Últimas Notícias

Processo de Escolha de Conselheiros Tutelares tem votação recorde em Registro-SP

A população registrense acordou cedo no domingo, 06/10, e fez fila para eleger os conselheiros tutelares que atuarão na defesa e promoção dos direitos de crianças e adolescentes entre 2020 e 2023.







A posse oficial será em 10 de janeiro de 2020.

Processo de Escolha de Conselheiros Tutelares tem votação recorde em Registro-SP


A população registrense acordou cedo no domingo, 06/10, e fez fila para eleger os conselheiros tutelares que atuarão na defesa e promoção dos direitos de crianças e adolescentes entre 2020 e 2023.

Alguns candidatos acompanharam a retirada do lacre das seis urnas antes do início da votação. Na ocasião, foram escolhidos cinco conselheiros. O pleito ainda definiu os cinco suplentes. Ao todo, 3.171 eleitores foram às urnas, desse total 20 foram nulos e sete em branco.  De acordo com a Comissão, apesar do processo de escolha ser facultativo, a mobilização foi mais significativa do que em 2016.

O prefeito Nilton Hirota, acompanhado pela esposa Eliane Yamamaru, também exerceu a sua cidadania e após o resultado declarou: “Parabenizo a todos que foram escolhidos de forma democrática e voluntária e desejo êxito na condução dos trabalhos. Parabenizo também a todos os envolvidos pela condução do certame”.

O Processo de Escolha dos Conselheiros Tutelares de Registrou foi realizado EMEB Francisco Manuel e contou com o apoio do Cartório Eleitoral que cedeu às urnas e a lista de eleitores;  da Polícia Militar no policiamento e no transporte das urnas e do Ministério Público, órgão fiscalizador, que esteve presente durante todo o processo, representado pelo promotor Ronaldo Pereira Muniz. A apuração ocorreu no Centro de Convivência do Idoso – CCI.

A Comissão Especial Eleitoral, nomeada pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – CMDCA informa que houve uma denúncia de irregularidade fora do âmbito da apuração dos votos. O Ministério Público já tem ciência da ocorrência e ajudará a identificar se houve irregularidade.   As definições não acarretam em impugnação do certame, porém pode ser desfavorável ao candidato (a) envolvido (a) na ocorrência.

Confira a lista dos eleitos:


Titulares/Votos:
1) Thiago - 296
2) Fabinho - 233
3) Joelma - 201
4) Irmão Edson - 190
5) Sara Moraes – 185

Suplentes/Votos:
1) Irmão Alderi - 177
2) Irmão João - 161
3) Ilma Miura - 145
4) Diego Negão - 133
5) Catarine Franco - 122