Técnico Informatica

Técnico Informática Registro

PRF prende foragido procurado pela Interpol em Registro-SP


No dia 21 de julho de 2020, durante operação de combate ao crime, a Polícia Rodoviária Federal - PRF conseguiu capturar um foragido que estava na lista da Interpol. 

PRF prende  foragido procurado pela Interpol em Registro-SP

Ele é croata e suspeito de participar de uma quadrilha de tráfico de drogas internacional que participou do assassinato de pelo menos 02 pessoas em Curitiba, um deles ex-policial paranaense. Há suspeita que seja o mandante de outros vários homicídios, todos relacionados com tráfico de drogas internacional. A prisão ocorreu em Registro-SP.

PRF prende  foragido procurado pela Interpol em Registro-SP

Por volta das 09:30, PRFs em serviço no km 426 da Rodovia Régis Bittencourt, em Juquiá-SP, abordaram um automóvel Nissan Versa de cor cinza e placas do Guarujá/SP, ora conduzido por um motorista de 29 anos, acompanhado por uma croata de 28 anos.

Durante as buscas ao interior do veículo, os PRFs encontraram quase R$ 10 mil em dinheiro. Questionado, o condutor disse que o dinheiro pertencia ao croata, sendo que este o contratou para o levar da cidade de Camboriú/SC até a cidade de Santos-SP. Já o croata, preferiu não se manifestar a respeito e, apesar de estar há bastante tempo no Brasil, dava a entender que não sabia falar português.


Devido à suspeita, os PRFs decidiram pesquisar seus antecedentes criminais nos sistemas PRF e no site da Interpol, momento que descobriram que contra o croata haviam mandados de prisão em aberto por envolvimento criminal em tráfico de drogas internacional e em pelo menos 02 homicídios ocorridos na capital paranaense em novembro de 2019. Após vários disparos de arma de fogo, um ex-policial civil paranaense e seu funcionário foram mortos em um barracão no Bairro Alto, em Curitiba. Ele também era procurado pela Interpol.

Após o registro da captura, feito na Delegacia de Homicídios e de Proteção à Pessoa de Curitiba/PR, o croata foi recolhido ao sistema carcerário paranaense.


Participaram desta operação PRFs da Delegacia de Registro-SP.


Postar um comentário

0 Comentários