Técnico Informatica

Técnico Informática Registro

Moradora de Registro-SP inicia campanha de conscientização sobre Cordão de Girassol


Michelle Pereira, conhecida como Chilena, é filha de mãe registrense e pai chileno, mora em Registro-SP há 5 anos, é artesã, palestrante e oficineira, e iniciou recentemente uma campanha de conscientização sobre o cordão de girassol.

Michelle Pereira, conhecida como Chilena
Michelle Pereira, conhecida como Chilena

Chilena relatou ao Site O Vale do Ribeira, que foi diagnosticada ainda pequena com convulsões e Transtorno Bipolar, e relembra que ao longo de sua vida sofreu várias situações de psicofobia, que é o preconceito ou discriminação contra pessoas com transtornos ou deficiências mentais.

Moradora de Registro-SP inicia campanha de conscientização sobre Cordão de Girassol

Ainda na infância e adolescência lembra que passou por muitas situações de preconceito, inclusive por parte de familiares, onde a falta de informação e apoio foram marcantes em sua vida.

Ao longo de sua vida conheceu pessoas que a ajudaram, adquiriu conhecimento sobre seus direitos e deveres.

Chilena é também mãe de 3 filhos com necessidades ocultas (que não são identificadas visivelmente ou imediatamente), sendo dois (gêmeos) com visão Mono Ocular, e um com Transtorno Bipolar, dois filhos estão cursando faculdade, e todos trabalham. Além de uma filhinha de 4 anos que tem intolerância a lactose, incontinência urinaria e demonstra ter algum transtorno, porém ainda não conseguiu psiquiatra para ela.

Pensando nisso tudo, com toda vivência e experiência que adquiriu ao longo da vida, conhecendo sobre seus direitos e deveres, chegou a conclusão que precisava fazer algo pra ajudar na conscientização da sociedade acerca desse assunto:

“Tem pessoas que entendem e ajudam, tem pessoas que não ajudam porque não entendem”

O projeto tem cerca de 2 meses, mas na prática está acontecendo há duas semanas, com recurso próprio ela está confeccionando os cordões de girassóis para vender, além de ir aos estabelecimentos para colar os cartazes explicativos sobre o cordão, bem como sobre a importância se conhecer e estar preparado para dar suporte a uma pessoa que esteja usando o cordão.

Chilena iniciou esse trabalho publicando em redes sociais como tem realizado o projeto.

“Eu estou sozinha nessa por enquanto, conversei com algumas pessoas que se prontificaram a dar auxílio, mas até então estou só. Faço as fitas do meu bolso, os panfletos do meu bolso, estou tomando tapas na cara do meu bolso. Quando vou em locais que dizem que “não”, “que não vão colocar isso daí”, “que lá não é manicômio”. Aí eu explico sobre a psicofobia, essas coisas, mas mesmo assim ainda encontro pessoas que não estão instruídas, e eu tento instruir o máximo possível. Tô aqui, fazendo as fitinhas, mas também tenho as minhas limitações, tanto física, como mental e estou aí correndo atrás.”

Caso tenha interesse em adquirir os cordões, ou em auxiliar o projeto de alguma forma, você pode entrar em contato por:

WhatsApp (11) 95963-2835

Tel Vivo (13) 99798-1265

Página no facebook: https://www.facebook.com/abayomidachilena

 

*Você sabe para que serve o Cordão de Girassol?

 

Foi criado para ser usado por pessoas com deficiências ocultas, ou seja, que não podem ser percebidas imediatamente, foi desenvolvido uma ferramenta que auxilia nessa identificação.

 

O cordão de girassol corresponde a uma faixa estreita verde, parecida com os cordões usados em crachás, estampada com desenhos de girassóis.

 

O intuito é garantir mais assistência e segurança para as pessoas com necessidades especiais durante viagens, passeios, compras com o objetivo de sinalizar para as equipes dos estabelecimentos que a pessoa com o cordão pode necessitar de suporte especial em virtude de sua deficiência oculta.

 

Postar um comentário

0 Comentários