Técnico Informatica

Técnico Informática Registro

Alunos do Senac realizam pesquisa para impulsionar turismo em Registro-SP





Levantamento feito durante o Tooro Nagashi reúne informações que deverão ser usadas como base em projetos futuros para atrair turistas para a região
Alunos do Senac realizam pesquisa para impulsionar turismo em Registro-SP

Em uma ação inédita, alunos do curso Técnico em Guia de Turismo, do Senac Registro, realizaram uma pesquisa durante a 65ª edição do Tooro Nagashi com o objetivo de identificar o perfil do público que frequenta o evento. A ideia teve como propósito obter informações relevantes que servirão de base para programas futuros que contribuam para o desenvolvimento do turismo no município.

De acordo com Walaka Batista, docente da área de hotelaria e turismo do Senac Registro, o levantamento feito pelos alunos durante o evento permitiu conhecer, por exemplo, a procedência de uma parte dos visitantes. Segundo ela, dentre os inúmeros grupos de turistas que passaram pelo município no período estavam moradores de São Paulo, Santos, Ribeirão Preto, Santo André, Botucatu, São João Del Rei (MG), de capitais como Porto Velho (RO), Campo Grande (MS) e Recife (PE), além de visitantes de outros países, como Paraguai, Estados Unidos e Japão.

Os dados da pesquisa foram encaminhados à Secretaria de Cultura, Turismo e Economia Criativa de Registro, parceira do levantamento, e servirão como suporte para projetos futuros que tornem o Tooro Nagashi ainda mais atraente aos turistas. Atualmente, além da cerimônia, a programação inclui atividades artísticas e culturais.

Paralelamente a isso, a comunidade local, com todo apoio do Senac Registro, luta para que o Tooro Nagashi de Registro seja reconhecido como Patrimônio da Cultura Imaterial do país. Durante o evento deste ano, um passo importante foi dado neste sentido com a Assinatura do Protocolo de Intenções, envolvendo a administração municipal e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Evento pioneiro

O Tooro Nagashi é considerado o maior evento da colônia japonesa no Estado de São Paulo. Trata-se de uma cerimônia religiosa feita em homenagem aos mortos. Registro foi a primeira cidade do país a realizar a celebração, que ocorre nos dois primeiros dias de novembro, por ocasião do Dia de Finados. De acordo com a organização, a edição deste ano atraiu mais de 20 mil pessoas. Entre as autoridades presentes estava o cônsul geral do Japão em São Paulo, Yasushi Noguchi.

O ritual consiste em soltar barquinhos feitos com papel de cores diversas, sobre uma base de madeira e com uma vela acesa dentro dele. Os barcos de papel, em formato de lanternas coloridas (tooros), deslizam sobre as águas do rio Ribeira de Iguape levando o nome de parentes falecidos. De acordo com a tradição, as lanternas servem para iluminar o caminho das almas dos antepassados e propagar mensagens de paz.

A primeira celebração foi realizada em 1955, poucos anos após a morte de um viajante japonês, que se afogou no rio Ribeira de Iguape. Na ocasião, foram depositadas no rio sete lanternas de papel. Desde então, a tradição foi recebendo novos adeptos a cada ano, a ponto do Tooro Nagashi tornar-se uma das principais atrações culturais, integrando, inclusive, o calendário oficial de eventos turísticos do Estado de São Paulo. Na edição deste ano, 2 mil lanternas foram colocadas na água.

Serviço:
Senac Registro
Endereço: Rua Teiti Koki, 105 - Vila Florida
Informações e inscrições: www.sp.senac.br/registro  

Dezembro/2019