Técnico Informatica

Técnico Informática Registro

Rede do Amor da Ilha Comprida prepara sopas para a população em situação de vulnerabilidade



Ilha Comprida - Preocupados com as dificuldades impostas pelo isolamento social e pela pandemia, um grupo de jovens - organizado pela chef de cozinha Thais Barbosa- , decidiu há dois meses se unir para arrecadar alimentos e preparar sopas para doar às pessoas que necessitavam. 

Rede do Amor da Ilha Comprida prepara sopas para a população em situação de vulnerabilidade


Em pouco tempo, o grupo cresceu, ganhou apoio das Igrejas Católica e Evangélica, do Fundo Social de Solidariedade ( FSS) , do município  e, hoje, forma a Rede do Amor, que arrecada e prepara voluntariamente cem sopas por dia.

Preparadas nas manhãs de segundas e sextas, na Igreja Estrela do Mar; às terças e quintas, no Centro de Convivência da Melhor Idade (CCMI) e às quartas e sábados , no Centro de Formação da Ilha Comprida, as sopas seguem para o Departamento Municipal de Assistência Social e o Fundo de Solidariedade (FSS) para serem doadas às famílias em dificuldades, idosos sós, pessoas acamadas e em situação de vulnerabilidade social.

As doações são feitas  pelos assistentes sociais do município diariamente , de segunda a sábado, das 13 às 17h,  e beneficiam mais de mil pessoas. “A Rede do Amor nasceu da vontade de todas as pessoas em ajudar, em contribuir com alimento e amor, e é muito gratificante ver crescer esse movimento que une todos em busca do bem comum”, comentou a diretora do Departamento de Desenvolvimento Social, Isabelle Martins Benetti Fogaça.

A presidente do FSS, Juliana Peitl, também voluntária da Rede do Amor, parabeniza todos os integrantes pela ação voluntária que, segundo ela, emociona porque une pessoas interessadas em fazer o bem.  A Rede do Amor continua aberta a doações de alimentos e adesão de voluntários. Quem quiser ajudar, pode entrar em contato com o CRAS pelo telefone ( 13) 3842 3850 e o FSS pelo ( 13) 38422007.












Postar um comentário

0 Comentários