taxa novos óbitos por 100 mil habitantes caiu foi de 6,8 para 6,1.


O que funciona na Fase Amarela



  • A capacidade máxima passa a ser limitada a 40% de ocupação para todos os setores. Antes, o percentual variava por setor: academias podiam operar com apenas 30% da ocupação, por exemplo.

  • O atendimento presencial ao público pode ser feito apenas até as 22h, em todos os setores, exceto no setor de bares, que pode funcionar até as 20h.

  • O horário de funcionamento passa a ser limitado a 10 horas por dia para todos os setores. Antes, o horário variava por setor.

Fonte: G1

Postar um comentário

0 Comentários