Técnico Informatica

Técnico Informática Registro

Mês do Meio Ambiente será comemorado com programação digital promovida pelo Legado das Águas e Senac Registro


Paisagismo com espécies de plantas nativas, tendência de ecoturismo pós-pandemia e agricultura familiar estão entre os temas da programação on-line e gratuita


Mês do Meio Ambiente será comemorado com programação digital promovida pelo Legado das Águas e Senac Registro


O Legado das Águas, maior reserva privada de Mata Atlântica do país, e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) de Registro promovem, a partir desta quarta-feira (10), uma série de eventos gratuitos com transmissão ao vivo pelas redes sociais com a temática "Minha pegada na quarentena", lançando um olhar sob a influência da quarentena em nossa pegada ecológica.

Mês do Meio Ambiente será comemorado com programação digital promovida pelo Legado das Águas e Senac Registro


O evento digital, uma parceria do Senac Registro com o Núcleo de Educação Ambiental do Legado das Águas, é uma alternativa para comemorar o mês do Meio Ambiente. Toda programação é gratuita e será transmitida pelo perfil do Senac Registro no Instagram. 


No primeiro dia do evento, na quarta-feira (10), a programação tem início às 19h30, com o tema “Meu canto, minhas plantas, minha pegada - Da floresta até a minha casa", e contará com a presença de Talita Marcelly, docente da área de meio ambiente do Senac Registro, e Silas Cezar da Silva, coordenador de Produção e P&D do Viveiro do Legado das Águas. A live traz a reflexão que com o isolamento, procuramos diferentes formas de nos sentirmos mais confortáveis no lar. Uma delas é ter mais verde e vida com plantas em casa. Porém, é importante questionar: de onde vieram essas plantas? Como foram produzidas? Por que eu deveria escolher uma planta nativa ao invés de uma exótica? O objetivo é debater a importância do paisagismo com espécies nativas, que traz benefícios para as pessoas e para a biodiversidade em espaços urbanos. 


Já na semana seguinte, na quarta-feira (17), às 19h30, o tema é "Banho de Mata Atlântica e seus benefícios", com William Mendes, gestor de uso público, ecoturismo e esportes do Legado das Águas. Neste dia, Mendes abordará pesquisas recentes que apontam o ecoturismo como uma tendência para o período pós-pandemia devido aos benefícios para saúde e qualidade de vida, no contexto das potencialidades do Vale do Ribeira em absorver essa demanda de forma segura. 


No dia seguinte, quinta-feira (18), às 15h, Juliana Minguetti, docente da área de saúde e bem-estar do Senac Registro e a docente do Senac Sorocaba, Juliana Doval, explicam o que é o reiki, quais são seus fundamentos filosóficos e como as práticas diárias de seus princípios podem auxiliar o autoconhecimento e a saúde mental em tempos de pandemia.


Para encerar a programação, no dia 24, às 19h30, o bate-papo é com a professora do Senac Registro Talita Marcelly e Daniela Gerdenits, consultora Responsabilidade Social do Legado das Águas, sobre a importância de fomentar a economia local em meio à crise econômica, adotando práticas ligadas ao consumo de pequenos produtores agrícolas, apicultores locais e produtores artesanais. 


Todas as transmissões serão feitas no perfil oficial do Senac Registro no Instagram, no endereço eletrônico: https://www.instagram.com/senac.registro/


Serviço


Meu canto, minhas plantas, minha pegada


Data: 10 de junho de 2020


Horário: quarta-feira, às 19h30






Banho de Mata Atlântica e seus benefícios


Data: 17 de junho de 2020


Horário: quarta-feira, às 19h30






Reikilibre-se


Data: 18 de junho de 2020


Horário: quinta-feira, às 15 horas






Meu consumo e a qualidade de vida na minha região. Existe uma relação?


Data: 24 de junho de 2020


Horário: quarta-feira, às 19h30






Sobre o Legado das Águas – Reserva Votorantim



O Legado das Águas, maior reserva privada de Mata Atlântica do país, com extensão aproximada à cidade de Curitiba (PR), é um dos ativos ambientais da Votorantim. Localizada na região do Vale do Ribeira, no sul do Estado de São Paulo, a área foi adquirida a partir da década de 1940 e conservada desde então pela Companhia Brasileira de Alumínio (CBA), que manteve sua floresta e rica biodiversidade local com o objetivo de contribuir para a manutenção da bacia hídrica do Rio Juquiá, onde a companhia possui sete usinas hidrelétricas.



Em 2012, o Legado das Águas foi transformado em um polo de pesquisas científicas, estudos acadêmicos e desenvolvimento de projetos de valorização da biodiversidade, em parceria com o Governo do Estado de São Paulo.



Hoje, o Legado das Águas é administrado pela empresa Reservas Votorantim, criada para estabelecer um novo modelo de área protegida privada, cujas atividades geram benefícios sociais, ambientais e econômicos de maneira sustentável.




























Postar um comentário

0 Comentários