Últimas Notícias

I LITERARTE da Ilha contou com premiação dos professores no concurso "Práticas Inspiradoras no Ensino"

Por práticas inspiradoras no sistema municipal de ensino, a Editora Moderna premiou na noite de quarta 06/11, durante o Litararte - I Festival de Literatura de Ilha Comprida - os professores que se destacaram durante 2019.





Ilha Comprida- Por práticas inspiradoras no sistema municipal de ensino, a Editora Moderna premiou na noite de quarta 06/11, durante o Litararte - I Festival de Literatura de Ilha Comprida - os professores que se destacaram durante 2019. Realizada no Espaço Cultural Plínio Marcos, a noite de premiação também contou com palestra do professor, doutor e escritor Arquilau Moreira Romão, recital "Cora Coralina" e teatro Dom Casmurro.

I LITERARTE da Ilha contou com premiação dos professores no concurso "Práticas Inspiradoras no Ensino"

Na área de Educação Infantil, receberam o prêmio as professoras Érica Monteiro e Tatiana Silva Souza. No Ensino Fundamental I , foram premiadas as professoras Suzy Helena Valério Hernandes e Dulcineia Alves e, no Ensino Fundamental II, Vitor Mauricio Carneduto e Marisa Fontes de Aguiar.

A premiação contou com a presença da chefe de gabinete Marize Magali Valota, que representou o prefeito Geraldino Júnior, a diretora do Departamento de Educação, Roberta França Fortes, a presidente do Fundo Social de Solidariedade, Juliana Peitl, a gerente pedagógica da Editora Moderna, Damaris Silva, professores, pais, estudantes e equipes pedagógicas das escolas da Ilha. "Premiamos professores do Brasil inteiro e percebemos que aqui na Ilha os professores foram além, nos trouxeram muito mais do que o regulamento pedia", elogiou Renata Biassi, da Editora Moderna.

A diretora Roberta agradeceu à Editora, aos professores, pais e equipes de todas as escolas da Ilha pelo compromisso com a alta qualidade da educação "que transforma as pessoas". A chefe de gabinete Marize destacou que o Literarte é um marco para a cidade pelo incentivo à formação de uma geração de leitores. A presidente do FSS parabenizou a todos pelo ensino que extrapolou a sala de aula. "Estou muito orgulhosa de nosso sistema municipal de ensino e com a I Literarte que expôs o amor, cultura, arte, interação e socialização".

Após visitar a Literarte e acompanhar o Recital Cora Coralina, o palestrante professor Arquilau disse que ficou "espantado" com o que viu na Ilha Comprida na área educacional: "Esse conhecimento ninguém tira dessas crianças. Eu acredito numa educação com arte. Só posso bater palmas pelo que vi , uma educação humanista despertando aprendizes para o futuro".

Ao citar grandes pensadores humanistas como Edgard Morin que destaca que "o verdadeiro papel da educação deve ser um despertar para a filosofia, para a literatura, para música, para as artes porque é isso que preenche a vida", o professor Arquilau apontou a Ilha: "Posso dizer que essa educação humanista existe no Brasil e está na beira do mar. Ilha Comprida pode ter como slogan Cidade que educa, Escola que humaniza. Vocês me desassossegaram. É nisso que acredito: os professores se reinventando".