Últimas Notícias

Obras da Casa do Artesão devem iniciar em agosto e previsão de término é o primeiro semestre de 2020

Obras da Casa do Artesão devem iniciar em agosto e previsão de término é o primeiro semestre de 2020








Obras da Casa do Artesão devem iniciar em agosto e previsão de término é o primeiro semestre de 2020
Obras da Casa do Artesão devem iniciar em agosto e previsão de término é o primeiro semestre de 2020
Obras da Casa do Artesão devem iniciar em agosto e previsão de término é o primeiro semestre de 2020

Na última segunda-feira, dia 05 de agosto, mais uma vez os integrantes do COMTUR estiveram reunidos na Prefeitura Municipal de Jacupiranga a fim de tratar de assuntos de suma importância para o desenvolvimento turístico do município. Estiveram presentes também membros da sociedade, artesãos e feirantes da Feira do Produtor.  

Entre as pautas, foi destacada a dificuldade que o Conselho está tendo em reunir e organizar os artesãos da cidade, que precisam se mobilizar e mostrar interesse pela obra da Casa do Artesão que em breve terá início com previsão de término para os primeiros meses de 2020. 

“Estamos desde janeiro convocando e tentando marcar reunião com o pessoal do artesanato para alinharmos como funcionará a Casa do Artesão, quem vai participar, quais serão as regras, o que será exposto, entre tantas outras coisas de suma importância para o funcionamento do local. Porém, infelizmente estamos tendo pouca participação, envolvimento e interesse da categoria, sendo assim, definimos que não vamos mais esperar que eles criem e articulem uma Associação, senão daqui a pouco a obra estará pronta e impossibilitada de inauguração e funcionamento por falta de pessoas interessadas em fazer parte dela. Sendo assim, vamos abrir um cadastro na Prefeitura para os interessados em trabalhar na Casa do Artesão, expondo seus trabalhos; assim como também iremos definir, para pelo menos os primeiros meses, o regulamento do funcionamento”, explicou o secretário do COMTUR e responsável pelo setor de Turismo da Prefeitura, Gledson Rosseti. 

Outra pauta discutida, votada e aprovada por unanimidade foi a substituição de alguns membros do Conselho que tem tido pouca participação. 


“Fico imensamente preocupada pela ausência da cadeira de hotelaria, educação, entre tantas outras que são muito importantes. Como sempre digo, temos que cumprir perante a Secretaria apenas 12 reuniões anuais. São apenas 12 encontros em 365 dias! Mesmo assim, já estamos em agosto, mais da metade do ano, e até agora não tivemos nenhuma presença de alguns membros. Por diversas vezes fizemos reuniões que não puderam ser registradas por falta de quórum. Isso gera grande frustração e desanimo em todos que se esforçam para comparecer, além, de afetar e atrapalhar o andamento das coisas que precisamos discutir e definir em conjunto”, explica a presidente do COMTUR, Mariana Areco Torres.  

A próxima reunião esta agendada para o dia 28 de agosto, onde serão discutidas questões referentes ao projeto 2019, da Construção de um Píer no Centro e de um Totem na entrada da cidade. Na ocasião, os membros do Conselho também farão a substituição dos membros, por meio de votação. 

Toda a população está convidada a participar.