Cananéia entra na fase laranja do Covid-19 Cananéia entra na fase laranja do Covid-19 - O Vale do Ribeira

Técnico Informatica

Técnico Informática Registro

Cananéia entra na fase laranja do Covid-19


O aumento de casos e internações levou a cidade de Cananéia implantar a fase laranja.

Cananéia entra na fase laranja do Covid19



Lembrando que a Saúde de Cananéia tem mantido testagem com o método Swap (cotonete) que é mais rápido e já dá o resultado na hora, sala de triagem própria para o COVID-19, além de realizar regularmente a desinfecção de ruas e locais que possuem grande circulação diária de pessoas e a fiscalização de comércios junto a vigilância sanitária e sempre atualizando os casos para esclarecimento da população.

Cada cidadão deve fazer a sua parte para que todos nós possamos sair dessa fase.
Fica decretada medida de quarentena no Município de Cananéia, que consiste na restrição de atividades não essenciais, de maneira a evitar a possível contaminação ou propagação do COVID-19, nos termos do Plano São Paulo

Ficam regulamentadas neste Decreto as regras para o funcionamento das atividades econômicas não essenciais, em conformidade com a fase LARANJA estabelecida pelo Plano São Paulo do Governo Estadual.

O atendimento presencial ao público em estabelecimentos comerciais e prestadores de serviços no Município de Cananéia, deverá seguir os protocolos sanitários setoriais e específicos constantes no Plano São Paulo. 

Fica vedado o atendimento presencial em bares, permitido exclusivamente para delivery (entrega) e/ou drive thru (retirada no local).

O Departamento Municipal de Saúde e Saneamento, através da Vigilância Sanitária Municipal realizará a entrega de informativos e cientificará o comércio local, sempre que houver mudança no enquadramento da Fase do Município no Plano São Paulo. 

O descumprimento das regras gerais e/ou específicas determinadas neste Decreto ensejará a aplicação de penalidade de multa conforme disposto no Decreto Municipal nº 1.152/2020.

Fica proibido o acesso, circulação e permanência de veículos de turismo (ônibus, vans e afins), provindos de outros municípios, inclusive para as modalidades day use e city tour, além da suspensão da emissão de autorização de entrada e permanência desses veículos. 

O disposto neste Decreto, apenas com relação ao horário de atendimento presencial, não se aplica a estabelecimentos que tenham por objeto atividades essenciais, tais como

Saúde: hospitais, clínicas, farmácias, clínicas odontológicas, lavanderias e estabelecimentos de saúde animal; 

Alimentação: supermercados, mercados, açougues e padarias, lojas de suplementos e feiras livres, sendo vedado o consumo no local; 
Abastecimento: cadeia de abastecimento e logística, produção agropecuária e agroindústria, transportadoras, armazéns, postos de combustíveis e lojas de materiais de construção; 

Logística: estabelecimentos e empresas de locação de veículos, oficinas de veículos automotores, transporte público coletivo, táxis, aplicativos de transporte, serviços de entrega e estacionamentos; 

Serviços gerais: lavanderias, serviços de limpeza, hotéis, manutenção e zeladoria, serviços bancários (incluindo lotéricas), serviços de call center, assistência técnica de produtos eletroeletrônicos e bancas de jornais; 

Segurança: serviços de segurança pública e privada; 

Comunicação social: meios de comunicação social, inclusive eletrônica, executada por empresas jornalísticas e de radiodifusão sonora e de sons e imagens; 

Construção civil, agronegócios e indústria. 

Fica recomendado o isolamento social, bem como que a circulação de pessoas, no âmbito do Município de Cananéia, se limite às necessidades imediatas de alimentação, cuidados de saúde e exercício de atividades essenciais, com todas as precauções e de forma a evitar aglomerações.

Leia o decreto na íntegra:

Postar um comentário

0 Comentários