Últimas Notícias

O Dia D da Campanha de Vacinação para cães e gatos será no próximo sábado, 17 de agosto

No sábado, 17 de agosto, das 9h às 16h, acontece o Dia D e última data da Campanha de Vacinação Antirrábica para cães e gatos. A Divisão de Vigilância em Saúde da Prefeitura de Cajati





A prevenção da raiva animal é feita somente com a vacina

O Dia D da Campanha de Vacinação para cães e gatos será no próximo sábado, 17 de agosto
O Dia D da Campanha de Vacinação para cães e gatos será no próximo sábado, 17 de agosto


No sábado, 17 de agosto, das 9h às 16h, acontece o Dia D e última data da Campanha de Vacinação Antirrábica para cães e gatos. A Divisão de Vigilância em Saúde da Prefeitura de Cajati orienta que os bichinhos com idade acima de quatro meses, inclusive fêmeas gestantes, em fase de amamentação ou período de cio sejam levados para tomar a vacina.

Para facilitar a aplicação da vacina, a recomendação é utilizar a coleira para os cães e, para os de porte maior, também a focinheira. Para os gatos, a orientação é levá-los nas caixas de transporte. Os responsáveis que tiverem a carteirinha de vacinação do pet, podem levar para o registro da imunização.

Locais da vacinação no Dia D

- Centro - na Praça da Bíblia
- Bairro Parafuso - ao lado do mercado Sabiá
- Bairro Inhunguvira - no campo do Areão
- Bairro Vila Antunes - em frente ao Posto de Saúde
- Bairro Bico do Pato - no Centro de Eventos

A Raiva Animal

A prevenção da raiva animal é feita somente com vacina. A doença pode levar à morte e a transmissão é pela saliva quando ocorre a mordida, arranhada ou lambedura, principalmente, dos cães e gatos infectados.

Os sintomas mais comuns são agressividade, tristeza, salivação excessiva, perda da coordenação motora, paralisia parcial ou total dos movimentos, convulsão e recusa de alimentos e água.

Segundo a chefe da Seção de Vigilância Epidemiológica da Prefeitura de Cajati, Graciete Maria Pereira, quando houver suspeita da doença, é fundamental buscar orientação profissional. “O bichinho deverá ficar em observação por cerca de 10 dias para identificar os sintomas. Lembramos que é importante evitar que o pet tenha contato com pessoas ou outros animais”, alerta.

Mais informações pelo telefone (13) 3854-8500 – Opção 5 ou pelos e-mails vigilanciaepidemiologica_[email protected] e [email protected]