Últimas Notícias

Secretário nacional de Pesca e Aquicultura visita o LANAM





Uma comitiva de vereadores da Câmara, prefeito e diretores da prefeitura de Ilha Comprida esteve acompanhando no último dia 13/agosto, a visita do secretário nacional da Pesca e Aquicultura, Jorge Seif Júnior, que cumpriu agenda de trabalho no Vale do Ribeira, onde conheceu o sistema de piscicultura da nossa região.

Secretário nacional de Pesca e Aquicultura visita o LANAM
Secretário nacional de Pesca e Aquicultura visita o LANAM

Os parlamentares acompanharam o secretário em visita ao Entreposto de Pescados (Ceagesp) em Cananéia e em seguida atravessaram a balsa para o nosso município, onde o secretário conheceu o Laboratório Nacional de Aquicultura Marinha (LANAM), no Boqueirão sul.

O objetivo da visita do secretário à Ilha foi o de abrir entendimentos do município com o governo federal, na busca de recursos para a reforma das instalações do laboratório. A idéia é que o projeto seja totalmente reestruturado e passe a funcionar através de parcerias que garantam um real significativo impacto sócio-econômico para a cidade.

Fruto de um convênio entre a prefeitura e a SEAP, o laboratório que têm 1.800 metros quadrados de área construída, teve inicialmente a gerência técnica da Fundação Primeira de São Vicente, eo objetivo principal de produzir acima de um milhão de alevinos de bijupirá (espécie de que vive em águas rasas do litoral brasileiro) por ano.

As atividades do LANAM foram paralisadas com a saída da Fundação e retomadas em 2016, por meio de um convênio para a gestão compartilhada do laboratório entre a prefeitura e a unidade da Unesp de Registro. O convênio, que tem fins didáticos, científicos e sociais, também permite a inserção de novos parceiros, instituições públicas ou privadas que tenham interesse no desenvolvimento de trabalhos científicos e de pesquisas com organismos marinhos.

Ciente da importância do LANAM para o desenvolvimento socioeconômico local, o município tenta conseguir recursos junto ao governo federal para reformar as instalações do laboratório e a visita do secretário nacional da Pesca e Aquicultura foi o primeiro passo nesse sentido.