Técnico Informatica

Técnico Informática Registro

Curso gratuito capacitará artistas do Vale do Ribeira

 

Capacitação será 100% virtual e abrangerá todas as cidades da região

Curso gratuito capacitará artistas do Vale do Ribeira


Artistas do setor cultural e da economia criativa de todo o Vale do Ribeira podem se inscrever, gratuitamente, até dia 12 de outubro, no Projeto Roteiros da Cultura Brasileira. O objetivo do programa é capacitar artistas que estão buscando novas formas de divulgar o seu trabalho. O curso será realizado pelo Instituto Meio, com apoio da Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e o Governo Federal, financiado por meio da Lei de Incentivo à Cultura, Instituto Votorantim e pelo Legado das Águas, maior reserva privada de Mata Atlântica do país.

Com foco em empreendedorismo e comunicação, a capacitação é voltada para profissionais do Artesanato, Música, Artes Dramáticas (dança, teatro, circo e marionetes), Artes Visuais (pintura, fotografia, escultura, desenho e outros), Audiovisuais (cinema, televisão, rádio e web), Gastronomia, Literatura (poemas, rimas, livros e demais produções literárias) e Designer (de interiores, moda, joias e brinquedos). As inscrições podem ser realizadas por meio do endereço eletrônico: https://bit.ly/32Y4U8h.

De acordo com Daniela Gerdenits, consultora de Responsabilidade Social do Legado das Águas, o objetivo em trazer o Projeto Roteiros da Cultura Brasileira para o Vale do Ribeira é valorizar as vocações econômicas e artísticas da região, contribuindo para o desenvolvimento socioeconômico dos municípios. “O Vale do Ribeira é extremamente rico em cultura, é um terreno fértil para economia criativa. Com a capacitação sendo virtual, conseguimos expandir a ação para além das cidades onde o Legado das Águas está inserido [Juquiá, Miracatu e Tapiraí] e, ao oferecer para todos os municípios da região, fortalecemos em rede esse potencial, gerando benefícios mútuos. O Legado das Águas não só valoriza as vocações regionais, mas como mantém um compromisso em desenvolvê-las. Estamos confiantes nos resultados positivos que essa capacitação trará aos artistas locais”, diz.

Para a realização do curso de forma 100% digital, Lars Diederichsen, diretor do Instituto Meio, explica que a tecnologia será uma aliada. “Todo curso será feito por meio de um sistema de envio de conteúdo e interação via WhatsApp, que permite escala com engajamento. O sistema foi desenvolvido em parceria com a Lys, uma Edutech especializada em capacitações via smartfone”, esclarece.

O curso é dividido em dois módulos. No módulo I serão abordados temas como a valorização do trabalho artístico, estratégia de produção, importância da comunicação on-line e entre outros. Ao final, no módulo II, serão selecionados 60 artistas para receber uma formação técnica e criativa em audiovisual. O vídeo produzido por eles será publicado em um portal voltado a artistas da região, e disponibilizado aos participantes para que possam usar como ferramenta de divulgação do seu trabalho em qualquer plataforma.

“Com essa capacitação, pretendemos ajudar os artistas a terem outras ferramentas e estratégias para potencializar a divulgação dos seus trabalhos. A cultura brasileira é rica e diversa, e não é diferente no Vale do Ribeira. Porém, empreender e comunicar arte e cultura é desafiador para a maioria dos artistas independentes, significando, muitas vezes, a desistência de um sonho e o enfraquecimento da cultura regional”, finaliza Lars.

Ao final, os artistas que tiverem 70% de participação no curso, receberão um certificado.

Sobre o Legado das Águas – Reserva Votorantim

O Legado das Águas, maior reserva privada de Mata Atlântica do país, com extensão aproximada à cidade de Curitiba (PR), é um dos ativos ambientais da Votorantim. Localizada na região do Vale do Ribeira, no sul do Estado de São Paulo, a área foi adquirida a partir da década de 1940 e conservada desde então pela Companhia Brasileira de Alumínio (CBA), que manteve sua floresta e rica biodiversidade local com o objetivo de contribuir para a manutenção da bacia hídrica do Rio Juquiá, onde a companhia possui sete usinas hidrelétricas. Em 2012, o Legado das Águas foi transformado em um polo de pesquisas científicas, estudos acadêmicos e desenvolvimento de projetos de valorização da biodiversidade, em parceria com o Governo do Estado de São Paulo.
Hoje, o Legado das Águas é administrado pela empresa Reservas Votorantim, criada para estabelecer um novo modelo de área protegida privada, cujas atividades geram benefícios sociais, ambientais e econômicos de maneira sustentável.

 

Sobre o Instituto Meio

O Instituto Meio é uma organização privada, sem fins lucrativos, que leva, há 15 anos, projetos que visam ampliar as oportunidades de melhoria de qualidade de vida a populações menos favorecidas, através de implementação de estratégias de geração de renda economicamente viáveis, socialmente justas, ambientalmente sustentáveis e culturalmente aceitas. O Instituto Meio, como organização cultural reconhecida, é a proponente do projeto, aprovado através da Lei Federal de Incentivo à Cultura. Pronac 190437

Postar um comentário

0 Comentários