Técnico Informatica

Técnico Informática Registro

Governo do Estado atualiza Plano SP com extensão de quarentena até 14 de julho



O Governador João Doria anunciou nesta sexta-feira (26) a quarta atualização do painel de fases da retomada econômica do Plano São Paulo, com extensão da quarentena até o dia 14 de julho. O avanço acelerado da pandemia no interior deixa nove regiões na fase vermelha de restrição total de atividades não essenciais.

Governo do Estado atualiza Plano SP com extensão de quarentena até 14 de julho

Já a melhora de índices em parte da Grande São Paulo permite que a capital e as sub-regiões do ABC e de Taboão da Serra avancem à fase amarela, que permite atendimento presencial restrito em bares, restaurantes e salões de beleza. 

Nas demais três sub-regiões da Grande SP e outras sete áreas do interior e litoral, permanece a fase laranja, com reabertura de 20% da capacidade de escritórios em geral, imobiliárias, comércio de rua, shoppings e concessionárias por quatro horas diárias.

Segundo o status dos indicadores do Plano São Paulo nesta quarta atualização, a capacidade hospitalar para atendimento a pacientes graves de COVID-19 é satisfatória em praticamente todas as regiões do estado. Porém, o aumento no número de casos na maior parte do interior provocou o regresso à restrição total em praticamente metade do território estadual. 

Na média estadual medida a cada sete dias e fechada na última quarta (24), houve redução na taxa de ocupação de leitos de terapia intensiva para COVID-19 de 66,5% para 65,5%, além de aumento na média de vagas por cem mil habitantes de 19,1 para 19,7. 

Na mesma comparação do período atual ao anterior, a média estadual de casos de infectados por coronavírus subiu 35%, enquanto que a taxa de internações caiu 2%. A taxa semanal de mortes por COVID-19% subiu 11% em relação à reclassificação da semana passada. Em números absolutos, o mês de junho até esta sexta-feira (26) registrou 138.889 novos casos em relação a maio, que teve 81 mil infecções confirmadas no período. 

Já as internações de junho somaram 46,092, com queda em relação ao total de 46.735 do mês anterior. As mortes por COVID-19 em junho vitimaram 6.144 pessoas no estado, ante 5.240 em maio.








Postar um comentário

0 Comentários