Técnico Informatica

Técnico Informática Registro

Legado das Águas renova parceria com municípios do Vale do Ribeira para ações de desenvolvimento socioeconômico


Em 2021, a Reserva completa sete anos de atuação social, somando mais de 60 mil pessoas beneficiadas, direta e indiretamente

Legado das Águas renova parceria com municípios do Vale do Ribeira para ações de desenvolvimento socioeconômico

Desde 2014, o Legado das Águas, maior reserva privada de Mata Atlântica do país, por meio da sua estratégia de atuação social, procura criar e estimular iniciativas socioeconômicas, culturais e ambientais que contribuam para o desenvolvimento das cidades onde a Reserva está inserida. Para reforçar esse compromisso, no final de janeiro, o diretor da Reservas Votorantim, a coordenadora de Parcerias e Responsabilidade Social e a analista Educação Ambiental, visitaram os municípios de Juquiá, Miracatu e Tapiraí para apresentar os resultados das parcerias dos anos anteriores e as propostas para 2021.

As visitas aconteceram na última semana de janeiro e também tiveram como objetivo a apresentação do histórico de atuação socioambiental da Reserva para as novas lideranças municipais. “Só tivemos tanto êxito com as nossas iniciativas de investimento social porque foram desenvolvidas com base em um relacionamento forte e próximo, somando as potencialidades e trabalhando juntos para minimizar os gargalos. Temos um lema de que ‘não há conservação sem o desenvolvimento do território’. Portanto, para o Legado das Águas, o relacionamento, pautado na transparência e cooperação, é muito importante, gerando benefícios para todos, principalmente para as comunidades. Ficamos muito felizes em apresentar os resultados dos anos anteriores e as propostas para 2021”, disse David Canassa, diretor da Reservas Votorantim.

Nos últimos sete anos, foram 41 iniciativas, entre programas e projetos ligados a gestão pública, turismo, educação, cultura, esporte e geração de emprego e renda, além de diagnósticos e outras ações específicas para desenvolvimento do território, com mais de 60 mil pessoas beneficiadas, direta e indiretamente em cinco municípios. Em 2020, um projeto de qualificação de professores de educação física e outro de capacitação de artistas, abriram vagas para todo o Vale do Ribeira em modalidade on-line. Além disso, as ações de Educação Ambiental promovidas pelo Legado das Águas, lideradas pela analista Elaine Moura, somaram 66 eventos (entre exposições e atividades lúdicas) e 118 palestras educativas, abrangendo nove municípios, e mais de 45 mil pessoas abrangidas.

As ações dessas duas frentes de atuação do Legado das Águas foram realizadas com o apoio das prefeituras, secretarias municipais, sociedade organizada, instituições de pesquisa e ensino, e muitas delas viabilizadas pelo Instituto Votorantim e Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), além do apoio das empresas da Votorantim S.A, fundadoras do Legado das Águas: Votorantim Energia, Votorantim Cimentos, Nexa e Companhia Brasileira de Alumínio – CBA.

Para 2021, conforme anunciou Daniela Gerdenits, coordenadora de Parcerias e Responsabilidade Social do Legado das Águas, estão previstas mais de 10 iniciativas, entre continuidade de ações – como o programa Parceria Valorização Pela Educação (PVE) que, em 2021, completa o sexto ano de realização em Juquiá – e novas propostas, entre programas e projetos de fomento à educação, cultura e gestão pública, como o programa Apoio à Gestão Pública, com foco na retomada econômica; e o projeto cultural Legado dos Pássaros, que envolve teatro, e formação de agentes culturais, com capacitação em linguagem audiovisual.

“Os resultados nos deixam bastante otimistas com tudo o que podemos realizar nesse ano. Um exemplo disso é a forte parceria que mantivemos em 2020, um dos anos mais desafiadores da história, na realização do PVE. O programa foi essencial para apoiar a comunidade escolar do município de Juquiá a passar pela crise, tanto que, apesar de todos os desafios, o índice de participação dos alunos foi acima dos 96%. Por outro lado, a parceria também nos ajudou muito a encontrar diferentes formas de trabalhar a atuação social, se adequando às novas realidades com distintos formatos. É uma via de mão dupla, onde todos ganham. Temos ótimas expectativas para esse ano. Estamos trabalhando para isso”, explicou Daniela.

As iniciativas previstas para 2021 estão considerando todas as medidas de prevenção ao contágio do novo coronavírus. A estimativa é que beneficiem, direta e indiretamente, cerca de cinco mil pessoas.

Sobre o Legado das Águas – Reserva Votorantim


O Legado das Águas, maior reserva privada de Mata Atlântica do país, com extensão aproximada à cidade de Curitiba (PR), é um dos ativos ambientais da Votorantim. Localizada na região do Vale do Ribeira, no sul do Estado de São Paulo, a área foi adquirida a partir da década de 1940 e conservada desde então pela Companhia Brasileira de Alumínio (CBA), que manteve sua floresta e rica biodiversidade local com o objetivo de contribuir para a manutenção da bacia hídrica do Rio Juquiá, onde a companhia possui sete usinas hidrelétricas.

Em 2012, o Legado das Águas foi transformado em um polo de pesquisas científicas, estudos acadêmicos e desenvolvimento de projetos de valorização da biodiversidade, em parceria com o Governo do Estado de São Paulo.

Hoje, o Legado das Águas é administrado pela empresa Reservas Votorantim, criada para estabelecer um novo modelo de área protegida privada, cujas atividades geram benefícios sociais, ambientais e econômicos de maneira sustentável.

Postar um comentário

0 Comentários