Últimas Notícias

Reciclagem e controle de Arboviroses e Vetores são temas de palestras

Na última semana, a convite da professora coordenadora Sueli de Lara da EE Koki Kitajima, servidores da Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Diretoria de Vigilância em Saúde e Controle de Vetores e da Secretária Municipal de Desenvolvimento Agrário e Meio Ambiente palestraram na Semana do Meio Ambiente que teve como tema “Preservar o futuro cuidando do presente”.






Na última semana, a convite da professora coordenadora Sueli de Lara da EE Koki Kitajima, servidores da Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Diretoria de Vigilância em Saúde e Controle de Vetores e da Secretária Municipal de Desenvolvimento Agrário e Meio Ambiente palestraram na Semana do Meio Ambiente que teve como tema “Preservar o futuro cuidando do presente”.
Reciclagem e controle de Arboviroses e Vetores são temas de palestras

Os engenheiros agrônomos, Ana Carolina Batista Bolfarini e Adriano Hermes de Souza falaram sobre a importância da Reciclagem.
Ao agente de endemias, Fabrício Gouvêa, coube explanar sobre Arboviroses (doenças transmitidas por insetos). Para os alunos, foi uma ótima oportunidade de esclarecer dúvidas sobre os sintomas, tratamento, causas, prevenção e combate aos arbovírus transmissores. A segunda parte da palestra foi sobre as doenças causadas por vetores, por destinação incorreta de resíduos. Uma amostra com três escorpiões-amarelo (Tityus serrulatus), considerado o mais perigoso e o mais comum no munícipio de Registro provocou a curiosidade dos alunos. Gouvea chamou a atenção para os locais escolhidos pelo animal para se esconder e procriar, como ambientes frescos e escuros, ralos, esgotos, caixas de gordura, tanques, encanamentos de luz e telefone, roupas e sapatos, pedaços de madeira, restos de materiais de construção, tijolos e telhas. Ele também ressaltou a importância de manter os ambientes limpos, pois o animal se alimenta de baratas.
“A Prefeitura de Registro incentiva à participação em ações educativas como essa que tem como objetivo engajar e transformar a comunidade escolar em multiplicadores de saúde” destacou Alan Mendes da equipe de controle às endemias.