Técnico Informatica

Técnico Informática Registro

Museus do Vale do Ribeira ganham novo fôlego


É cada vez mais evidente a necessidade do conhecimento da história para projetar o futuro e, dessa forma, espaços museológicos se mostram como instrumentos fundamentais dessa transformação. Com esse olhar o Sistema Estadual de Museus (SISEM), em uma parceria inédita com o Consórcio de Desenvolvimento Intermunicipal do Vale do Ribeira e Litoral Sul (Codivar) contribuiu para que dois projetos voltados ao Vale do Ribeira, em Registro-SP e Cananéia, fossem aprovados no Edital nº 13/2020 do Programa de Ação Cultural Expresso (ProAC Expresso).

Imigrantes durante atividade à beira do Rio Ribeira- em 1917 já haviam na região 1.060 famílias, totalizando 5.121 pessoas
Imigrantes durante atividade à beira do Rio Ribeira- em 1917 já haviam na região 1.060 famílias, totalizando 5.121 pessoas


Por meio do Codivar, o SISEM-SP se conectou a prefeitos e secretários municipais e tomou conhecimento de suas demandas, repassadas aos profissionais que formataram as propostas a serem inscritas no ProAC. “Tivemos dois projetos resultantes dessa articulação. É um resultado positivo, que abre a perspectiva de reproduzirmos essa estratégia para todo o Estado, beneficiando não só as instituições museais, como os profissionais de museus, que têm a chance de ampliar sua participação no mercado”, diz Davidson Kaseker, diretor do Grupo Técnico de Coordenação do SISEM-SP (GTC SISEM-SP).

Do Vale do Ribeira, foram aprovados os projetos “Memorial da Imigração Japonesa no Vale do Ribeira: culturas, memórias e territorialidades” (da Associação Cultural Nipo Brasileira de Registro) e “Modernização do Museu Histórico e Artístico de Cananéia ‘Victor Sadowski’: reorganização da expografia e salvaguarda de acervos” (de Leonardo da Silva Vieira).

“Para nós foi um grande ganho estreitar o relacionamento com a Secretaria de Cultura e Economia Criativa, entendemos que o ambiente de Consórcio é de colaboração, em que os dirigentes e os prefeitos dialogam para encontrar soluções para problemas comuns. E foi o que aconteceu. Com isso, ganhamos em escala, em eficiência e em qualidade. Esse case dos projetos museológicos é uma representação de que o trabalho colaborativo entre agentes públicos e agentes políticos, em um ambiente consorciado, resulta em ganho de eficiência”, destaca Wilber Rossini, que foi superintendente do Codivar até setembro de 2020 e acompanhou todo o processo do mutirão.


“Ao incentivar as inscrições e auxiliar no alinhamento com proponentes, o SISEM-SP e o Codivar proporcionaram aos municípios do Vale, sem equipes técnicas para elaboração de projetos museológicos tão específicos, preenchendo uma lacuna importantíssima ao unir pessoal capacitado para elaborar projetos e necessidades dos museus locais”, declara Carlos Júnior, Secretário de Cultura, Turismo e Economia Criativa de Registro e Representante Regional do SISEM no Vale do Ribeira.


Foi uma conquista muito grande para o SISEM-SP, para os museus do Vale do Ribeira, para todos que de alguma forma participaram do processo, para os profissionais participantes e a História agradece.

Postar um comentário

0 Comentários