Técnico Informatica

Técnico Informática Registro

Legado das Águas prepara retomada e seleciona guias em processo online durante a quarentena


Em ação adaptada à quarentena, Reserva faz processo remoto para contar com os novos guias quando reabrir ao público. Profissionais poderão atuar no Legado levando seus próprios grupos

Legado das Águas prepara retomada  e seleciona guias em processo online durante a quarentena
 

Com processo 100% online, o Legado das Águas, maior reserva de Mata Atlântica do país, está realizando a seleção de guias e condutores de ecoturismo de todo o Brasil, em especial do Vale do Ribeira e demais regiões do Estado de São Paulo. Os interessados têm até 10 de maio para se inscrever no site: www.legadodasaguas.com/homologacaodeguias. Dessa forma, o Legado mira a retomada de suas atividades e, adaptando-se à nova rotina imposta pela pandemia, está realizando a seleção de forma totalmente remota.


O objetivo é que o processo esteja concluído quando a Reserva retomar as suas atividades. Dentro das medidas que foram adotadas no período da quarentena, o Legado está fechado para atividades ao público desde o final de março e será reaberto em data ainda a ser definida. Após esse período de isolamento, a busca de lazer em áreas naturais poderá aumentar. Assim, os guias encontram no processo uma oportunidade de trabalho, em meio a esse período que tem impactado especialmente o setor de turismo.


Os profissionais selecionados poderão levar seus próprios grupos, utilizando toda estrutura oferecida pelo local, que fica a cerca de duas horas de distância da capital paulista. A iniciativa também visa a fortalecer a Mata Atlântica como destino de ecoturismo e fomentar a economia local, com o fortalecimento da rede de turismo no Vale do Ribeira, região onde o Legado das Águas está inserido.


Os condutores e guias de ecoturismo que desejam operar na área do Legado das Águas devem ser brasileiros ou estrangeiros residentes no Brasil, ter a idade mínima de 18 anos; certificado de Curso de Primeiros Socorros válido; cópia do certificado de curso de Guia ou Condutor de Turismo, emitidos por instituição de notável saber ou reconhecida pelo Legado das Águas; CNPJ de empresa ou Certificado da Condição do Microempreendedor Individual (CCMEI). Todas as demais informações referentes às operações de ecoturismo no Legado das Águas estão disponíveis no edital de inscrição.

 

“O Legado das Águas está inserido na região que concentra o maior remanescente de Mata Atlântica do país, com diversas possibilidades, sendo o ecoturismo uma delas. Ao abrir as nossas portas para guias, condutores e demais operadores, estamos fortalecendo a rede de turismo na região do Vale do Ribeira. Isso porque auxiliaremos estes parceiros na formatação de roteiros e pacotes, proporcionando uma rica experiência na floresta com diversas opções para os turistas tanto na Reserva, como nas cidades do território, beneficiando a todos”, diz William Mendes, Gestor de Uso Público e Ecoturismo do Legado das Águas.

 

O profissional inscrito terá sua credencial aprovada depois de análise da documentação enviada, a ser confirmada após o prazo final de inscrição. Para integrar os profissionais aprovados, haverá um treinamento gratuito, com orientações de operação na Reserva. Os guias selecionados também poderão atender, esporadicamente, a demanda do Legado das Águas no atendimento a clientes.

 

Mais informações e detalhes sobre o processo podem ser obtidas pelo e-mail [email protected]


Portfólio de atividades

O guia ou condutor que for aprovado terá à sua disposição diferentes atrativos turísticos do Legado das Águas. As opções incluem trekking de baixa, média e alta dificuldade, indicado para modalidades profissionais, além de trilhas de contemplação da natureza. Há também a Travessia, um trajeto de 23km em meio à Mata Atlântica, com visual de floresta tropical densa, e pernoite na mata.

Já para os operadores especializados em bike, a altimetria e solo da Reserva também reservam desafios para atletas ou pessoas que gostam de pedalar na natureza. Aos guias e condutores que atendem famílias, grupos de amigos, ou pessoas que querem descanso do agito das cidades, o Legado das Águas também tem diversas opções, desde banho de rio, caminhadas leves, passeios de barco, caiaque em águas calmas e trilha noturna. Profissionais de instituições de ensino e pesquisa que tenham certificado de condutor ou guia, também podem se inscrever para levar seu grupo para o Legado das Águas, pois há atividades noturnas de observação de astros e birdwatching (observação de aves). O Legado das Águas ainda dispõe de restaurante, pousada e área para camping.

Cada guia montará o seu roteiro, adequando às necessidades e preferências do grupo. Os preços das atividades ofertadas pelo Legado das Águas permanecerão os mesmos, sendo acrescido apenas os valores combinados com cada operador por serviços adicionais.

A parceria do Legado das Águas e condutores credenciados também tem como objetivo fortalecer a economia local. “A Mata Atlântica foi escolhida como um dos 52 lugares para ser visitado em 2020 pelo jornal americano New York Times. Atender o público nacional e internacional, sem dúvida é um desejo de toda rede de ecoturismo. Levando em conta o potencial do Vale do Ribeira, quanto mais preparada a região estiver para atender a essa demanda, melhor será o aproveitamento dessas oportunidades. Queremos ser um meio de fortalecimento dessa rede”, finaliza William Mendes.

 

Sobre o Legado das Águas – Reserva Votorantim

O Legado das Águas, maior reserva privada de Mata Atlântica do país, com extensão aproximada à cidade de Curitiba (PR), é um dos ativos ambientais da Votorantim. Localizada na região do Vale do Ribeira, no sul do Estado de São Paulo, a área foi adquirida a partir da década de 1940 e conservada desde então pela Companhia Brasileira de Alumínio (CBA), que manteve sua floresta e rica biodiversidade local com o objetivo de contribuir para a manutenção da bacia hídrica do Rio Juquiá, onde a companhia possui sete usinas hidrelétricas.


Em 2012, o Legado das Águas foi transformado em um polo de pesquisas científicas, estudos acadêmicos e desenvolvimento de projetos de valorização da biodiversidade, em parceria com o Governo do Estado de São Paulo.


Hoje, o Legado das Águas é administrado pela empresa Reservas Votorantim, criada para estabelecer um novo modelo de área protegida privada, cujas atividades geram benefícios sociais, ambientais e econômicos de maneira sustentável.




Postar um comentário

0 Comentários