Técnico Informatica

Técnico Informática Registro

PRF recupera pá carregadeira roubada em Barra do Turvo

No dia 07 de outubro de 2020, durante operação de combate ao crime, a PRF conseguiu recuperar uma pá carregadeira roubada em Sorocaba/SP na noite anterior. Ela era transportada num caminhão guincho, fazendo uso de uma nota fiscal falsa. Um homem foi detido. A apreensão ocorreu em Barra do Turvo/SP.

PRF recupera pá carregadeira roubada em Barra do Turvo

No início da manhã do dia 07, PRFs em serviço na Unidade Operacional PRF Inspetor Sousa, em Barra do Turvo, receberam uma denúncia de que uma pá carregadeira da marca Case, que foi roubada em Sorocaba/SP, estaria sendo transportada pela Rodovia Régis Bittencourt até a região sul do país. Neste momento, eles que iniciaram patrulhamento na região.



Por volta das 09:00, na altura do km 551 da Rodovia Régis Bittencourt, ainda em Barra do Turvo, os PRFs encontraram uma máquina como a descrita na denúncia, transportada num caminhão guincho, sendo imediatamente abordado. 

O caminhão VW 17.210 de cor azul com placas de Aurora/SC, ora conduzido por um motorista profissional de 34 anos, estava transportando uma pá carregadeira da marca Case, igual à roubada em Sorocaba. Após consultas aos sistemas da PRF, os Policiais constataram que havia uma queixa de roubo para a máquina, sendo realmente o equipamento roubado em Sorocaba. 

Questionado, o motorista disse que carregou a máquina em Araçoiaba da Serra/SP, cidade vizinha a Sorocaba, e que a levaria até Rio do Sul/SC, sendo que a entregaria numa revenda de caminhões e máquinas agrícolas da cidade.

Após o registro dos crimes de Receptação e Uso de Documento Falso, o motorista foi liberado para responder criminalmente em liberdade. O caminhão e a pá carregadeira foram apreendidos, sendo que o proprietário foi avisado da sua localização. A máquina está avaliada em aproximadamente R$ 200 mil.

Participaram desta operação PRFs da Delegacia de Registro-SP.

Assessoria de Comunicação

Delegacia PRF de Registro-SP

Postar um comentário

0 Comentários